Roteiro pela Highway 1 e Big Sur – Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis

Para quem quer fazer uma road trip cinematográfica, a Pacific Coast Highway (ou Highway 1) está no sonho de todos os viajantes. Essa estrada é uma das mais famosas do mundo e percorre alguns dos lugares mais incríveis do Estado da Califórnia.

Um dos grandes trunfos da Highway 1 é que ela serpenteia as montanhas e está sempre de frente para o mar do Oceano Pacífico.

Como a Pacific Coast Highway atravessa dois destinos icônicos dos Estados Unidos (São Francisco e Los Angeles), esse roteiro na Califórnia acaba sendo um dos mais visitados pelos viajantes. E de quebra, ainda inclui maravilhosas surpresas no caminho.

Mas como a estrada é grande (mais de 900 quilômetros de extensão), é preciso fazer um recorte e já ir com uma ideia clara de quais lugares você vai parar. É comum se perder no tempo, demorar mais em algumas paradas e acabar não conseguindo ver outras. Então é tipo de viagem em que planejar bem o roteiro é essencial.

Nada impede, lógico, que você saia dirigindo e fazendo paradas de acordo com as paisagens que você se encantar mais. O importante é botar o carro na estrada.

Mas sem planejamento, você pode deixar de fora uma ou outra atração que depois se arrependa de não ter conhecido. Confira a seguir as paradas imperdíveis desse roteiro.

Roteiro pela Highway 1 – Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis

Pacific Coast Highway – Dicas Importantes

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis
Replete de visuais cinematográficos, a Highway 1 é uma das estradas mais famosas do mundo
  • Antes de mais nada, fica uma dica importante. O caminho entre São Francisco e Los Angeles pode levar 6 horas no caminho mais rápido. Mas nem sempre ganhar tempo é a melhor solução.
  • As rotas traçadas pelo Waze ou GPS serão sempre esses caminhos mais rápidos (mas não necessariamente os mais turísticos). Verifique bem o trajeto e coloque pontos turísticos para que o aplicativo saiba exatamente qual o caminho que você prefere seguir.
  • Para fazer essa viagem de carro, é importante reservar no mínimo 2 ou 3 dias de sua viagem.
  • Nós escolhemos 3 cidades base, além de São Francisco e Los Angeles. Ficamos hospedados em Monterey, em San Simeon e em Santa Bárbara.
  • Ficar hospedado em Monterey sai mais barato do que ficar em Carmel-by-the-Sea, outra cidade famosa da região. Mas Carmel é mais charmosa.
  • Uma de nossas dúvidas (e de alguns de nossos leitores) sempre foi se esse roteiro seria possível sem carro. Obviamente, a viagem não tem a mesma graça, já que o maior ponto de interesse é justamente a estrada.
  • Ainda assim, escolher Monterey e fazer alguns tours em grupo pode te ajudar a ter uma ideia do que é a região.
  • Alguns trechos também podem ser percorridos de bicicleta, como a famosa 17-Mile Drive. No centro de Monterey é possível alugar uma bike.

Salve no Pinterest para consultar depois

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis

Aluguel do Carro

Alugar um carro é fundamental para aproveitar melhor esse roteiro.

Tem gente que aposta até no aluguel de um carro conversível, mas sinceramente nós achamos a região muito fria (embora ensolarada) e com muito vento. É uma ideia que pode funcionar bem para tirar uma foto, mas na prática não é muito confortável.

Pesquise valores no site da Rentcars, que compara diversas locadoras de carro e oferece atendimento em português.

Retiramos o carro alugado em São Francisco, no nosso último dia de viagem. Andar de carro e estacionar em São Francisco é meio complicado, então preferimos explorar a cidade através de seus famosos bondinhos e só retirar o carro no fim da estadia por lá.

Qual o Melhor Roteiro: De São Francisco para Los Angeles?

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis
Quem viaja de São Francisco para Los Angeles tem mais facilidade para estacionar e contemplar a paisagem

Antes de começar, uma dúvida que eu sempre tive foi qual sentido seguir: se percorrê-la de norte para o sul ou no sentido oposto.

E depois de termos percorrido a estrada duas vezes, continuamos na dúvida. A boa notícia, portanto, é que tanto faz o sentido, a viagem será incrível.

A vantagem que tivemos ao percorrê-la no sentido norte > sul (partindo de Monterey para Los Angeles) foi que o mar está do lado direito, sempre na mesma pista de onde estávamos dirigindo. Portanto fica muito mais fácil para estacionar o carro sempre que a gente via alguma paisagem interessante.

Nota: Um desmoronamento em maio de 2017 acabou fechando parte da Highway 1 durante meses. Felizmente, a pista foi reparada e reaberta em julho de 2018, 2 meses antes do previsto. “A Highway 1 está melhor do que nunca e a Costa Central da Califórnia está ansiosa para receber os visitantes”,  declarou a Presidente & CEO do Visit California, Caroline Beteta.

Quem vem no sentido oposto tem um pouco mais de dificuldade para estacionar o carro.

Por outro lado, a viagem de dentro do carro parece mais bonita para quem está vindo do sul para o norte. As paisagens, as praias e as pontes se abrem para o motorista, sem que ele sequer precise sair do carro (coisa que não acontece no sentido oposto).

Leia também:
O que fazer na Califórnia: Os 10 Melhores Pontos Turísticos

Highway 1: Paradas Imperdíveis

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis

Vamos falar aqui da estrada começando em Monterey e terminando em Santa Bárbara.

Visualizar mapa do roteiro

1 – Monterey

  • Começando pelo Aquário de Monterey (Monterey Bay Aquarium), essa é uma das atrações mais famosas.
  • O destaque fica para os gigantescos tanques, que fazem você se sentir imerso no fundo do mar. São mais de 35.000 tipos de animais e plantas, representando cerca de 550 espécies. Boa parte das espécies são originárias da própria Califórnia.
  • Sinceramente, acho o ingresso caro e não acho uma atração imperdível, mas como faz parte do City Pass de São Francisco, embarcamos nessa.
  • O California Academy of Sciences, em São Francisco, é mais interessante.  
  • Mas conhecer a cidade de Monterey vale super a pena. A Cannery Row é a principal rua, onde se concentram antigas fábricas de enlatados de peixe. Por lá se concentram lojas e restaurantes para provar a gastronomia típica da Califórnia.
  • Dê uma olhadinha no mar. É muito comum ver animais no mar da Califórnia, como leões marinhos e lontras, sem precisar entrar no Aquário.

2 – 17-Mile Drive

Pacific Coast Highway: Carmel, Monterey e 17-Mile Drive - Califórnia
O Cipreste Solitário é um dos pontos turísticos mais famosos da Califórnia
  • Bem no meio entre Monterey e Carmel, fica a cidade de Pacific Grove, e nela um roteiro de lugares lindos para conhecer de carro, a 17-Mile Drive.
  • Entrar na 17-Mile Drive é pago, custa US$ 10,00. Preço baratinho para entrar no mundo dos ricos.
  • Vale a pena? Super vale a pena, são paisagens diferentes, mas não espere, por exemplo, praias mais bonitas do que no Brasil. Mas mesmo assim são cenários de fato cinematográficos, como o famoso Cipreste Solitário.
  • Tanto que vários filmes tiveram cenas por lá, entre eles uma das cenas clássicas do filme de Alfred Hitchcock, “Um Corpo que Cai” (Vertigo, 1958).

3 – Carmel by the Sea

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis
A charmosa praia de Carmel-by-the-Sea, no litoral da Califórnia
  • Essa cidadezinha é uma das paradas imperdíveis, mais recomendável para o final de tarde, quando todo mundo se reune na praia para ver o pôr do sol.
  • A praia tem uma paisagem incrível, formada por árvores ciprestes e uma extensa duna. O lugar também é cenário de casas bilionárias, com vistas espetaculares.
  • A praia é muito procurada para quem possui cães, e muito comum encontrar os donos passeando com seus animais.
  • De lá, vale a pena emendar para um dos seus charmosos restaurantes, a maior parte deles localizada na Ocean Avenue.
  • Fica a dica: nessa avenida, o estacionamento na rua é pago, mas nas transversais é grátis pelo período de até 2 horas.

4 – Point Lobos State Reserve

  • Essa parada é interessante, porém não achamos tão interessante então você pode dispensar caso esteja com o tempo apertado.
  • O Point Lobos é um parque natural com natureza preservada e animais podem ser avistados, como focas, leões-marinhos e lontras.
  • Você paga US$ 10,00 para entrar de carro (a taxa vale para outros parques estaduais na Highway 1) ou ainda tem a opção de estacionar na estrada e ir a pé (nesse caso, não paga a entrada).
  • O parque é o habitat de diversos animais, principalmente pássaros e possui pelo menos um ponto bem bonito: a China Cove.

5 – Garrapata Beach

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis
Visual com belas praias selvagens no Garrapata State Park
  • Começa a estrada de fato, e você deve ficar de olho em todos os lugares no acostamento onde você puder estacionar.
  • É lógico, depois de uma ou duas paradas mais ou menos, você começa a selecionar melhor, já que seria necessário 5 dias para fazer todas as paradas com calma.
  • Uma das melhores paradas é a Garrapata Beach, linda. A praia faz parte do Garrapata State Park, sendo possível contemplá-la através de vários mirantes naturais. Os visuais são incríveis e dá vontade de contemplar o visual de diferentes pontos de vista.
  • Só prepare-se para o vento forte e frio: vá agasalhado.
  • Lembrando que as praias desse roteiro são somente para contemplação: o mar é muito gelado, mesmo no verão.

6 – Rocky Creek e Bixby Bridge

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis
Nossa foto na Bixby Bridge: estrada e mar no mesmo cenário
  • Essas pontes são duas paradas imperdíveis para ver essas construções icônicas da Highway.
  • A Bixby Bridge tem como destaque contemplar no mesmo cenário a ponte e o mar. Ela é conhecida como a Golden Gate do Big Sur.
  • A ponte foi concluída em 1932 e custou, na época, pouco mais de 200 mil dólares. Ela chega a 79 metros de altura e a construção da ponte encontrou várias dificuldades, por conta da altura do desfiladeiro.
  • Vale a pena tentar registrar seja debaixo da ponte ou também atravessando a estrada para o outro lado, de onde você avista a ponte com o mar de fundo.

7 – Hurricane Point

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis
No Hurricane Point é possível visualizar uma sequência impressionante de praias do Big Sur
  • Esse é um dos primeiros pontos de onde já se avista o Point Sur, uma montanha ligada ao continente por uma península.
  • Uma sequência de praias se avista desse mirante que é um dos mais belos visuais que vimos na Highway 1, mas fique de olho pois vem coisa boa pela frente.

8 – Little Sur River

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis
O visual do Little Sur River e suas cores impressionantes
  • Fique ligado ao cruzar o Little Sur River. Ele deságua na praia, formando um curso de água de cores absolutamente impressionantes em provavelmente o visual mais incrível que vimos durante a viagem.
  • Foi também um dos pontos em que o vento mais nos castigou.

9 – Point Sur Lighthouse

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis
Point Sur é a formação rochosa mais famosa do Big Sur
  • O Point Sur é uma das formações rochosas mais famosas do Big Sur. Uma península avança em direção ao mar e encontra uma montanha.
  • É lá que fica o Point Sur Lighthouse, um dos poucos faróis modernos abertos para o público (as visitas acontecem aos sábados, domingos e quarta-feiras).
  • O visual da estrada é bem legal, um dos preferidos e um símbolo da região do Big Sur.

10 – Pfeiffer Beach

  • O Pfeiffer Big Sur State Park estava fechado devido a incêndios na região e acabamos não incluindo essa região.
  • Mas é um dos pontos que certamente vale a pena, segundo o Ricardo Freire uma das mais belas praias da Califórnia.

Parada para Almoço

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis
Visual do restaurante Nephente, de frente para o mar
  • Dois restaurantes são super bem recomendados ali na região: o Post Ranch Inn e o Nepenthe.
  • Nós paramos para conhecer o Nepenthe e o visual do lugar é super bonito. Existe a opção de ficar sentado em bancos, de frente para o mar, ou no prédio principal projetado por um discípulo de Frank Lloyd Wright.
  • Entre os pratos, um dos destaques é o famoso Ambrosia Burger.
  • Somos meio doidos e não conseguimos parar para comer diante de tantas belezas para conhecer, e seguimos pela estrada para a próxima parada.

11 – Julia Pfeiffer Burns State Park

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis
A McWay Falls tem 21 metros de altura e deságua numa praia
  • Mais um parque estadual em chamas, o Julia Pffeiffer também estava fechado há vários dias, segundo as informações prestadas pelo guardas florestais de plantão no local.
  • Por sorte, existe um ponto da estrada de onde é possível ver a MacWay Falls, essa queda de 21 metros de altura que deságua na praia criando um dos visuais mais incríveis e cinematográficos de toda a viagem. Surreal.
  • Mas em minha viagem anterior pela região, eu consegui entrar e é possível fazer uma trilha por um caminho de madeira cravado nas rochas e que chega pertinho da queda. O acesso até a praia não é permitido.

12 – Big Creek Bridge

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis
Uma das paradas cinematográficas pela Highway 1, na Califórnia
  • E quando você pensa que acabou, tem muito mais pela frente. Logo depois da Big Creek Bridge, pare num mirante para contemplá-la do alto.
  • Ali perto uma praia e as cores do mar formam um cenário perfeito.

13 – Piedras Brancas Elephant Seal Rockery

  • A partir daqui, encerra-se a paisagem montanhosa e começam as praias e paisagens planas.
  • Nesse ponto, os elefantes marinhos ficam deitados na praia e atraem uma grande quantidade de turistas.
  • Outra parada que não fizemos pois estávamos atrasados (tínhamos agendado visita para o Hearst Castle), mas vimos de dentro do carro mesmo e a quantidade de animais era bem grande, todos deitados na areia.

14 – San Simeon e o Cinematográfico Hearst Castle

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis
O cinematográfico Hearst Castle é um dos pontos altos no roteiro pela Highway 1
  • San Simeon é bem pequena, mas tem uma praia e um pier bem bonitos.
  • A grande atração fica mesmo para o Hearst Castle, que convém reservar (da outra vez que fiz esse roteiro, não consegui visitá-lo achando que era só chegar na hora e conhecer).
  • Ele fica no alto de uma montanha, mas é preciso deixar o carro no estacionamento e subir com veículo do próprio local. O visual lá do alto é impressionante.
  • O castelo pertenceu ao magnata da mídia William Randolph Hearst, que colecionava objetos de arte do mundo todo. Então, além de toda a ostentação do lugar, também parece que você está num museu, com diversos objetos impressionantes.
  • Existem vários roteiros possíveis, nós fizemos o Grand Rooms, que visita o saguão principal, a sala de jantar, o salão de jogos e a sala de cinema, onde Hearst exibia filmes para seus convidados, entre eles Charles Chaplin, Clark Gable e Carole Lombard.
  • O único filme proibido de ser exibido por ali era Cidadão Kane. Esse clássico de Orson Welles foi totalmente inspirado na vida de Hearst (no filme ele se chama Charles Foster Kane), mas o filme não faz um retrato muito otimista do magnata.
  • Esse grande clássico do cinema foi exibido pela primeira vez no Hearst Castle em 2015. O ingresso custou US$ 1.000,00 por pessoa.
Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis
  • Outra atração imperdível do lugar é a cinematográfica piscina de Netuno. Infelizmente ela estava vazia durante nossa visita, por conta de uma reforma, mas também fiquei apaixonado pela piscina interna.
  • Uma curiosidade é que esse é o primeiro projeto de uma arquiteta mulher na Califórnia, Julia Morgan. O complexo projeto foi concluído em 1947, mas ainda hoje existem partes que não foram definitivamente finalizadas. Isso explicaria alguns detalhes assimétricos na construção do lugar.

15 – Cambria

Roteiro pela Highway 1 - Califórnia: Top 15 Paradas Imperdíveis
Pôr do sol na praia de Cambria
  • Essa pequena cidade, com uma rua principal fofa, tem uma orla bem sofisticada, com preços dos restaurantes girando em torno de $ 30,00 dólares, como no quase sempre lotado Sea Chest Oyster Bar.
  • Nós fizemos uma pequena caminhada pela Main Street e paramos no restaurante Linn’s onde a atração é comer uma torta de amora muito famosa.
  • O pôr do sol na praia também é um dos pontos altos do lugar.

De lá seguimos para nossa próxima base na Califórnia, a cidade de Santa Bárbara. Achamos lá tudo muito caro, mas a cidade tem sua fama e charme, então pode ser um interessante ponto de parada, pelo menos para uma noite antes de chegar em Los Angeles.

Antes disso, também vale uma parada San Luis Obispo. Por ali fica a Pismo Beach, uma das praias mais famosas desse roteiro. Confira algumas atrações nessa parte do roteiro. Acabamos não visitando os lugares desse trecho porque estávamos com o tempo corrido e preferimos seguir direto para Santa Bárbara.

Leia mais:
Road Trip Califórnia: Roteiro de San Francisco a Los Angeles

Leia mais:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.