Turismo LGBT+: Top 10 Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo

Melhores Destinos LGBT Friendly do Mundo - Forum de Turismo LGBT 2018 Brasil

Quais os melhores destinos gay friendly do mundo? Quais são as cidades e países mais seguros para o turismo LGBT? Em que lugar acontecem os melhores eventos e paradas LGBT internacionais?

O mundo das viagens é repleto de possibilidades, mas no universo do turismo LGBT, as alternativas são um pouco menores. Na hora de escolher um próximo destino, uma das coisas que nos ajuda a definir é se o lugar é seguro ou não para viajantes gays.

Afinal, somos casados (dê uma olhadinha como foi nosso casamento homoafetivo em São Paulo) e queremos viver nosso amor livremente, também nas viagens.

E nada pior do que viajar para um país homofóbico, com medo de ser hostilizado ou até preso, apenas por ser quem você é. Embora não tenham entrado nessa lista, nós escolhemos Aruba e Curaçao para nossa lua de mel, dois destinos incríveis.

Essa lista é baseada em nossa vivência como viajantes gays, mas também em eventos que participamos como o Fórum de Turismo LGBT do Brasil (organizada pela revista ViaG) e a Conferência Internacional da Diversidade e Turismo LGBT (promovida pela Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil).

Iniciativas como o Spartacus Gay Travel Index também são muito positivas. O Spartacus é um portal de dicas de viagem gay. Anualmente, eles divulgam uma lista, com os melhores países para LGTBs viverem e viajarem.

Nossa lista vai apresentar os melhores destinos LGBT friendly, lugares onde turistas gays, lésbicas, bissexuais, trans e de outras identidades possuem mais direitos e onde são mais respeitadxs. Já pode arrumar as malas e planejar a próxima viagem para esses destinos.

Turismo LGBT+: Top 10 Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo

Conheça quais são as melhores lugares para uma viagem gay internacional

Salve no Pinterest para consultar depois

Turismo LGBT+: Top 10 Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo

Os critérios dos melhores lugares para turistas LGBT

Antes de seguir na lista, vamos entender melhor como esses destinos são identificados. O ranking do Spartacus Gay Travel Index, por exemplo, usa 17 critérios divididos em 3 categorias.

A primeira categoria é a dos direitos civis. Se gays e lésbicas podem se casar, adotar filhos e se há leis anti-discriminação nesse país (um dos critérios que mais ganha pontos).

Na segunda categoria, entra se os viajantes LGBTI+ podem sofrer qualquer tipo de discriminação. Isso inclui, por exemplo, restrições para viajantes HIV positivos ou se Paradas LGBTs são proibidas. Aqui também entra o grau de influência da religião sobre os direitos LGBT.

Ao avaliar a discriminação de alguns lugares, também são consideradas as manifestações de ódio contra a comunidade LGBT. Brasil, Alemanha e Estados Unidos caíram no ranking do Spartakus justamente pelo aumento de casos de violência contra LGBTs.

Finalmente, a terceira e última categoria define se o país trata a homossexualidade como crime. Acredite, mas existem países onde os gays são perseguidos, presos ou até recebem pena de morte. Nem dá para cogitar viajar para um lugar desses, né?

Confira no final desse artigo a lista completa do Spartakus Gay Travel Index de 2019, e também quais são os destinos mais perigosos para o turismo LGBT.

1 – Espanha

Turismo LGBT: Top 10 Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo - Dicas de Viagem Gay
Em Sitges, onde acontece a deliciosa Bear Week

Em 2019, um dos lugares que mais adoramos visitar na Europa foi a Espanha. Justamente procurando a vida noturna LGBT, nós escolhemos Barcelona como uma de nossas bases. Não poderíamos ter acertado mais.

Ajudou também o fato de podermos visitar um casal de amigas nossas que estão vivendo por lá, as meninas do blog Estrangeira. Elas nos ajudaram a conhecer alguns restaurantes, bares e a vida noturna de Barcelona.

ESPANHA

Eventos: A Pride Barcelona e a Madrid Orgullo acontecem no mês de junho, mas o maior evento gay da Espanha é o Circuit Festival, que acontece no mês de agosto.

Spartakus Gay Travel Index: #5

Casamento Gay: Em 2005, a Espanha foi o terceiro país a aprovar o casamento entre pessoas do mesmo sexo, logo após a Holanda e a Bélgica.

Turismo LGBT: Top 10 Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo - Dicas de Viagem Gay

Em nossa viagem de 2019 estávamos com alguns amigos que foram curtir a Bear Week que acontece em Sitges, uma cidade a 30 minutos de trem de Barcelona.

Barcelona, Madrid e Sitges

  • Em Madrid, Chueca é o bairro onde fica a vida noturna e os lugares LGBT friendly. O bairro antigamente era uma área degradada da cidade, mas com a presença LGBT acabou se tornando uma das regiões mais caras de Madri. O bairro inflacionou tanto que as pessoas gays tiveram que migraram para bairros alternativos, como Lavapiés e Malasaña.
  • Sitges normalmente já é um destino super gay friendly, mas o lugar simplesmente ferve durante a Bear Sitges Week.
  • A Praia de Balmins, de nudismo, fica lotada de ursos se refrescando no mar da Espanha.
  • A maior parte da cena gay de Barcelona se concentra no bairro do Eixample (que ganhou a apelido de Gayxample). Como o bairro é bem extenso, vá direto para o lado esquerdo, conhecido como Eixample Esquerda, ou Esquerra de de l’Eixample.

Leia mais:
Barcelona LGBT: Top 5 Experiências Imperdíveis – Vida Noturna, Praia de Nudismo e Hotel Gay Friendly

Axel Hotels

Localizado no Eixample, nós ficamos hospedados no delicioso Two Hotel Barcelona by Axel.

O hotel é direcionado ao público LGBT, uma iniciativa de seu fundador e presidente, Juan Juliá.

“Tudo começou com um sonho… abrir um hotel focado no mundo gay, meu mundo. Um ambiente cosmopolita e tolerante onde atmosfera, diversidade e respeito são valorizados. A construção do Axel Hotel Barcelona, aberto em 2003, foi o começou desse projeto que em 15 anos de existência, se tornou uma cadeia de hotéis”. declarou Juan Juliá.

Turismo LGBT: Top 10 Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo - Dicas de Viagem Gay
Eu e Cleber na piscina do Two Hotel Barcelona, da cadeia de hotéis gay friendly Axel

A cadeia Axel também inclui hotéis em San Sebastian, Maspalomas (nas Ilhas Canárias), Madrid e Ibiza.

Ilhas Baleares

  • Nosso roteiro pela Espanha em 2019 também incluiu Mallorca e Ibiza, duas ilhas maravilhosas.
  • Mallorca possui as praias mais lindas, mas é em Ibiza onde a cena LGBT realmente desponta.
  • Muita coisa se concentra na Calle da La Virgen, uma ruazinha estreita na região do Porto que concentra vários bares e restaurantes LGBT, como o Mad Ibiza.
  • Ali pertinho fica o Monalisa Bar, outro lugar bem movimentado e ao ar livre, localizado em frente a uma das muralhas da Dalt Vila de Ibiza.

2 – Canadá

Turismo LGBT: Top 10 Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo - Dicas de Viagem Gay
Primeiro Ministro do Canadá, Justin Trudeau, participa de uma Parada LGBT do país. Créditos da Imagem: Shutterstock.com

A maior parte dos destinos gay friendly está na Europa e países como a Suécia, Áustria e Holanda estão no topo da lista do Spartakus Gay Travel Index de 2020.

Em 2020, a América ganha bons representantes, como o Canadá, que ganhou a primeira colocação. Também foi ótimo encontrar a Argentina e o Uruguai entre os 10 primeiros colocados.

A julgar também pela participação de Justin Trudeau, Primeiro Ministro do Canadá na Parada LGBT de Montreal, o país é muito avançado nos direitos para a comunidade LGBT+.

O site do turismo do Canadá possui bastante informação para o viajante LGBT, vale conferir.

CANADÁ

Parada LGBT: A Pride Toronto é uma das maiores do mundo e acontece no mês de junho. Ela reúne mais de 1 milhão de pessoas. A Montreal Pride acontece no mês de agosto.

Spartakus Gay Travel Index: #1 (divide a primeira posição com a Suécia e Malta).

Casamento Gay: legalizado em 2005. O Canadá foi o quarto país do mundo a legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo, logo após a Espanha.

Toronto

Turismo LGBT: Top 10 Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo - Dicas de Viagem Gay
Elenco da série americana Queer as Folk, filmada em Toronto, no Canadá
  • Já faz muito tempo que estive em Toronto, Quebec e Montreal, mas essas cidades são realmente encantadoras. Toronto é a cidade mais gay friendly do Canadá.
  • A cena gay em Toronto é tão grande que a clássica série Queer as Folk (umas das minhas séries favoritas), que se passava em Pittsburgh nos Estados Unidos, na realidade foi filmada em Toronto.
  • A Gay Village de Pittsburgh na série, é na realidade a Church Street de Toronto. Eu lembro de ter andado por essa rua quando estive por lá e a gente se sente dentro da série.
  • O interior da boate Babylon foi gravado na Fly 2.0, que infelizmente fechou em 2019, depois de 20 anos de existência. A parte externa fica na Duncan Street.
  • Nós adoramos visitar as locações de produções de cinema e televisão, mas obviamente Toronto possui várias outras atrações. Achei Montreal ainda mais bonita e interessante, embora a presença LGBT seja menor do que em Toronto. Montreal’s Le Village é uma das áreas gays mais antigas do Canadá.

Leia mais sobre Toronto no Viaja, Bi e no site do turismo oficial da cidade.


3 – Portugal

Turismo LGBT: Top 10 Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo - Dicas de Viagem Gay
Com praias cinematográficas e cerca de 250 dias de sol ao ano, Portugal é um dos destinos mais receptivos da Europa

Bernardo Cardoso, Diretor do Escritório de Turismo de Portugal, já trouxe para o Brasil a campanha “Can’t Skip Us”. Em 2019, lançaram a bonita campanha Proudly Portugal.

Uma curiosidade é que as campanhas de Portugal também incluem casais maduros, lésbicas e ursos como identidades relevantes do segmento LGBT+. É ótimo ver campanhas que não apelam exclusivamente para gays com corpos sarados.

O objetivo é apresentar Portugal como um destino atrativo para todos os viajantes e a porta de entrada para quem viaja para a Europa.

Em 2018, Portugal entrou para diversas listas dos melhores destinos do ano, e em 2019 ficou na liderança do Spartakus Index, empatado com o Canadá e a Suécia.

Ninguém vai mais pensar em pular Portugal em seu roteiro pela Europa.

Nós não hesitamos e revisitamos Portugal em nosso roteiro pela Europa em 2019.

Saiba mais:
O que fazer em Portugal: Roteiro de Viagem

PORTUGAL

Eventos: A Arraial Lisboa Pride é o maior evento LGBT de Portugal e acontece no Terreiro do Paço, no centro de Lisboa. A festa acontece no mês de junho, quando também acontece a Lisbon Bear Pride.

Spartakus Gay Travel Index: Portugal caiu da #1 em 2019 para #10 no ranking em 2020

Casamento Gay: O casamento homoafetivo foi aprovado em Portugal em 2010, sendo o oitavo país do mundo a adotar essa medida.

Lisboa Gay

Turismo LGBT+: Top 10 Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo
A Rua Cor de Rosa fica em Lisboa e rende boas fotografias
  • Lisboa é a cidade mais gay friendly de Portugal. Boa parte dos bares e restaurantes se concentram no Bairro Alto, mais particularmente na esquina da Rua da Barroca com a Travessa da Espera. Fica todo mundo nas ruas estreitas do bairro, pois os bares são pequenos.
  • O bairro do Príncipe Real também possui grande quantidade de bares e restaurantes, como o Tr3s (o maior bar bear de Lisboa). A Trumps e o Finalmente (primeiro bar gay de Lisboa) são para dançar.
  • Um lugar curioso para conhecer a Rua Cor de Rosa, que fica na região do Cais do Sodré. Não é uma área gay, mas vale pela foto e pela curiosidade de conhecer a Pensão Amor, uma antiga casa de prostituição transformada em um dos bares da rua.
  • Para os mais ousados, a Trombeta Bath é a melhor sauna da cidade. Fica no Bairro Alto.

Praias de Portugal

  • E como deixar de fora as praias de Portugal. Nós adoramos conhecer a região do Algarve, com praias cinematográficas.
  • O sul de Portugal, justamente pela maior quantidade de turistas, acaba sendo mais cosmopolita e menos conservador do que o norte do país.
  • Portugal também oferece praias de nudismo. A Praia 19, na Costa da Caparica (arredores de Lisboa), é a mais famosa.

O site do Visit Portugal ainda não oferece uma seção direcionada ao turista LGBT+. O site Dezanove é uma boa opção para buscar conteúdo sobre o país.

Leia mais:
Algarve: Dicas e Roteiro de Viagem


4 – México

Turismo LGBT: Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo
Cancun e Puerto Vallarta estão entre as cidades mais visitadas pelos viajantes gays no México

Frequentemente na lista dos melhores destinos LGBT friendly do mundo, Cidade do México e Puerto Vallarta são alguns destinos do México que atraem muitos viajantes LGBT+.

Cancun e Guadalajara também são outras cidades mexicanas com grande potencial de atração.

No Fórum de Turismo LGBT, Ivan Martinez, Diretor de Turismo do Conselho de Promoção Turística do Visit Mexico para EUA, apresentou alguns números impressionantes sobre o turismo no país. Entre os destaques, os mais de 35 milhões de turistas e o fato do México estar entre os 10 países mais visitados do mundo.

A proximidade dos Estados Unidos (um país com muitos turistas gays) fez com que o México tivesse que se aprimorar para receber bem esse visitante. O Ministério do Turismo estima cerca de 6 milhões de turistas LGBT, com um gasto médio de US$ 500,00 por pessoa, o dobro de um viajante tradicional.

Treinamentos que buscam a equidade no tratamento aos turistas LGBT e diversas certificações, como da Talento Consultores, comprovam o trabalho que o destino está desenvolvendo para garantir a qualidade do atendimento ao segmento.

Leia mais:
México Gay Friendly: Cancun e Puerto Vallarta

MÉXICO

Eventos: A próxima Vallarta Pride está programada para 24 a 31 de maio de 2021. Outro evento imperdível em Puerto Vallarta é a BeefDip Mexico Bear Festival, que acontece no mês de janeiro. Cancun não possui cena gay relevante ou eventos direcionados para a comunidade LGBT.

Spartakus Gay Travel Index: #49

Casamento Gay: Em Quintana Roo (Cancun) os casamentos de pessoas do mesmo sexo acontecem desde 2011. No Estado de Nayarit (Riviera Nayarit) foi legalizado em 2015 e em Jalisco (Puerto Vallarta) aconteceu em 2016.

Turismo LGBT: Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo
A BeefDip é um dos maiores eventos para bears fora dos Estados Unidos. Foto: Divulgação

Cancun x Puerto Vallarta

  • Se em Cancun a oferta de estabelecimentos direcionados ao público gay é mais restrita, em Puerto Vallarta, a quantidade de lugares é muito maior (consulte o Guia Gay de Vallarta e o GayPV, publicações facilmente encontradas na Zona Romântica de Puerto Vallarta).
  • São mais de 30 bares e casas noturnas, 5 clubes de praia (a praia mais gay daqui é a Playa de los Mortos) e atividades específicas para o público gay, como o On Bay Gay Cruise ou o Gay Bar-Hopping Tour (um tour pelos bares gays de Puerto Vallarta).
  • Em Puerto Vallarta, nós recomendamos a hospedagem no Hard Rock Hotel Vallarta. O lugar é um sonho, um resort all inclusive localizado na paradisíaca Riviera Nayarit.

Dicas e Roteiro de Viagem:


5 – São Francisco

San Francisco Dicas Gay Friendly
Uma das cidades mais gay friendly do mundo, é no bairro do Castro que a comunidade LGBT se concentra
  • Não dá para pensar numa cidade gay friendly e não lembrar de São Francisco.
  • Nos anos 70, o bairro Castro (até hoje um dos pontos principais de concentração da população LGBT) e a própria cidade de São Francisco ficaram famosos como símbolo de igualdade e liberdade. E consequentemente, atraíram gays mundo afora.
  • A bandeira do arco-íris foi criada e usada pela primeira vez em 1978, durante a Freedom Day Parade de São Francisco.
  • E como esquecer que em 1997, Harvey Milk foi o primeiro político gay assumido a ser eleito nos Estados Unidos, em São Francisco. Em 2008, a história dele virou filme, a produção “Milk”, onde Harvey é interpretado por Sean Penn, que levou o Oscar de melhor ator.
  • Visitar San Francisco é uma experiência e tanto, mas fica ainda melhor se você fizer uma road trip pela Califórnia, começando em São Francisco e terminando em Los Angeles, outra cidade cuja cena gay nos encantou ainda mais do que em São Francisco.

Saiba mais:
O que fazer em São Francisco: Dicas e Roteiro de Viagem

Leia mais sobre os destinos LGBT do Estado no Visit Califórnia.

SÃO FRANCISCO

Eventos: A San Francisco Pride acontece no mês de junho e é uma das maiores paradas do mundo, reunindo 1 milhão de pessoas. Mas outros eventos também se destacam na agenda da cidade, como a famosa Folsom Street Fair, o maior evento leather do mundo (acontece em setembro).

Spartakus Gay Travel Index: #31 USA e #1 entre os Estados Americanos. A Califórnia ocupa a primeira posição no ranking dos Estados Unidos, com uma ampla infraestrutura de serviços LGBT e excelente legislação. Além de São Francisco, a Califórnia também abriga as cidades de Los Angeles (West Hollywood), Palm Springs e San Diego.

Casamento Gay: O casamento de pessoas do mesmo sexo é permitido desde 2008.


6 – Greater Fort Lauderdale

Turismo LGBT: Top 10 Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo - Dicas de Viagem Gay
Greater Fort Lauderdale é um dos destinos pioneiros nas campanhas para os turistas LGBT. Foto Divulgação: Greater Fort Lauderdale CVB

Greater Fort Lauderdale, é um dos lugares mais famosos entre os destinos gay friendly. Richard Gray, Vice-Presidente do Convention & Visitors Bureau para o mercado LGBT+ está sempre presente nos eventos para divulgar o destino.

Fort Lauderdale está localizada no Estado da Flórida, nos Estados Unidos, e possui como grande atrativo seus mais de 37 quilômetros de praias.

O destino é pioneiro nas campanhas de marketing para o segmento LGBT+ e possui um departamento específico para cuidar das demandas desse público. Começou com um orçamento anual de 5 mil dólares (em 2006) para um orçamento atual de mais de 1 milhão de dólares, exclusivamente para o segmento.

A cidade também possui centenas de negócios operados ou de propriedade da comunidade LGBT, como hotéis, bares, restaurantes e atrações, grande parte deles localizados em Wilton Manors

FORT LAUDERDALE

Parada LGBT: A Fort Lauderdale Pride de 2020 estava programada para os dias 21 a 26 de Abril, mas foi adiada em função da pandemia.

Spartakus Gay Travel Index: #31 USA e #22 Florida (em 2020 o índice resolveu também classificar os Estados Unidos por Estado, já que cada um apresenta uma realidade completamente diferente)

Casamento Gay: legalizado na Flórida em 2015

Pride of Americas

  • Uma das iniciativas muito legais apresentadas pelo VP de Greater Fort Lauderdale é que o destino iria sediar o Pride of Americas em 2020. Infelizmente o evento, programado para abril de 2020, foi adiado por causa da pandemia.
  • O festival, inspirado na Europride, contaria com diversas atividades reunindo vários destinos da América do Norte, América Central e América do Sul e previsão de público de mais de 350 mil pessoas.
  • Um dos esforços do Pride of Americas é incluir e conscientizar alguns destinos do Caribe, em que os direitos e respeito aos turistas LGBT+ ainda são uma questão delicada.
  • Vamos aguardar a divulgação da nova data para o evento.

7 – Las Vegas

Turismo LGBT: Top 10 Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo - Dicas de Viagem Gay
Las Vegas tem várias opções de hospedagem com boa relação custo benefício para os viajantes LGBT

Las Vegas foi um dos destinos que encerrou nossa lua de mel nos Estados Unidos. Escolher um destino LGBT friendly era fundamental.

Para a hospedagem, escolhemos o Hotel Bellaggio, mas confesso que ficamos na dúvida entre vários hotéis de sonho.

Jim McMichel, Gerente de Mercados Especiais do Visit Las Vegas, não tem dificuldade em listar uma série de atrativos para os viajantes LGBT. Tanto que a cidade já se destaca como o quarto destino mais popular entre os turistas gays.

LAS VEGAS

Eventos: A Las Vegas Pride acontece no mês de outubro.

Spartakus Gay Travel Index: O Estado de Nevada ocupa a #2 no ranking

Casamento Gay: O casamento LGBT em Nevada é legal desde 2014.

  • Os shows de grandes artistas e das divas da música pop, como Cher, Celine Dion, Ricky Martin e Elton John são os destaques e atraem turistas que muitas vezes viajam só por causa disso.
  • Não dá para esquecer dos espetáculos do Cirque du Soleil (atração quase obrigatória para quem visita Las Vegas) e do show de drags Divas Las Vegas, já com 30 anos de atividades.
  • Com as drags queens cada vez mais populares após o reality show RuPaul’s Drag Race, não é de se estranhar essa popularidade.
  • É a oportunidade de ver Cher, Madonna, Britney Spears, Lady Gaga e outras divas todas em um mesmo show. Ou quase isso, né?

Em Janeiro de 2020, entrou em cartaz no Flamingo Hotel o RuPaul’s Drag Race Live! Las Vegas. O espetáculo reúne várias artistas do reality show, tais como Aquaria, Derrick Barry, Kameron Michaels, Kim Chi, Naomi Smalls, Shea Couleé e Yvie Oddly.

Com a pandemia, as apresentações foram interrompidas mas retornam em Setembro de 2020.

Turismo LGBT: Top 10 Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo - Dicas de Viagem Gay
O espetáculo RuPaul’s Drag Race Live! é uma das novas atrações de Las Vegas
  • Mas obviamente, Las Vegas tem muito mais a oferecer, como passeios bate-volta a partir da cidade, como o voo de helicóptero até o Grand Canyon. Nós fomos de carro até o Valley of Fire e adoramos.

Leia mais:
Califórnia, Las Vegas e Grand Canyon: Roteiro de Viagem

  • Entre as atividades específicas para o viajante gay em Las Vegas, a pool party do Hotel Luxor, Temptation Sundays, é uma das mais populares.
  • A Clexacon, uma espécie de Comic Con lésbica, atraiu em sua última edição cerca de 4 mil mulheres.

Leia mais sobre a vida noturna LGBT de Las Vegas no site oficial do destino.


8 – Israel

Melhores Destinos LGBT Friendly do Mundo se apresentam em Fórum de Turismo LGBT no Brasil
As praias e o clima de Israel fazem o destino bem próximo ao gosto dos turistas brasileiros. Foto: Dana Friedlander, Ministério de Turismo de Israel.

Renata Cohen, Diretora do Escritório de Turismo de Israel, também já esteve no Fórum de Turismo LGBT para falar sobre o país. Renata lembrou da cultura de coexistência que é uma das características do destino, em um caldeirão de diferentes religiões e raças.

Ela também destacou as semelhanças culturais com o nosso país e o câmbio favorável, que acabam sendo um atrativo interessante para o turista brasileiro.

A facilidade de se comunicar em inglês é um grande benefício, e todas as informações por lá são escritas em três línguas: o hebraico, o árabe e o inglês.

Com isso, houve um crescimento de 60% no turismo de brasileiros para Israel, em 2017.

ISRAEL

Eventos: A Tel Aviv Pride acontece no mês de junho e é uma das maiores paradas do mundo. Também se destaca por ser a maior beach pride do mundo.

Spartakus Gay Travel Index: #23

Casamento Gay: Não é permitido se casar em Israel, mas casamentos homoafetivos de estrangeiros são reconhecidos no país.

Tel Aviv, o principal destino LGBT

  • Tel Aviv é o principal destino LGBT de Israel. Entre os atrativos, estão as praias, a plena aceitação à comunidade gay e a beleza dos israelenses.
  • As curtas distâncias facilitam várias outras viagens por Israel, como o turismo religioso em Jerusalém, a experiência de flutuar no Mar Morto ou até uma viagem até a Jordânia, país vizinho de Israel.
  • É lá que fica a cinematográfica cidade de Petra, locação do filme “Indiana Jones e a Última Cruzada”.

O pessoal do Maior Viagem esteve lá e apresenta um roteiro gay por Tel Aviv, um dos destinos mais gay friendly que conheceram.


9 – Miami

Melhores Destinos LGBT Friendly do Mundo se apresentam em Fórum de Turismo LGBT no Brasil
Praias como a 12th Street, em Miami Beach, são direcionadas ao público LGBT. Foto: Shutterstock.com

Miami foi outro dos destinos que tem uma forte tradição LGBT friendly. Débora Prass é responsável pela promoção do Greater Miami CVB no Brasil, e também apresenta a cidade como um dos destinos mais atrativos dos Estados Unidos.

O site do Greater Miami Convention and Visitors Bureau tem uma página específica para o segmento LGBT+, trazendo dicas de bares, restaurantes, eventos e praias gay friendly na cidade.

MIAMI

Eventos: A Miami Beach Gay Pride acontece em abril (mesmo mês do festival de cinema).

Spartakus Gay Travel Index: #22 é a posição da Flórida no ranking dos Estados Unidos

Casamento Gay: Não é permitido se casar em Israel, mas casamentos homoafetivos de estrangeiros são reconhecidos no país.

  • Entre os eventos mais relevantes, podemos destacar o OUTshine Film Festival, que acontece em South Beach e arredores, trazendo mais de 65 exibições e eventos.
  • E um dos mais famosos eventos do calendário é a White Party Week, que acontece em novembro. Com mais de 25 anos de existência, a celebração acontece durante seis dias e seis noites e busca captar recursos para ações direcionadas ao combate da AIDS/HIV.

Praias gays de Miami

  • A principal atração de Miami são as praias, e os turistas LGBT podem se sentir à vontade em qualquer uma delas.
  • Mas obviamente, existem aquelas que são mais frequentadas pelos gays, como a 12th Street Beach e a Halouver Beach, uma praia de nudismo opcional. Lá todo mundo pode se sentir à vontade, independente de idade, orientação sexual ou tipo de corpo.
  • Outra das atrações imperdíveis na cidade é visitar o colorido bairro de Wynwood, repleto de murais ao livre e mais de 70 galerias e museus. Em função de sua arte de rua e dos artistas que frequentam a região, acabou se tornando uma das localizações mais vibrantes da cidade.

E a cidade possui um LGBT Visitor Center, localizado em Miami Beach, na 1130 Washington Avenue. O local promove a interação e o bem-estar da comunidade, com várias atividades inclusive de promoção do turismo LGBT. Vale passar por lá para conferir. O horário de funcionamento encontra-se no site do centro de visitantes.

St. Petersburg – Clearwater

Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo - Forum de Turismo LGBT 2018 Brasil
Com praias paradisíacas e eventos LGBT+, St. Petersburg é mais um destino gay friendly na Flórida. Foto: Visit St. Pete Clearwater

Ainda falando de Flórida, outro lugar que promete praias paradisíacas e receptivas aos viajantes LGBT é St. Petersburg e Clearwater.

São duas cidades independentes, mas como aparentemente ninguém sabe onde uma termina e começa a outra, as duas cidades resolveram se unir e constituir um único Convention and Visitor Bureau.

  • A praia de Clearwater foi considerada a praia número 1 dos Estados Unidos, segundo o público do TripAdvisor e sétima melhor praia do mundo.
  • A areia branca, o mar cristalino e até um encontro eventual com golfinhos no mar, fazem dessa praia um dos lugares mais lindos dos Estados Unidos.
  • No local foram gravadas algumas cenas da película Piratas do Caribe 3.
  • St. Petersburg é considerado um destino mais “adulto” do que Clearwater. É lá que acontece a Pride Parade da região. São mais de 5 mil pessoas desfilando e um público de 200 mil pessoas assistindo (as paradas em outros países possuem essa diferenciação entre quem assiste e quem desfile).
  • Entre as atrações de St. Pete, o Chihully Collection é um dos principais destaques. O Museu Salvador Dalí é outro lugar imperdível em St. Petersburg.

Veja mais sobre St. Petersburg no post do casal amigo e simpatizante do blog Coisos on the Go.


10 – Grã-Bretanha

Turismo LGBT: Top 10 Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo - Dicas de Viagem Gay
Brighton é considerada a capital gay da Inglaterra. Foto Divulgação: Visit Britain

O Visit Britain é figura constante nos eventos de turismo LGBT no Brasil, sempre representado por Malcom Griffits, Diretor Brasil do Visit Britain, orgão nacional do turismo do governo britânico.

No Brasil, o Visit Britain marca sua participação nas paradas de Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.

A Grã-Bretanha já se destaca há bastante entre os destinos LGBT e tem uma ampla divulgação relacionada ao segmento, através da campanha Love is Great.

O site oferece diversos roteiros LGBT friendly em cidades como Londres, Brighton, Manchester, Birmingham, Glasgow, Cardiff, Edinburgh, Newscastle e Bristol.

REINO UNIDO

Eventos: A Pride in London também figura entre as maiores paradas do mundo e acontece nos meses de junho a julho. A Brighton Pride + Hove acontecerá em 2021, no mês de agosto.

Spartakus Gay Travel Index: #9

Casamento Gay: O casamento entre pessoas do mesmo sexo foi finalmente aprovado pela Rainha Elizabeth em 2013.

O destino anuncia cerca de 12 festivais de orgulho gay e uma centena de pubs e hotéis gay friendly.

A Capital Gay da Inglaterra

  • Falar que Londres é um destino LGBT friendly é meio desnecessário. A cidade é conhecida como capital da diversidade e possui mais de 270 diferentes nacionalidades e 300 idiomas.
  • Toda essa diversidade se transborda para o modo como a cidade recebe e abraça o segmento LGBT+.
  • O bairro do Soho, em Londres, é o grande epicentro de toda essa diversidade.
  • Mas o grande destaque LGBT da Grã-Bretanha é a cidade litorânea de Brighton, também chamada de capital gay da Inglaterra. A cidade possui uma grande porcentagem de famílias homossexuais (dados do Conselho de Brighton & Hove) e fica a menos de 1 hora de trem de Londres.
  • Os estabelecimentos LGBT se concentram no bairro de Kemp Town e a cidade também é notória por casais gays famosos como Oscar Wilde e Lord Alfred “Bosie” Douglas, e a escritora Virginia Woolf e a poeta Vita Sackville-West.

O Viaja Bi esteve em Brighton, vale conferir.


Destino Extra – Peru

Melhores Destinos LGBT Friendly do Mundo - Forum de Turismo LGBT 2018 Brasil
Além de Cusco e Machu Picchu, o Peru oferece vários outros atrativos aos viajantes LGBT

Entre os destinos que começam agora a direcionar seus esforços de divulgação e captação de turistas LGBT está o Peru.

Liz Chuecas é representante da PROMPERÚ – Comissão de Promoção do Peru para a Exportação e presença constante nos eventos de turismo LGBT no Brasil.

  • Entre os destinos LGBT priorizados para o segmento estão Lima, Ica, Arequipa, Cusco e Loreto.
  • Como diferenciais do Peru, Liz destaca a natureza hospitaleira e calorosa de seu povo.
  • Sobre Lima, um dos destaques é a oferta diversificada de entretenimento e restaurantes gay friendly. O Outfest Peru, no mês de junho, e o MATE – Museu Mario Testino são alguns destaques.
  • Já a região de Ica, combina dunas e mar na mesma viagem, que atrai os viajantes LGBT que curtem aventura. As experiências de carros tubulares e sandboards nas dunas já são muito famosas.
  • E o sobrevoo pelas misteriosas linhas de Nazca, também são outro notório passeio na região.

PERU

Eventos: As Paradas de Lima, Arequipa, Cusco e Ica acontecem todas no mês de junho.

Spartakus Gay Travel Index: #103

Casamento Gay: Ainda não é legalizado no Peru. Uma proposta foi apresentada em 2017. Nem mesmo as uniões civis são aceitas.

A Cosmopolita Cusco

Melhores Destinos Gay Friendly do Mundo - Turismo LGBT - Peru Cusco
Cusco é uma das cidades mais LGBT friendly do Peru

Mas o principal destino do Peru é mesmo a cosmopolita Cusco.

A bandeira do arco-íris que pode ser encontrada em vários lugares por lá já revela essa proximidade, inclusive muito confundida pelos turistas que chegam por lá. A curiosidade é que a bandeira colorida do Peru tem 7 cores e a bandeira do movimento LGBT tem apenas 6 cores.

Para quem procura hospedagens totalmente diferentes do normal, que é sempre uma procura do turismo LGBT+, os viajantes podem alternar entre se hospedar em um mosteiro colonial, em uma cápsula transparente na parede de uma montanha ou até em um vagão dos luxuosos trens que atravessam a Cordilheira dos Andes.

Os passeios até Machu Picchu e Vale Sagrado também já são programas obrigatórios, mas as festas gay friendly do resto bar Fallen Angel são aquele programa direcionado especialmente os viajantes LGBT.

O site do Turismo do Peru ainda não possui conteúdo direcionado ao público LGBT+, mas vale consultar o post Cusco LGBT no blog Estrangeira. Nós também tivemos uma experiência muito positiva no Peru.

Leia mais:
O que fazer no Peru e Machu Picchu


Destino Extra – Colômbia

Melhores Destinos LGBT Friendly do Mundo se apresentam em Fórum de Turismo LGBT no Brasil
Carnaval de Barranquilla é um exemplo da alegria e vibração da terra da Sabrosura. Foto: Shutterstock.com

Para encerrar, deixamos a Colômbia para o final, pois é o destino que ainda está começando a sua abordagem com o público LGBT+. Isso não quer dizer que a Colômbia não tenha atrativos suficientes.

Maria Catalina, assessora de turismo da ProColombia no Brasil, esteve presente no Fórum de Turismo LGBT de 2018 para apresentar o potencial do país.

Ela lembra que diversidade é uma palavra que descreve bem as possibilidades de turismo por lá. Banhada por dois oceanos e com muita diversidade de climas e paisagens, a Colômbia também se destaca por sua cultura.

A campanha Terra de Sabrosura mostra uma Colômbia colorida, alegre e vibrante que tem tudo para conquistar os viajantes LGBT.

Uma das festas que mais representa esse espírito é o Carnaval de Barranquilla. São quatro dias de festa que reunem cerca de 1 milhão de pessoas.

COLÔMBIA

Eventos: As Paradas da Colômbia também acontecem no mês de junho.

Spartakus Gay Travel Index: #15

Casamento Gay: O casamento de pessoas do mesmo sexo é permitido desde 2016.

Um dos fatores determinantes para Uruguai e Colômbia terem liderado a lista do Spartakus Gay Travel Index foram as leis antidiscriminação e os direitos civis iguais para a população LGBT, além de não possuírem influência religiosa.

Turismo LGBTI+: Quais os Países mais Seguros para Viajantes Gays
A Colômbia é um dos melhores países para os viajantes gays. Créditos da Imagem: ProColombia e Colombia Travel

Destino LGBT emergente

  • Colômbia se destaca como um destino LGBT emergente.
  • No país, o casamento entre pessoas do mesmo sexo já é aprovado e a comunidade LGBT+ já possui direitos de adoção, leis de identidade de gênero e antidiscriminação aprovados.
  • A Colômbia também já possui representação na IGLTA. 
  • Dos 6,5 milhões de turistas internacionais, 400 mil já formam os turistas LGBT no país.
  • Entre os destinos mais atrativos, estão a capital Bogotá (um dos destaques é a Theatron, discoteca localizada no coração de Chapinero, o bairro LGBT), a histórica Cartagena (a Playa Hollywood é onde a comunidade gay se reúne) e Medellín (na zona rosa da cidade, Parque Lleras, é possível encontrar o Donde Aquellos, bar com 20 anos de história).
  • A famosa ilha de San Andrés e Cali, capital da salsa, também são destinos atrativos para os viajantes LGBT. 

Leia mais sobre esses destinos e dicas LGBT no site da ProColombia.


Os melhores e os piores destinos para o turismo LGBT

Na lista do Spartakus Gay Index de 2020, esses foram os 20 melhores destinos classificados.

  • Canadá
  • Malta
  • Suécia
  • Áustria
  • Argentina
  • Holanda
  • Espanha
  • Reino Unido
  • Uruguai
  • Islândia
  • Nova Zelândia
  • Portugal
  • Bélgica
  • Colômbia
  • Suíça
  • Austrália
  • Finlândia
  • Luxemburgo
  • Noruega
  • Ilha da Reunião

Nos piores países, existe pena de morte para homossexuais. Em alguns casos, ela só existe na lei, mas não é praticada. Em outros lugares, ela ainda é praticada e gays são perseguidos por conta de sua identidade sexual.

Entre os países mais críticos para viajantes LGBT estão Iraque, Jamaica, Maldivas, Egito, Marrocos, Rússia, Irã e Arábia Saudita.

Confira a lista completa aqui.

Leia também:

Nota: Esse artigo foi divulgado originalmente em junho de 2018 e atualizado em junho de 2020.

10 comentários

  1. Acho super bacana que os países da América Latina estejam cada vez mais presentes !!! Amaria participar nesses eventos de turismo!!! Matéria top!!!

  2. ola pessoal!
    Me chamo Michael e estou com viagem programada pra MIAMI( chegada em 09/08/2019), NEW YORK E CHICAGO e gostaria de incluir mais amigos para que juntos possamos locar um apartamento inteiro e assim todos dividirmos as despesas.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.