O que fazer em Ubatuba SP: Melhores Praias

Pinterest LinkedIn Tumblr +

Durante muito tempo, a gente deixou de lado as praias de Ubatuba. Sempre que olhávamos para a previsão do tempo, fazer uma viagem para Ubatuba não era muito animador.

É notório que chove muito no litoral norte de São Paulo, especialmente no verão. Então sempre acabamos optando pelo litoral do Rio de Janeiro, que é menos chuvoso.

Mas sabendo optar pela melhor época, você consegue aproveitar o melhor das praias de Ubatuba, com aquele dia ensolarado que deixa tudo mais bonito.

Confira a seguir quais os melhores meses para viajar para Ubatuba, onde é melhor ficar e, finalmente, quais são as melhores praias de Ubatuba.

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Pousadas e Dicas de Viagem

Confira as melhores praias de Ubatuba e a melhor época para viajar sem chuva

Algumas das melhores praias de São Paulo se encontram na cidade de Ubatuba, que fica praticamente no meio do caminho entre São Paulo e o Rio de Janeiro.

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Pousadas e Dicas de Viagem

Ubatuba possui mais de 100 praias e dificilmente você vai conhecer todas numa viagem só. Por isso é importante pesquisar as melhores.

Uma coisa que ninguém conta…

Os moradores de Ubatuba não gostam muito de compartilhar suas praias secretas e mantém algumas delas sem muita divulgação.

Isso porque são praias pequenas e reservadas, e provavelmente se ficassem famosas e muito frequentadas, perderiam parte do seu encanto.

Nós tivemos algumas dicas de locais, mas privilegiamos aqui as praias com melhor infraestrutura para os turistas, ou seja: fácil acesso, estacionamento, estrutura de praia e, obviamente, belezas naturais.

Mas você vai encontrar aqui um ou dois segredos que o pessoal de Ubatuba não gosta de compartilhar. Não conta pra muita gente, tá?

Nesse artigo você vai conferir:

Antes de mais nada, gostaríamos de deixar nosso agradecimento ao Anderson e a Claudia, do Ubatuba e o Mundo, que nos ajudaram muito com várias dicas durante nossa estadia em Ubatuba.

Vale super a pena conhecer o canal no YouTube e o site, com várias dicas de quem mora em Ubatuba.


1 – Roteiro de Viagem

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Passeios, Pousadas e Dicas de Viagem
Ilha das Couves, uma das praias imperdíveis de Ubatuba, acessível apenas de barco

Para aproveitar o melhor de Ubatuba, nós recomendamos pelo menos 4 dias.

Mas para quem mora em São Paulo, é o destino perfeito para dar aquela escapada nos finais de semana ou feriados.

De qualquer forma, segue a nossa sugestão para 7 dias de viagem em Ubatuba.

Nosso estilo de viagem permite visita a 2 ou 3 praias por dia, mas isso depende muito de cada um. Tem gente que prefere ir e ficar numa praia só, durante o dia inteiro.

Se viajar no verão, considere apenas metade do seu dia, pois à tarde costuma sempre chover.

Avalie nosso roteiro e ajuste de acordo com suas preferências.

  • Dia 1: Chegada em Ubatuba: Praia de Itaguá (almoço no Mah Restaurante) + Praia do Tenório ou Praia do Cedrinho
O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Passeios, Pousadas e Dicas de Viagem
O Mah Restaurante é uma das melhores opções de restaurantes em Itaguá
  • Dia 2: Litoral Norte: Praia de Itamambuca + Praia de Prumirim ou Praia do Félix (Praia do Português)
  • Dia 3: Passeio de Lancha com a Rota do Surf: Ilha das Couves, Ilha dos Porcos, Praia da Almada (almoço no Almada Bar de Praia e Restaurante) e Ilha de Prumirim
  • Dia 4: Litoral Sul: Praia do Lázaro, Domingas Dias, Sununga + Praia do Lamberto
Ilha Anchieta: natureza e história em Ubatuba
  • Dia 5: Ilha Anchieta com a Peres e Luchesi: Passeio de Barco até a Ilha Anchieta, Ruínas do Presídio, Trilha da Represa e Praia das Palmas (espetinhos da Top Espetinhos)
  • Dia 6: Dia extra Praia da Lagoinha + Trilha das 7 Praias ou Roteiro Cultural na Praia da Caçandoca (com Peres e Luchesi e almoço no Quintal Magdalena)
  • Dia 7: Retorno a São Paulo: Praia Grande ou Praia da Enseada, se houver tempo.

Aluguel de Carro

Se você precisar alugar um carro, nós recomendamos os serviços da Localiza. A Localiza possui a maior frota do Brasil e tem mais de 47 anos de experiência no setor.

Sua reserva pode ser online de forma rápida, diretamente pelo site da Localiza.

Fique de olho também nessas vantagens que a Localiza oferece:

  • você pode parcelar o pagamento em até 10 vezes sem juros;
  • assistência 24 horas;
  • acumular pontos no Programa Fidelidade, para trocar por novas diárias. 

Aluguel de Carros

Não deixe de conferir também a página exclusiva de benefícios e descontos para os clientes Localiza.


2 – Quando Ir

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Pousadas e Dicas de Viagem - Melhor Época
Dia de sol em Ubatuba, deixando o mar com cores ainda mais incríveis

Decidir quando ir para Ubatuba é uma das dicas essenciais para que sua viagem seja bem sucedida.

Infelizmente a resposta não é muito satisfatória. Em quase todos os meses, a cidade tem uma pluviosidade bastante significativa.

O verão, que é quando todo mundo quer ir para Ubatuba, é justamente o período com mais chuva.

O site Climate-Data.org costuma ser a nossa fonte para pesquisar a melhor época para viajar.

Segundo o site, os meses mais chuvosos vão de novembro a março. É também quando se encontram as maiores temperaturas.

Mas quando chove menos?

Os meses com menos chuva vão de maio a agosto, que também é uma boa oportunidade de visitar a região, por ser baixa temporada.

Nesses meses, os preços estão mais baixos e as praias bem mais tranquilas.


3 – Como Chegar

A partir de São Paulo, o caminho é um dos obstáculos para viajar até Ubatuba.

Para chegar na cidade, é preciso descer a serra. As duas principais vias de acesso possuem estradas muito sinuosas e perigosas, especialmente nos dias de chuva.

É seguro?

O caminho mais rápido é pela Rodovia Oswaldo Cruz, mas a famosa estrada que liga Taubaté até Ubatuba é conhecida pelos acidentes.

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Pousadas e Dicas de Viagem - Melhor Época
Trecho sinuoso da Rodovia Oswaldo Cruz, que liga Taubaté e Ubatuba. Fonte: Tamoios News

Todo cuidado é pouco, por causa das curvas muito acentuadas (chamadas de curvas cotovelo) e da neblina frequente, que dificulta a visibilidade.

Sem trânsito, esse caminho dura cerca de 3h40 de viagem, a partir de São Paulo.

Outra opção mais tranquila é viajar pela Rodovia dos Tamoios. Você segue pela Dutra ou Ayrton Senna até São José dos Campos e de lá pega a estrada até Caraguatatuba.

Esse caminho passa por dentro da cidade de Caraguá, portanto leva mais tempo (cerca de 30 minutos ou 1h a mais, dependendo do trânsito). Mas a Tamoios, na nossa opinião, é uma estrada mais segura do que a Oswaldo Cruz.

Se você viaja de ônibus, a empresa responsável pelo trajeto São Paulo x Ubatuba é a Pássaro Marrom.


4 – Onde Ficar – Dicas de Pousadas

Na hora de procurar hotéis ou pousadas em Ubatuba, você pode optar por ficar hospedado no centro ou próximo de alguma das praias.

A vantagem do centro é que você fica em localização estratégica, o que permite que você possa explorar tanto as praias do litoral sul como do litoral norte de Ubatuba.

Outra vantagem também é a estrutura. A Rua Guarani, entre os bairros do centro e Itaguá, concentra grande parte do comércio e dos restaurantes de Ubatuba. É um ótimo lugar para passear à noite.

Mas tem muita gente que prefere um hotel ou pousada pé na areia. Nesse caso, a Praia de Itaguá não é a mais indicada, pois não é própria para o banho.

Confira a seguir algumas opções de hospedagem em Ubatuba.

$$ – Pousada Vivamar, Itaguá

Ubatuba: Dicas de Pousadas e Hotéis
Uma das opções de pousada no bairro do Itaguá, nosso preferido em Ubatuba

Essa foi a nossa última opção de hospedagem em Ubatuba, em junho de 2021. A pousada é super caprichosa em vários quesitos: protocolos sanitários, higiene, paisagismo e sustentabilidade.

No café da manhã, a pousada foi uma das mais rigorosas que já frequentamos, em relação aos protocolos de prevenção a Covid-19. Isso sem perder o carinho na apresentação dos itens do café da manhã. Uma pena que o café da manhã não é muito saboroso, especialmente na parte de pães e bolos.

A área verde da pousada possui várias plantas, algumas com identificação para que os hóspedes possam conhecer as espécies. A piscina é bem agradável.

O único senão da pousada é que a localização não é muito próxima da praia, especialmente se você viaja sem carro. São cerca de 10 quadras para chegar na praia ou na Rua Guarani, onde se concentra a vida noturna de Ubatuba.

Mas a pousada fica numa localização bem tranquila e agradável, e de carro fica bem pertinho para chegar nos pontos turísticos.

  • Pousada Vivamar
  • Localização: Praia de Itaguá, Ubatuba
  • Preço: a partir de R$ 190,00 (ref. jun/2021)

$$ – Pousada do Tiê, Itaguá

Ubatuba: Dicas de Pousadas e Hotéis

Em 2020, nós ficamos hospedados nessa pousada primorosa, localizada a cerca de 4 quadras da Rua Guarani.

A pousada é simples, mas sabe aquele lugar que tem tudo o que você precisa?

Os quartos são amplos, com varanda, todas as comodidades (ar condicionado, fribogar, TV a cabo) e a equipe é super atenciosa.

A piscina é pequena e o entorno não é muito charmoso, mas a pousada também alguns espaços internos bem agradáveis, para você ficar relaxando fora do quarto em dias de chuva.

  • Pousada do Tiê
  • Localização: Praia de Itaguá, Ubatuba
  • Preço: a partir de R$ 225,00 (ref. jun/2021)

$$$ – Hotel Porto di Mare, Praia da Enseada

Ubatuba: Dicas de Pousadas e Hotéis

Essa é a nossa dica de pousada pé na areia em Ubatuba. O Hotel Porto di Mare tem nota 9,0 no Booking.com e uma estrutura à beira-mar.

A Praia da Enseada é uma das mais movimentadas de Ubatuba, então não é exatamente o lugar ideal se você procura um pouco mais de sossego.

Mas é uma praia que ganha pela praticidade, pois é uma das mais próximas do centro.

Todos os apartamentos são de frente para o mar, e a pousada é bastante elogiada pelo seu café da manhã, áreas comuns (com jardins e piscina) e estrutura de praia.

  • Pousada Porto di Mare
  • Localização: Praia da Enseada, Ubatuba (pé na areia)
  • Preço: a partir de R$ 441,00 (ref. abr/2021).

$$ – Hotel Solar das Águas Cantantes, Praia do Lázaro

Ubatuba: Dicas de Pousadas e Hotéis

Nós adoramos a Praia do Lázaro, justamente porque é uma praia que permite acesso a outras duas praias interessantes e, também, porque está a poucos quilômetros do centro.

Esse hotel tem ótimas avaliações no Booking.com, com nota 8,8 (Fabuloso) baseado em mais de 270 avaliações.

Apesar das boas notas e comentários em relação à estrutura da praia e proximidade da praia, a ressalva fica para as péssimas condições das ruas de acesso, especialmente nos dias de chuva.

$ – Hotel e Pousada Pouso 54, Praia das Toninhas

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Pousadas e Dicas de Viagem
Praia das Toninhas, em Ubatuba: ideal para famílias e com boa infraestrutura

A Praia das Toninhas não está entre as nossas preferidas em Ubatuba, mas é aquela praia perfeita para famílias e para quem gosta de uma pousada pé na areia.

É o caso da Pousada Pouso 54, que não é exatamente pé na areia, mas fica a menos de 100 metros de distância. O hotel/pousada é um dos melhores avalaidos no Booking.com e no TripAdvisor.

$$ – Pousada Don Diego, Itaguá

A Pousada Don Diego fica no coração de Itaguá, na própria Rua Guarani. A pousada tem avaliações excelentes no Booking, com ressalvas apenas para o estacionamento.

Nós adoramos a região onde a pousada está localizada, pois tem muitos restaurantes, sorveterias, cafeterias e até galerias. O espaço é muito agradável para circular à noite, mas a praia não é própria para banho.

  • Pousada Don Diego
  • Localização: Praia de Itaguá
  • Preço: a partir de R$ 210,00 (ref. abr/2021)

5 – O que fazer em Ubatuba

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Pousadas e Dicas de Viagem
Praça de Ubatuba onde passa a linha do Trópico de Capricórnio

Rota Central

  • Foi na Praia de Itaguá que começou nosso roteiro de viagem em Ubatuba.
  • Na Praça Capricórcio se encontra um monumento que marca o local onde passa a linha imaginária do Trópico de Capricórnio. O lugar também marca o ponto onde surgem os primeiros raios de sol do verão.
  • Em Itaguá também ficam dois pontos turísticos interessantes da cidade. Um deles é o Aquário de Ubatuba (R$ 40,00, ref. jun/2021) e o outro é o Projeto Tamar (R$ 25,00, ref. jun/2021). Só conhecemos o Projeto Tamar e achamos que vale a pena a visita, especialmente para crianças.
  • Um dos principais pontos de referência de Itaguá é a Praça da Baleia, localizada à beira-mar. Na praça fica a ossada de uma baleia encontrada na Praia Grande.
  • O Centro Histórico é pequeno, mas é bem agradável. Fica localizado na Praia do Cruzeiro, vizinha ao bairro de Itaguá.
  • Um dos prédios mais bonitos é o Casarão do Porto. Ele foi construído em 1846 e já funcionou como como armazém para sacas de café, algodão, fumo, cana-de-açúcar e aguardente, que eram produzidos em todo o Vale do Paraíba.
  • Em frente está o Farol do Cruzeiro, um belo local para passear e curtir o final de tarde em Ubatuba.

Rota Caiçara

Vale também conhecer as comunidades caiçaras de Ubatuba. O povo Caiçara é resultado da miscigenação dos índios e dos colonos europeus.

Eles ainda vivem em algumas partes de Ubatuba, normalmente em áreas de difícil acesso como nas restingas ou nas encostas da Mata Atlântica.

Algumas das comunidades mais conhecidas estão em praias como Almada, Puruba e Picinguaba.

A gastronomia da região tem forte influência dos caiçaras. Os pratos com ingredientes como banana, palmito, mandioca e gengibre são bastante típicos da cidade.

Nós tivemos a oportunidade de provar um prato típico caiçara no nosso passeio cultural até a Praia da Caçandoca. Confira a seguir.


Melhores Praias de Ubatuba e Passeios Imperdíveis

Se quiser entender melhor a localização de cada praia, criamos um mapa no Google Maps com todas as praias que citaremos a seguir.

1 – Passeio de Lancha pelas Ilhas de Ubatuba

Nossa lancha chegando na Ilha das Couves

O passeio de lancha é uma ótima oportunidade de conhecer várias praias num passeio só.

Nós fizemos o passeio com a Rota do Surf, que tem um quiosque na Avenida Leovigildo Dias Vieira (a avenida da Praia do Itaguá). O ponto de embarque é ali mesmo, em frente ao Posto Sete Estrelas.

Quem nos recepcionou foi a super querida Rosana, uma ex-fotógrafa que abandonou a área de eventos para viver o sonho de uma vida paradisíaca em Ubatuba.

O passeio faz algumas paradas em algumas ilhas incríveis de Ubatuba. Ubatuba tem mais de 20 ilhas, e a maior parte não tem estrutura e acesso somente por barco, o que garante o aspecto natural e paradisíaco.

Nós seguimos direto para a Ilha das Couves, considerada uma das melhores praias de Ubatuba.

Fique ligado que seguidores do Viagens Cine têm 10% de desconto nos passeios com a Rota do Surf. Vale conferir.

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Passeios, Pousadas e Dicas de Viagem
Ilhas dos Porcos, outra parada imperdível do passeio de lancha da Rota do Surf

Nossa parada inclui desembarque e ficamos curtindo na praia mais de 1h. De lá, partimos para outra praia bem bonita, a Ilha dos Porcos, também com desembarque.

Durante o percurso, conhecemos outras ilhas curiosas pelo caminho, como a Ilha Rachada (ou Ilha da Selinha), que possui “a menor praia de Ubatuba”. A ilha é dividida em duas partes iguais, e bem no meio se encontra um minúscula praia deserta.

Praia da Almada

A parada para almoço acontece na Praia da Almada. O Almada Bar de Praia e Restaurante é um dos melhores restaurantes de Ubatuba.

O ambiente é lindo e a gastronomia é excelente. Tivemos o privilégio de conhecer o Chef Lelo e tivemos a certeza que as pessoas também fizeram toda a diferença.

Nós provamos o Robalo Almada com Farofa de Banana e Spaghetti de Pupunha com Alcaparras (R$ 95,00) e o Robalo com Camarão Crocante em uma cama de Risoto de Limão Siciliano (R$ 109,00). Os pratos estavam deliciosos.

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Passeios, Pousadas e Dicas de Viagem
Ambiente charmoso e pratos deliciosos no Almada Bar de Praia e Restaurante

Para quem chega de carro, é preciso percorrer uma estrada sinuosa, mas com um visual de tirar o fôlego. São cerca de 50 minutos a partir de Itaguá.

A recompensa ao chegar é uma praia de mar bem tranquilo, perfeita e segura para quem viaja com crianças.

Basta uma curta caminhada para acessar a Praia do Engenho, que fica ao lado da Almada, ainda mais sossegada.

Finalmente…

… seguimos para a Praia da Justa (já entardecendo, acabamos não desembarcando) e a Ilha de Prumirim.

Já tínhamos conhecido a Ilha de Prumirim pela manhã, mas conferir o pôr do sol de lá foi realmente especial.

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Passeios, Pousadas e Dicas de Viagem
Pôr do sol na Ilha de Prumirim

O passeio de lancha é uma experiência incrível e vale super a pena, especialmente para quem tem pouco tempo e quer aproveitar o máximo das belezas de Ubatuba.

Quem pilotou a lancha foi o Dhiego, e haja paciência para fazer todos os movimentos que a gente pediu para fazer os vídeos para nosso canal no YouTube. Diego foi super paciente e atendeu todos os nossos pedidos. Obrigadão, marinheiro!

ROTEIRO DE LANCHA PELAS ILHAS

– Agência: Rota do Surf
– Roteiro: Ilha das Couves, Ilha dos Porcos, Praia da Almada e Ilha do Prumirim e outras paradas para fotos (sem desembarque)
– Duração: aproximadamente 6 horas de passeio
– Preço: a partir de R$ 180,00 a lancha compartilhada ou a partir de R$ 1.800,00* a lancha privativa (desconto de 10% para seguidores do Viagens Cine).

* Os preços variam de acordo com o tamanho da embarcação, época e dia da semana do passeio.


2 – Praia de Prumirim

Visual do canto esquerdo para a Praia de Prumirim

Essa é aquela praia que tem vários programas em um. Além da praia, você ainda pode conhecer uma ilha próxima e uma cachoeira. 

A Praia de Prumirim é uma das melhores belezas do litoral norte de Ubatuba. Apesar de ser mais distante do centro, vale super a pena. 

A praia fica dentro de um condomínio, mas com acesso liberado para visitantes. Lá dentro, tudo muito bem organizado e bonito, e para estacionar é preciso usar um cartão de zona azul. 

Na praia, há vários quiosques. Nós costumamos frequentar o Jundu Praia Bar, no centro da praia, mas também vale conhecer a Barraca da Neide ou o Cantinho da Lagoa, no canto esquerdo.

Ilha do Prumirim

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Pousadas e Dicas de Viagem
Cenário idílico da Ilha de Prumirim, acesso somente por barco

Caminhe para o lado direito até a foz do Rio Prumirim, onde saem os passeios de barco até a Ilha do Prumirim. Quando o mar está calminho, os passeios também saem do lado esquerdo (onde fica a lagoa).

Já da praia você consegue ver a praia, que é super paradisíaca e com uma pequena faixa de areia. 

O trajeto de barco é bem rápido e custa R$ 25,00 por pessoa (ida e volta). Pegue o contato do barqueiro e você pode ligar e pedir para ele ir buscá-lo na hora que você quiser. Lá na ilha o sinal do telefone ainda funciona. 

Finalmente, na estrada há uma parada para conferir a deliciosa Cachoeira do Prumirim, para completar esse passeio de praia, ilha e cachoeira. 

PRAIA DE PRUMIRIM

Distância: 21km ou 30 minutos de carro a partir do centro de Ubatuba
– Estacionamento: R$ 12,00 cartão Zona Azul
Estrutura: na praia há alguns quiosques. O Jundu tem preços razoáveis para beber e beliscar (cerveja de 600 ml por R$ 13,90 e porções em média R$ 30,00) mas as refeições têm preços acima da média. 
Praia: selvagem, com areia fofa e mar bravo (não indicada para crianças)
Combina no mesmo dia: com a Praia do Félix, Praia de Prumirim ou Praia do Puruba (o cartão Zona Azul vale para as outras praias também)


3 – Ilha das Couves

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Pousadas e Dicas de Viagem
O mar cristalino da Ilha das Couves, em Ubatuba

Chegar nessa ilha não é tão fácil, mas vale o esforço. A Ilha das Couves tem duas praias muito especiais, de água cristalina e uma pequena e sombreada faixa de areia. 

Para chegar de carro, é preciso seguir até a Vila de Picinguaba, litoral norte de Ubatuba, quase na divisa com Paraty. 

A vila é tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico de São Paulo (Condephaat) desde 1983 e considerada um dos últimos redutos onde é possível encontrar as tradições caiçaras preservadas.

A praia é bem modesta e com uma pequena faixa de areia. Lugar para estacionar é um pouco complicado, e logo se aproxima um morador para nos ajudar a estacionar. Cobra R$ 10,00 pelo serviço.

Estacionamentos privados cobram R$ 20,00.

Nós achamos mais prático pegar um passeio de barco (mais demorado) ou lancha (cerca de 40 minutos). Os passeios saem da Praia do Itaguá, no centro de Ubatuba.

Como Ir

Um pouco além do restaurante Deck da Vila, você encontra um quiosque que vende os passeios de barco até a Ilha das Couves.

Há um limite de pessoas por dia, então pode ser que eles dividam o horário do embarque. A capacidade é de 177 pessoas por turno, mas o melhor mesmo é pegar ela quase deserta.

Antes da portaria que definiu esse limite, a ilha já chegou a receber 2 mil visitantes por dia. Eu nem consigo imaginar como deve ser.

Para isso, é melhor evitar os finais de semana e feriados. Nós curtimos a praia praticamente só para nós.

Regras de Visitação

Ilha das Couves, quando mais deserta, melhor

As regras de visitação são divulgadas pela Fundação Florestal, responsável pela administração da visitação turística.

Para ler o texto completo da Portaria Normativa 328/2021, clique aqui. A portaria foi divulgada em 12 de maio de 2021 (com validade até 31 de março de 2022).

  • Capacidade de suporte terrestre de 177 pessoas simultaneamente;
  • Visitação dividida em 3 turnos, com saídas de Picinguaba, Almada, Estaleiro, Ubatubamirim e do centro;
  • Segundo informações da Rosana Fontana, coordenadora das lanchas que desembarcam na ilha (e também nossa parceira da Rota do Surf), as saídas de Picinguaba saem nos seguintes horários: 8h às 11h, 11h às 14h e 14h às 17h;
  • O único horário de saída dos passeios a partir da Praia do Itaguá acontece às 10h;
  • Fique atento, pois nem todos os passeios de barco que saem do Itaguá tem cadastramento para desembarque na Ilha das Couves.

Quanto Custa

O preço do passeio a partir de Picinguaba é R$ 65,00 e a viagem dura 15 minutos.

O preço do passeio de lancha, a partir da Praia do Itaguá, custa a partir de R$ 180,00 (em lanchas compartilhadas).

Ao chegar, o desembarque ocorre em uma praia já incrível, mas acredite: existe outra ainda melhor. Do lado direito sai uma trilha bem fácil, de cinco minutos, até a próxima praia. 

O mar é impressionante, ótimo para snorkeling. Aproveite muito a beleza da praia, antes que chegue o horário de ir embora. Os paraísos passam voando. 

ILHA DAS COUVES

Distância: 43km ou 1h de carro a partir do centro de Ubatuba até a Praia de Picinguaba
Estacionamento: poucas vagas, na rua e com flanelinhas
– Estrutura: a ilha não tem estrutura nenhuma; a Praia de Picinguaba tem estrutura de bares e restaurantes frente ao mar
Praia: pequena faixa de areia, com mar tranquilo e água cristalina
– Combina no mesmo dia: com a Praia de Prumirim, Praia de Ubatumirim e Praia de Almada
Quando ir: evite nos finais de semana e feriados, pois como a praia é muito pequena e a experiência fica prejudicada. Tem limite de visitantes, 177 pessoas por dia.  


4 – Praia do Lázaro, Sununga e Domingas Dias

Praia do Lázaro e Domingas Dias ao fundo, praias de águas bem tranquilas no litoral sul de Ubatuba

Essas são algumas das melhores praias do litoral sul de Ubatuba. Ao contrário das praias do litoral norte, com areia fofa e mar bravo, as praias do sul têm o mar bem mais tranquilo e a areia plana, ideal para caminhadas. 

Essas três praias são algumas de nossas favoritas, uma do lado da outra. A praia principal é a Praia do Lázaro, com maior facilidade de acesso e muitas vagas para estacionar. Dela, você consegue acessar as outras praias. 

Praia da Sununga

Para o lado esquerdo, está a Praia da Sununga. O mar mais bravo (mas não tão bravo como nas praias do norte) é propício para a prática do skimboard (ou sonrisal), uma espécie de surf no rasinho das ondas.

Bem no cantinho esquerdo da praia, está a Gruta que Chora, que tem a incrível curiosidade de gotejar sobre os visitantes. A gruta em si é bem pequena, mas o que vale é mesmo a curiosidade das “lágrimas”. 

Praia de Domingas Dias

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Pousadas e Dicas de Viagem
A reservada praia de Domingas Dias, cercada de mansões em um condomínio fechado

Do lado direito da Praia do Lázaro, você acessa a super preservada Domingas Dias, provavelmente a praia mais tranquila de Ubatuba, praticamente uma piscina natural.

A praia fica localizada dentro de um condomínio fechado. 

Para quem deseja ir diretamente para Domingas Dias, é preciso entrar pelo Condomínio Pedra Verde (Km 68,5 da BR-101).

Pelo condomínio, será preciso pagar zona azul, no valor de R$ 12,00. Esse valor pode ser utilizado em outras praias de Ubatuba, nesse mesmo dia.

Há um limite de 280 carros de não moradores. Caso o limite tenha sido ultrapassado, será necessário aguardar uma vaga.

Para quem não quiser gastar ou se preocupar com o limite de carros, pode estacionar na Praia do Lázaro e ir caminhando até lá, é bem pertinho. 

PRAIA DO LÁZARO

– Distância: 15km ou 25 minutos de carro a partir do centro de Ubatuba
– Estacionamento: Grátis (a partir da Praia do Lázaro, canto esquerdo) ou R$ 12,00 (Zona Azul, no Condomínio Pedra Verde, canto direito).
– Estrutura: na Praia do Lázaro e Sununga há alguns quiosques. Em Domingas Dias não há estrutura de praia, mas é fácil encontrar ambulantes. 
– Praia: na Praia do Lázaro, a areia é escura e batida (ideal para caminhadas) e mar bem tranquilo (indicada para crianças). Em Domingas Dias, o mar é ainda mais calmo. Na Praia de Sununga, o mar é bem traiçoeiro, cuidado. 
– Combina no mesmo dia: Praia Grande, Praia da Enseada ou Praia da Lagoinha


5 – Ilha Anchieta

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Passeios, Pousadas e Dicas de Viagem
Nossa chegada na Praia do Leste, na Ilha Anchieta

A Ilha Anchieta é um passeio bem legal para quem gosta não somente de natureza. Na Ilha encontra-se o Parque Estadual da Ilha Anchieta e as ruínas de um presídio.

Para visitar a Ilha, é preciso pegar um passeio de barco (escuna ou lancha). Fizemos o passeio com o Ivan da Dudamar Aluguel de Lanchas.

Você pode chegar e visitar as ruínas por conta própria, mas obviamente é mais interessante contar com o acompanhamento de um monitor ambiental credenciado.

Quem nos acompanhou nesse roteiro foi a Rosiane da agência Peres e Luchesi, que atua como monitora na ilha. Ao todo são poucos monitores credenciados em Ubatuba.

Seguidores do Viagens Cine tem 10% de desconto nos passeios com a Peres e Luchesi e com as lanchas do Dudamar Aluguel de Lanchas. Vale conferir.

Como Funciona

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Passeios, Pousadas e Dicas de Viagem
As ruínas do presídio, vistas a partir da Trilha da Represa

Ao chegar na ilha, é preciso pagar a taxa de ingresso do parque (R$ 16,00 por pessoa, residentes de Ubatuba não pagam) e começamos nosso passeio.

Em 1902, a ilha que era um povoado de cerca de 400 famílias, antes de se transformar numa colônia penal. Depois disso, abrigou presos políticos e presos de segurança máxima. A história culminou em uma rebelião sangrenta, que ocorreu em 1952.

Hoje é possível circular pelas ruínas e ouvir um pouco das histórias do local.

Trilhas do Parque

Mas o Parque Estadual Ilha Anchieta não se restringe somente a isso. Fizemos duas trilhas bem fáceis na ilha.

A primeira, a Trilha da Represa, permite alcançar um mirante com visual incrível para as ruínas e para boa parte da ilha.

A segunda, bem mais simples, segue até a Praia das Palmas, considerada a mais bonita da Ilha Anchieta. A praia tem o mar muito calmo, ideal para famílias, e do lado direito é ideal para fazer snorkeling.

Praia das Palmas, mar calmo e cristalino, ideal para famílias

Mas existem trilhas mais extensas, algumas delas precisam de acompanhamento de monitores ambientais, como a Rosiane.

O passeio de lancha, organizado pela Peres e Luchesi, também incluiu a navegação por mais duas praias: a Praia do Leste e a Praia do Sul. Em virtude da pandemia, não é permitido desembarcar nas praias, mas é possível nadar nas águas próximas a qualquer uma das praias.

Nós também adoramos a opção de incluir alguns espetinhos no nosso passeio. Como a Ilha Anchieta ainda não possui estrutura de alimentação, o Leo da Top Espetinhos incluiu o serviço no nosso passeio.

Espetinhos durante nosso passeio de lancha até a Ilha Anchieta

São várias opções de espetos, como carne, frango, panceta, linguiça e pão de alho. O Leo capricha e estava tudo delicioso. Os espetos são preparados na própria churrasqueira da lancha.

ILHA ANCHIETA

– Agência e Monitoria: Peres e Luchesi
– Aluguel da Lancha: Dudamar Aluguel de Lanchas
– Alimentação: Top Espetinhos
– Roteiro: Sede do Parque, Trilha da Represa, Trilha das Palmas, Praia do Leste e Praia do Sul
– Duração: aproximadamente 3 horas de passeio
– Preço: R$ 16,00 a entrada no Parque + R$ 250,00 a diária do monitor ambiental (valor pode ser compartilhado por até 10 pessoas) + preço do translado de barco até a ilha. Seguidores do Viagens Cine têm 10% de desconto.
– Horário: Quinta à domingo das 9h às 17h (em virtude da pandemia, é preciso agendar a visita com antecedência através do e-mail [email protected], no nosso caso a Peres e Luchesi fez o agendamento para nós)


6 – Praia do Puruba

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Pousadas e Dicas de Viagem
Cruzar o Rio Puruba é o principal acesso para chegar na super selvagem Praia do Puruba

Já imaginou chegar numa praia caminhando pelo leito de um rio de águas cristalinas? 

Antes de chegar na Praia do Puruba, localizamos alguns carros estacionados na estrada, num lugar isolado. Ficamos curiosos e fomos lá conferir se era um acesso até a praia. O lugar é identificável por uma casa branca em ruínas, por detrás de arame farpado. 

Não é preciso entrar nas divisas da casa. Só caminhar por uma trilha e encontrar um rio de águas cristalinas. Desça com cuidado e veja a altura do rio. Quando fomos, a água batia no joelho. 

Fomos caminhando pelo leito do rio, com água pelo joelho, cerca de 300 metros. No final do rio, encontramos uma faixa de areia e finalmente a praia. Puruba é uma praia selvagem e praticamente intocada, um paraíso a ser descoberto. 

A água do mar não é muito propícia para o banho, mas com aquele rio de águas calminhas e cristalinas, tomar banho não será um problema por ali. 

Existe também um acesso mais convencional, por uma vila caiçara, de onde você pode pegar um barco para chegar na praia.

PRAIA DO PURUBA

Distância: 26km ou 30 minutos de carro a partir do centro de Ubatuba
– Estacionamento: poucas vagas, na rua
– Estrutura: não tem nenhuma estrutura
– Praia: selvagem, com areia fofa e mar bravo (não indicada para crianças) mas tem rio de águas cristalinas
– Combina no mesmo dia: com a Praia da Almada, Praia de Itamambuca ou Praia de Prumirim


7 – Praia de Itamambuca

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias
Uma das praias mais extensas de Ubatuba, Itamambuca é deliciosa

Essa é uma das nossas praias preferidas em Ubatuba. Não tanto pela beleza, mas achamos a vibração do lugar muito legal. 

O acesso é bem tranquilo, próximo do centro de Ubatuba. Ao chegar na vila, você encontra alguns cafés, restaurantes e padarias. Tudo num clima informal, com mesas nas calçadas e gente caminhando pelas ruas. É um espírito totalmente diferente e descolado do centro de Ubatuba. 

Nós adoramos a Padang, um restaurante com um amplo salão aberto, com várias mesas combinadas com um lago de peixes e mesas de madeira. Os preços são ótimos, desde pratos feitos a partir de R$ 30,00 ou pratos mais elaborados com média de R$ 100,00 para 2 pessoas. 

O acesso para a praia também se dá por pequenas trilhas ou passarelas cercadas de natureza. Sim, a praia é selvagem, sem construções do jeitinho que a gente gosta. Para não dizer que é totalmente selvagem, alguns (poucos) quiosques estão distribuídos por pontos estratégicos (vá para o lado direito, na foz do Rio Itamambuca). 

A praia é para surfistas, tem mar mais bravo e uma faixa de areia inclinada, não muito boa para caminhadas. 

PRAIA DE ITAMAMBUCA

– Distância: 15km ou 20 minutos de carro a partir do centro de Ubatuba
– Estacionamento: R$ 12,00 com cartão Zona Azul (vale também para outras praias de Ubatuba)
– Estrutura: na praia há poucas opções de quiosques, mas na vila existem vários restaurantes e lanchonetes
– Praia: selvagem, com areia fofa e mar bravo (não indicada para crianças)
– Combina no mesmo dia: com a Praia do Félix, Praia Vermelha do Norte ou Praia de Prumirim


8 – Praia Vermelha do Norte

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Pousadas e Dicas de Viagem
Praia Vermelha do Norte, boa estrutura e amplo estacionamento

Essa praia é uma das mais próximas do centro, com fácil acesso e estacionamento super tranquilo. A praia é linda, e logo da estrada você já consegue contemplar a beleza do lugar. 

Uma coisa que curtimos bastante é que a praia tem um gramado, então é o lugar legal para aquele final de tarde que você quer parar e curtir o entardecer, sem precisar pisar na areia. No gramado, o pessoal senta para contemplar o espetáculo. Também rola show no nascer do sol. 

Mas a praia também é ótima para quem curte estrutura, pois tem vários quiosques e restaurantes. 

PRAIA VERMELHA DO NORTE

Distância: 7km ou 15 minutos de carro a partir do centro de Ubatuba
– Estacionamento: Grátis
– Estrutura: vários quiosques e restaurantes na praia
– Praia: areia clara e com belo visual a partir da estrada, mar movimentado mais indicado para surfistas
– Combina no mesmo dia: Praia de Itamambuca ou qualquer uma do litoral norte


9 – Praia do Félix e Praia do Português

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Pousadas e Dicas de Viagem
A secreta Praia do Português, ao lado da Praia do Félix

Você prefere praias mais compridas ou pequenas faixas de areia? Na Praia do Félix você encontra os dois. 

A praia fica numa localização reservada, no litoral norte de Ubatuba. Algumas barracas de praia oferecem estacionamento perto da areia. 

A praia é bem extensa e linda, se você puder conheça na maré baixa, quando pequenas piscinas de água rasinhas se formam. Mas a dica mesmo é caminhar até o lado direito da praia. Caminhando por entre as pedras do mar, você encontra uma brecha na vegetação e o caminho se abre para a paradisíaca Praia do Português. O caminho não é muito simples, tome bastante cuidado para não escorregar nas pedras. 

Bem pequena e isolada, alguns coqueiros compõe o visual perfeito. Como a praia é muito pequena, o ideal seria curtir com poucas pessoas. Para isso, chegue cedo ou aposte num dia de semana por lá. 

Uma curiosidade é que essa praia era privada até pouco tempo atrás, mas como toda praia tem quer ser pública, o proprietário teve que liberar o acesso aos visitantes. Mas é preciso encarar esse caminho pelas pedras, não faça na maré alta. 

No canto esquerdo, está o acesso para a Praia das Conchas, outro cantinho para ser descoberto a partir do Félix. 

PRAIA DO FELIX

– Distância: 17km ou 20 minutos de carro a partir do centro de Ubatuba
– Estacionamento: na rua, com poucas vagas, ou em estacionamentos das barracas de praia
– Estrutura: vários quiosques e restaurantes, no canto direito
– Praia: selvagem, com areia fofa e mar bravo do lado esquerdo e mar mais tranquilo e com estrutura no lado direito
– Combina no mesmo dia: Praia de Itamambuca ou Prumirim


10 – Roteiro Cultural – Praia da Caçandoca

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias
Praia da Caçandoca vista do alto

Esse passeio é uma boa oportunidade que conciliar uma praia bem selvagem e paradisíaca, com uma experiência cultural.

Nesse roteiro que fizemos com a Rosiane e o Leo, da Peres e Luchesi, eles nos buscaram em nossa pousada e nos levaram de carro até a Praia da Caçandoca.

O acesso de carro é um pouco difícil, por causa da estrada de terra, mas não é impossível. Nós preferimos contar com a experiência deles do que ter algum problema no caminho.

Além disso, Rosiane nos acompanha com uma caminhada bem interessante pelo Quilombo da Caçandoca, um dos poucos remanescentes em Ubatuba. A experiência fica completa com um almoço no Quintal Magdalena, preparado pela dona Neide, uma autêntica comida caiçara.

Neide e Nailton do Quilombo Caçandoca falam sobre as experiências para manter as tradições quilombolas vivas na comunidade

Antes, durante e após o almoço, a conversa rende com a Neide e seu marido Nailton, que falam sobre o esforço e suas iniciativas para manter a cultura e as tradições quilombolas vivas na comunidade.

O almoço custa em média R$ 40,00 por pessoa, com sobremesa.

Trilhas até as Praias da Caçandoquinha e Pulso

O passeio ainda inclui duas trilhas bem fáceis. A primeira leva até a Praia da Caçandoquinha, ainda mais tranquila do que a Praia da Caçandoca.

Com uma pequena enseada e o mar bem tranquilo, ela é uma praia perfeita para relaxar, até mesmo em dias mais movimentados em movimentado.

Só que não relaxa são os mosquitos e borrachudos, capriche no repelente.

Seguidores do Viagens Cine tem 10% de desconto nos passeios com a Peres e Luchesi.

A outra trilha, no lado esquerdo da Praia da Caçandoca, leva até a Praia do Pulso, que fica dentro de um condomínio privado. O acesso é tranquilo, basta se identificar na portaria.

A Praia do Pulso tem um belo gramado com muitas sombras e o mar ainda mais cristalino do que a Caçandoquinha. Como o gramado é também o jardim de algumas casas de luxo, a área é protegida por seguranças, o que pode tirar um pouco a sensação de liberdade e contato com a natureza.

Finalmente, vale salientar que a Praia da Caçandoca é a mais extensa das três, e possui estrutura de quiosques à beira-mar.

ROTEIRO CULTURAL: QUILOMBO DA CAÇANDOCA

– Agência e Transfer: Peres e Luchesi
– Roteiro: Praia da Caçandoca, Praia da Caçandoquinha, Almoço no Quintal Magdalena (R$ 40,00 por pessoa) e Praia do Pulso
– Duração: aproximadamente 6 horas de passeio
– Preço: R$ 250,00 a diária do guia (valor pode ser compartilhado por até 10 pessoas) + valor da gasolina caso inclua o transfer.

Castelo Arautos do Evangelho

Castelo dos Arautos, um lugar incrível no litoral sul de Ubatuba

No caminho para a Praia da Caçandoca, vale a pena conhecer o Castelo dos Arautos do Evangelho. É uma igreja que fica no alto de uma colina, com vista para o mar.

O acesso acontece na estradinha de terra para a Praia da Caçandoca.

O lugar só funciona aos domingos, e pode ser visitado após o horário das missas, que acontecem às 8h, às 10h e às 16h30. Confirme os horários pelo telefone 55 (11) 2971-9061.

É aconselhável o uso de roupas adequadas a visita a um templo religioso (bermudas e camisetas são aceitáveis).


Outras Praias que Vale a Pena Conhecer

Praia do Lamberto

O que fazer em Ubatuba: Melhores Praias, Pousadas e Dicas de Viagem
A reservada Praia do Lamberto, com visual para o Saco da Ribeira

Essa praia pequena pode passar despercebida por quem atravessa a rodovia, mas é um pequeno achado.

São menos 10 vagas para estacionar o carro em frente à praia, mas ela fica relativamente perto do Restaurante Peixe com Banana, então você também pode ir caminhando de lá (cerca de 10 minutos) caso não encontre vagas na frente.

A praia tem somente um quiosque e é bem reservada. Mas o mar é bem tranquilo e com água cristalina. Perfeita para quem quer relaxar.

O visual para os barcos do Saco do Ribeira completa o cenário.


Trilha das 7 Praias

Praia Grande do Bonete, uma das 7 Praias

A Praia da Lagoinha é uma das praias mais próximas para quem chega de São Paulo ou Caraguatatuba. Junto com a Praia de Maranduba, forma uma região de Ubatuba que pode ser uma viagem independente do resto da cidade.

A distância para o centro é de cerca de 45 minutos, então acaba sendo uma boa opção para quem quer explorar somente o litoral sul de Ubatuba. Uma das características do litoral sul são as praias planas, com mais infraestrutura e mar mais tranquilo.

Essa praia também é o ponto de partida para a Trilha das 7 Praias, que segue até a Praia do Bonete e a Praia do Cedro, por exemplo. A trilha tem níveis diferentes de dificuldade, até Bonete é relativamente fácil, depois o nível é puxado.

O final da trilha é na Praia da Fortaleza, e pensar em voltar tudo é complicado, então se puder vá de ônibus. Nesse caso, o ideal é começar a trilha da Praia da Fortaleza (com menos opções de transporte coletivo) e terminar na Praia da Lagoinha (com mais horários de ônibus).

A Praia da Fortaleza é uma praia do litoral sul bastante recomendada por conta de uma piscina natural, no canto direito. Pessoalmente, não achamos que vale a pena o deslocamento. A estrada é bastante complicada e o estacionamento pago, sendo que a praia não é tão bonita.


Praia Grande

Praia Grande, uma das praias mais movimentadas de Ubatuba

Pessoalmente, nós não curtimos praias com muita infraestrutura, mas vamos destacar aqui a Praia Grande, que é provavelmente a praia mais movimentada de Ubatuba.

Como vantagem, a praia é bastante extensa e com muitos quiosques à beira-mar, então perfeita para quem gosta de acesso fácil e boa estrutura.

A praia também possui muitas vagas para estacionar, embora acredito que na alta temporada elas possam ficar disputadas. Mas creio que em períodos de maior movimento, essa praia tem estrutura ideal para receber uma grande quantidade de pessoas.

A praia também possui várias opções de hospedagem e restaurantes. Por lá, nós já ficamos hospedados no Hotel Coquille, que tem uma estrutura charmosa na encosta da Mata Atlântica.

Confira também:
Top 10 Melhores Praias de São Paulo


Como são 102 praias em Ubatuba, ainda há muita coisa para conhecer.

Nós recomendamos acompanhar o perfil do Felipe Abílio, o @goabilio. Ele vive em Ubatuba e está com uma série, o Check-In nos 102 paraísos de Ubatuba. Vale conferir.

Leia também:

Nota: Os serviços da Peres e Luchesi, Dudamar Aluguel de Lanchas, Rota do Surf, Mah Restaurante e Pizzaria e Almada Bar de Praia e Restaurante foram uma cortesia. Prestigie nossos parceiros.

Essa página contém links para sites afiliados ao Viagens Cine. Não nos responsabilizamos por empresas, hotéis ou anúncios exibidos nesse site.
Compartilhe.

Sobre o autor

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

9 Comentários

  1. Bruna Miguez de

    Boa tarde! Parabéns e muito obrigada pelas dicas! Qual mês voces foram neste ano? Queria saber porque nas fotos os dias estão lindos e porque programei para ir em Agosto agora e acredito que ainda terão algumas restrições da pandemia.

    • Oi, Bruna. Nós viajamos em maio desse ano, mas já viajamos em agosto também e demos sorte de pegar vários dias ensolarados também. Em relação às praias, tomara que esteja melhor, mas essas restrições da pandemia mudam a todo momento, é difícil de prever mesmo. Abraços.

  2. Adorei, porém achei que faltou a praia das conchas, no canto direito da praia do felix, incrivelmente linda

  3. Andriele Costa de

    Vi sobre Ubatuba através de uma foto no insta, resolvi pesquisar sobre e me deparei com essa matéria excelente, estou muito ansiosa pra conhecer e já vou me basear nessa matéria para fazer um roteiro de viagem pra Ubatuba em breve. Obrigada pelas dicas valiosas.

  4. Ótima matéria!! Muito completa obrigado.
    Sempre quero ir para Ubatuba mas tudo é tão grande, são tantas opções, mais o medo da chuva, e acabo desistindo. Vou quadrar as dicas com carinho e logo logo me jogas nessas praias. Valeu meninos!!

    • Obrigado Marcello. Realmente são muitas opções, a gente até se perde um pouco. Mas o legal de Ubatuba que além dessas dicas, você com certeza também vai fazer as suas próprias descobertas. Beijão.

Deixei uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.