O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem

Pinterest LinkedIn Tumblr +

Monte Verde, Minas Gerais. Localizado na Serra da Mantiqueira, bem na divisa com o Estado de São Paulo, o distrito é um charme só. É um dos destinos mais próximos de São Paulo para curtir uma viagem de fim de semana ou um feriado prolongado. Mas, o que fazer em Monte Verde, quais os principais passeios e pontos turísticos?

Monte Verde fica praticamente na mesma distância de Campos de Jordão, para quem viaja de São Paulo. São menos de 3 horas de viagem.

Esse distrito da cidade de Camanducaia, MG acaba conciliando o melhor de dois mundos.

Em Monte Verde, dá para curtir aquele friozinho da Serra da Mantiqueira, tão delicioso quanto na região de Gramado, na Serra Gaúcha. Ali pertinho estão outros destinos paulistas como Campos do Jordão,  Santo Antônio do Pinhal, São Francisco Xavier e São Bento do Sapucaí. E, ao mesmo tempo, como já se encontra no Estado de Minas Gerais, possui todos os encantos de um destino mineiro.

Confira a seguir o que fazer em Monte Verde, algumas dicas de como aproveitar melhor essa viagem perfeita para casais, famílias ou até mesmo amigos que querem curtir alguns dias de tranquilidade nas montanhas.

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem

Confira os principais passeios, restaurantes e pousadas desse charmoso destino na Serra da Mantiqueira

A história de Monte Verde, quem diria, está toda baseada na figura de um homem: Verner Grinberg.

Esse imigrante da Letônia veio para o Brasil em 1913 e foi morar na Colônia Varpa, próximo da cidade de Paraguaçu Paulista. Ao casar com Emília Leismeir, Verner levou a esposa para passar a lua de mel em Campos de Jordão.

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem - Passeios, Hotéis e Melhores Restaurantes

Os dois ficaram encantados com a região da Serra da Mantiqueira, mas como Campos de Jordão foi ficando cada vez mais movimentada, ele resolveu procurar outro destino de montanha para viver com a esposa. Comprou uma fazenda em Campos do Jaguari, veio com a família e depois trouxe os amigos, que juntos fizeram prosperar esse distrito de Camanducaia.

Depois de ser um dos responsáveis pelo que Monte Verde é hoje, Verner Grinberg resolveu rebatizar o distrito. De Campos do Jaguari, o novo nome se tornou Monte Verde, que é a tradução de seu próprio sobrenome em alemão (Grin = verde + berg = monte).

Quem nos conta essa história é Marcos, da empresa Nossa Viagem Turismo, que organiza tours em Monte Verde. Ele e a esposa são mais um casal inspirado pela região.

Hoje, os turistas paulistanos também migram para a Serra da Mantiqueira em busca do mesmo clima de romance que inspirou a lua de mel do casal fundador de Monte Verde.

Monte Verde é uma excelente opção, ainda mais tranquila do que a movimentada Campos do Jordão.

Antes de tudo, confira nosso vídeo de Monte Verde no YouTube.


Outras Dicas de Destinos Românticos

Confira também:
O que fazer em Campos do Jordão: Principais Pontos Turísticos


Como Chegar e Como Circular

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
Monte Verde tem um centrinho compacto, com construções de influência européia

Para quem viaja a partir de São Paulo, para chegar em Monte Verde vai levar menos de 3 horas de estrada.

Apesar de ficar em Minas Gerais, o destino está mais próximo da capital de São Paulo do que da capital mineira. Belo Horizonte está a mais de 6 horas de estrada.

A estrada é tranquila e toda asfaltada, mas circular em Monte Verde não é das tarefas mais fáceis. O distrito possui muitas ruas de terra, principalmente aquelas que levam para lugares fora do centro. Portanto, pesquise as vias de acesso para seu hotel e vá preparado para um pouco de aventura.

Monte Verde sem carro: como chegar de ônibus

  • Dá para chegar de ônibus, através da Viação Cambuí, que oferece várias saídas diárias para Camanducaia. É possível comprar a passagem online.
  • A viagem dura aproximadamente 2 horas e ao chegar em Camanducaia, é preciso pegar outro ônibus até Monte Verde.
  • Consulte nesse site os horários dos ônibus, embora seja importante ligar para confirmar, já que alterações podem ter ocorrido. Os horários são bem espaçados, somente 3 saídas por dia.
  • Para circular em Monte Verde, a dica para quem viaja sem carro é ficar hospedado perto da rua principal (a Avenida Monte Verde).
  • Para passeios, é possível contratar empresas locais, que fazem roteiros de jeep. Os táxis existem em pouca quantidade e ainda não há serviço de motorista por aplicativo.

Quando Ir: Melhor Época

Ao contrário de outros destinos brasileiros, a alta temporada de Monte Verde é justamente no inverno, e não no verão.

No Inverno

Em julho, acontece o Festival de Inverno de Monte Verde, com diversos espetáculos culturais de teatro, dança, música e circo. É também quando a maior parte dos turistas prefere viajar para curtir o frio da Serra da Mantiqueira.

Mas, é bom advertir: o frio pode ser rigoroso por lá. Os hotéis possuem aquecimento com calefação e lareira, e alguns restaurantes e bares com áreas externas possuem aparelhos para deixar os visitantes mais aquecidos. Mesmo assim, tem gente que estranha as temperaturas bem baixas.

Como em toda a região Sudeste, é no inverno que chove menos e o visitante tem mais chances de conferir um belo dia de sol. Para fazer as trilhas e circular pela cidade, a ausência de chuvas também ajuda bastante.

Além disso, não tem nada mais gostoso do que curtir o frio nas montanhas, comer um delicioso fondue ou dormir abraçado com o seu amor em uma das deliciosas pousadas e hotéis de Monte Verde.

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
O inverno é a estação mais concorrida, mas viajar na meia estação também pode ser interessante

No Verão

Como fica em uma região de serra, o verão também pode ser uma boa alternativa, já que dificilmente fará calor. Mas, o turista pode ter que encarar alguma chuva durante sua hospedagem (o que piora também as condições das ruas e estradinhas de terra de Monte Verde).

Para quem quer o melhor de dois mundos, pode optar pela meia estação. A partir do mês de abril até junho, as chuvas diminuem na Região Sudeste e as temperaturas ainda não estão tão rigorosas. Certamente, as noites frias ainda poderão render um belo jantar romântico ou um delicioso fondue.

A baixa estação também rende preços mais atraentes.

Confira também:
O que fazer em Socorro: 7 Motivos para Conhecer


Onde Ficar em Monte Verde: Dicas de Hotéis e Pousadas

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
A Pousada Spa Mirante da Colyna possui chalés com vista para a Serra da Mantiqueira

Escolher onde ficar em Monte Verde é uma das coisas mais importantes na sua viagem para lá.

Se a viagem for romântica, é lógico que o casal merece uma pousada bem charmosa, perfeita para uma viagem a dois.

Esquilo Hotel & Chalés

Em 2021, nós ficamos hospedados no Esquilo Hotel & Chalés, que fica a 900 metros do centro de Monte Verde. A localização é ótima, em caminho asfaltado e próximo a restaurantes e mercados.

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
O gramado do Esquilo Hotel, a 900 metros do centro de Monte Verde

Mas o que mais gostamos do hotel foram as áreas de lazer. O hotel possui uma ampla piscina coberta e aquecida (somente aos finais de semana e no inverno). Infelizmente o fato da piscina não ser aquecida nos dias de semana, prejudica a experiência de quem quer fugir dos dias mais movimentados.

Mesmo assim, é possível aproveitar a hidro-spa, que fica no mesmo ambiente e é uma opção que pode ser sempre aquecida, não importa o dia ou a época do ano.

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
O Esquilo Hotel conta com piscina coberta e hidro-spa aquecida

O gramado do Esquilo Hotel também é incrível, com um belo jardim com hortênsias e bancos para aproveitar a natureza. Os quartos e chalés estão distribuídos por uma ampla área verde.

Fique atento na hora de reservar, pois nem todas as suítes possuem calefação, embora possuam lareira.

O hotel ainda conta com salão de jogos adulto e infantil, academia, sauna e até cinema (com opção de assistir filmes da Netflix). Boas opções para os dias de chuva na serra. Mas se fizer sol, também vale curtir a quadra de tênis e a quadra poliesportiva.

Pousada Spa Mirante da Colyna

Entre as pousadas melhor avaliadas em sites como o TripAdvisor e o Booking.com, a Pousada Spa Mirante da Colyna é um dos destaques. Os hóspedes ficam em chalés independentes (alguns com garagem para estacionar no próprio chalé) e com todo o conforto e decoração acolhedora.

Todos os quartos possuem lareira, muito importante para aquecimento das acomodações, especialmente à noite, quando esfria bastante. A equipe do hotel é muito atenciosa e pode ajudar a acender a lareira caso você não tenha familiaridade. Mas, os chalés também dispõem de aquecimento.

O Wi-Fi é excelente e os quartos ainda possuem varanda com vista para a montanha, TV a cabo, telefone, cofre e outras comodidades. Tudo novo e muito charmoso.

Mas, caso você queira abusar do charme e conforto, escolha um dos Chalés Mirante, a melhor acomodação da Pousada Spa Mirante da Colyna. Os apartamentos foram projetados pelo arquiteto espanhol Quintino Almeida e por Leonardo Mesquita. A decoração ficou a cargo de Luis Cuadra e o luxo está em cada detalhe. A banheira dupla de hidromassagem possui vista para as montanhas da Serra da Mantiqueira e fica em frente a um deck panorâmico.

Com cerca de 65 m², o chalé possui lareira, saleta conjugada, sala de televisão (o apartamento possui 2 televisões LCD), mesa para refeições, duas pias e dois chuveiros e aquecimento de piso. O ambiente é todo integrado e proporciona uma hospedagem, no mínimo, cinematográfica.

Clique aqui para consultar valores e disponibilidade

Outras Hospedagens

  • Entre outras opções de pousadas interessantes em Monte Verde, a Pousada Ricanto Amore Mio possui instalações próximas do aeroporto e com acomodações em estilo alpino.
  • A Pousada Carícia do Vento está localizada a 600 metros do centro e próximo ao Portal de Monte Verde.
  • Finalmente, vale também pesquisar a Pousada Águia Dourada, considerada como uma das melhores opções de custo benefício de Monte Verde.
  • O Hotel Kuriuwa fica um pouco mais distante, mas está entre os mais luxuosos de Monte Verde. Ele fica próximo das trilhas até o Mirante da Pedra Redonda e do Chapéu do Bispo. Como fica mais afastado, o hotel possui restaurante para os hóspedes.
  • Para quem busca uma localização central, a melhor opção de luxo na região é o Roots Spa Resort. O hotel possui instalações impressionantes e fica a apenas alguns metros da Avenida Monte Verde.

Clique aqui para consultar preços e disponibilidade de outros hotéis e pousadas em Monte Verde

Uma boa dica também pode ser procurar um apartamento para alugar no Airbnb. Você pode reservar um quarto em uma casa de um morador local ou até mesmo um apartamento ou casa inteira para você.


O que fazer em Monte Verde

1 – Avenida Monte Verde

A principal atração do distrito é circular pela sua rua principal, a Avenida Monte Verde. A via concentra todos os restaurantes, lojas e serviços de Monte Verde.

Todo decorado com flores e com casas em estilo europeu, o centro faz referência a alguns países como Suíça (Monte Verde é conhecida como “Suíça Brasileira”), Alemanha e Itália. Tudo muito elegante.

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
Galeria Suíça, uma das mais charmosas da Avenida Monte Verde

Fique de olho por exemplo nas galerias como a Vila Europa, a Galeria das Flores, a Galeria Suíça, o Shopping Center Celeiro (tem um cantinho lá para ver esquilos) e a Vila Germânica.

Dentro de cada uma delas existe muitos lugares para explorar: além de lojas de roupas e de souvenirs, as galerias têm cachaçarias, cervejarias e chocolaterias.

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
Shopping Center Celeiro, o mais disputado para fotos

2 – Passeio de Jeep e Outras Opções

Como boa parte das ruas de Monte Verde é de terra, em particular as que levam até as trilhas altas, uma boa opção para desestressar é contratar um passeio de jeep.

Na Avenida Monte Verde, é muito comum encontrar várias agências oferecendo o passeio. Nós recomendamos a Nossa Viagem Turismo, do casal Camylla Pontelo e Marcos Alain. Eles oferecem diferentes opções de tours. Nós fizemos um mix de vários passeios e adoramos.

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
Os passeios de jeep são uma ótima forma de conhecer lugares
onde as estradas de asfalto não chegaram

O Tour de Bike é uma opção perfeita de contato com a natureza. O tour termina com um delicioso piquenique na vila da Cia Melhoramentos. O lugar é de uma tranquilidade inspiradora.

Para quem não quer fazer muito esforço, dá para fazer apenas o Picnic na Montanha.

Para quem quer um passeio ainda mais original, o Tour Noturno é uma ótima pedida. Já imaginou fazer a trilha de noite até a Pedra Redonda, e ainda tirar lindas fotos lá do alto?

Insta Tour: Passeio e Ensaio Fotográfico

O Insta Tour Fotográfico também é uma excelente opção.

O passeio inclui alguns pontos turísticos essenciais de Monte Verde, acompanhados de um fotógrafo da Nossa Viagem Turismo, que também faz fotos e vídeos incríveis com um Iphone 12 e uma boa dose de criativdade.

As fotos e vídeos são entregues gratuitamente no final do dia, via AirDrop ou após 2 dias caso você queira as fotos editadas.

Ou seja, você paga um passeio, ganha um guia e um fotógrafo de brinde.

O Insta Tour faz as seguintes paradas:

  • Trilha da Pedra Redonda
  • Paulo das Trutas: visita a um criatório de trutas e alambique
  • Loja de Chocolates
  • Aeroporto de Monte Verde: considerado o mais alto do Brasil.

É na parada do aeroporto que rola a tradicional foto no alto do jeep da Nossa Viagem Turismo.

Consulte os preços de cada passeio no site da Nossa Viagem Turismo.


3 – Trilhas em Monte Verde: Parque Verner Grinberg

Para os trilheiros, a recomendação é visitar a APA Fernão Dias – Área de Proteção Ambiental. 

O ponto de partida é a Caixa d’Água, ao final da Avenida das Montanhas.

Em virtude da pandemia, algumas trilhas estão fechadas. A única trilha aberta é a Trilha da Pedra Redonda, que só pode ser feita acompanhada de um guia ou mediante agendamento prévio.

Agendamento da Trilha

Por conta própria, o limite é de apenas 2 pessoas por grupo e mediante agendamento prévio. Também é necessário o pagamento de uma taxa de R$ 30,00.

Os horários e quantidade de vagas são bem restritos. Atualmente a trilha tem somente os seguintes horários:

  • Subida 07:00, saída as 09:00
  • Subida 10:30, saída as 12:15
  • Subida 12:30, saída as 14:30
  • Subida 14:45, saída as 17:00

Se você fechar a trilha com uma agência ou guia, eles fazem todo o procedimento para você.

Pedra Redonda

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
Mirante localizado no acesso para a Pedra Redonda, em Monte Verde
  • Uma das mais famosas de Monte Verde, porque é uma das mais fáceis, oferece belos mirantes e o cume é plano.
  • Altitude: 1990 metros
  • Distância: 1,8 km ida e volta (1h30)
  • Nível de Dificuldade: Moderada (tem um trecho íngreme no final)

Nós achamos a subida um pouco cansativa, envolvendo trechos de trilha e subida em escadarias.

Mas não é uma trilha difícil, e pode ser percorrida em cerca de 30 minutos.

O visual da Pedra Redonda é incrível e você consegue alcançar a divisa dos Estados de Minas Gerais e São Paulo.

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
No alto da Pedra Redonda, com visual para montanhas de São Paulo e Minas Gerais

De um lado, você avista a Serra da Mantiqueira e o centrinho de Monte Verde. De outro lado, você avista o Vale do Paraíba e a cidade de São José dos Campos.

As trilhas a seguir estão fechadas em função da pandemia.

Pedra Partida

  • A Pedra Partida tem uma vista de 360 graus, de onde é possível ver até a Pedra do Baú, já no Estado de São Paulo.
  • Altitude: 2046 metros
  • Distância: 1,6 km ida e volta (3 horas)
  • Nível de Dificuldade: Intermediário

Chapéu do Bispo

  • É a trilha mais fácil e curta de Monte Verde, com um trecho íngreme no início mas que fica fácil depois
  • Altitude: 2030 metros
  • Distância: 1,3 km ida e volta (1h30)
  • Nível de Dificuldade: Fácil

Trilha do Platô

  • Esse mirante é uma continuação do Chapéu do Bispo.
  • Altitude: 1900 metros
  • Distância: 2 horas (ida e volta)
  • Nível de Dificuldade: Fácil

Pico do Selado

  • Pico mais alto do sul de Minas Gerais. A caminhada é longa e puxada, e fica na sequência da Trilha do Platô. Mais do que as outras, é importante ir com guia, pois há risco de se perder.
  • Altitude: 2082 metros
  • Distância: 5 horas ida e volta
  • Nível de Dificuldade: Difícil

Confira também:
O que fazer em Campos do Jordão: Principais Pontos Turísticos


4 – Mirante do Aeroporto

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
Os grafites do Aeroporto são um dos novos pontos turísticos de Monte Verde. Foto: Nossa Viagem Turismo

Uma das formas de ver todos os picos de Monte Verde é através do mirante do aeroporto local. O aeroporto fica a 1600 metros de altitude e é considerado o mais alto do Brasil.

Do Mirante do Aeroporto é possível avistar toda a vila, além das Pedras Partida, Redonda, Chapéu do Bispo e Pico do Selado.

O aeroporto é bem modesto e utilizado somente para voos particulares e aeronaves de pequeno porte, mas o que importa mesmo é a vista que se tem dele.

Algumas araucárias (árvores comuns na região) compõem o cenário perfeito para fotos.

Vale também registrar uma foto nos grafites que se encontram no local. Um destaque é a pintura com asas de anjo, em que os visitantes podem se posicionar e conseguir uma bela foto.


5 – UTV Monte Verde

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
Muita emoção no passeio de UTV em Monte Verde

Nós ficamos surpreendidos com o passeio de UTV que fizemos, também com o pessoal da Nossa Viagem Turismo.

Nós achamos bem mais emocionante que os passeios de quadriciclo que já fizemos. Marcos é quem nos orientou durante o passeio.

Antes de começarmos, ele passa todos os procedimentos de segurança, como nunca colocar os braços para fora do veículo e evitar manobras como o cavalo de pau.

O que mais gostamos é o que percurso acontece em alguns trechos de mata fechada, o que aumenta ainda mais a adrenalina do roteiro.

Vale super a pena conferir. Nós adoramos.


6 – Tirolesa e Atividades de Aventura

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
A Mega Tirolesa da Fazenda Radical chega a uma altura de 70 metros

Mas, para quem pensa que Monte Verde é só para ficar namorando na lareira ou para comer um fondue, a grata surpresa fica por conta das diversas atividades radicais encontradas no destino.

Um dos lugares para fazer várias dessas atividades é o Circuito de Aventura Fazenda Radical. O circuito oferece atividades desde o passeio de quadriciclo, escalada, arvorismo, arco e flecha, slackline e até uma tirolesa infantil, de 80 metros de extensão e a 10 metros de altura.

A Mega Tirolesa é a grande atração do lugar e a maior tirolesa de Monte Verde. Na verdade, são duas tirolesas, na ida são 450 metros e na volta mais 475 metros somando 925 metros. Tudo isso atingindo mais de 70 metros de altura.

O sistema dessa tirolesa é com dois cabos aéreos. A gente nota que a segurança é uma das principais preocupações da Fazenda Radical, que segue os critérios da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Para participar, o peso mínimo é de 40 kg e os usuários devem usar roupas leves e tênis (não é permitido fazer de chinelo ou tamanco). Não é permitido descer segurando celulares ou máquinas fotográficas como a GoPro, já que a descida é sobre uma floresta de mata fechada. Particularmente, nós já tivemos um problema de um cabo extensor de GoPro que quebrou durante uma descida, então também não recomendamos. Mas, é permitido fixar a GoPro através de acessórios.

Preços (ref. maio/2021)

  • Mega Tirolesa: R$ 80,00 ida e volta
  • Quadriciclo (13 km acompanhado de um guia): R$ 120,00
  • Arvorismo: R$ 55,00
  • Parede de Escalada: R$ 30,00
  • Arco e Flecha: R$ 30,00.

É possível também combinar passeios e obter descontos. Consulte os valores no site da Fazenda Radical.


7 – Escola de Falcoaria

A Falcoria é uma arte milenar e uma linda interação entre o homem e a natureza. Mas, confesso que de início, fiquei desconfiado. Não fui um dos primeiros a me animar em ter um gavião tão pertinho de mim. Mas, se você também tem alguma ressalva, coloque todas elas de lado e aproveite.

Após acompanhar as instruções e informações do biólogo Riuvânio Rodrigues, aos poucos fui criando coragem. Depois do primeiro voo do gavião, é impossível não querer participar.

Só assistir já é uma experiência e tanto, mas vestir a luva e sentir o voo preciso do gavião até pousar em seus braços é uma dessas experiências que a gente simplesmente não esquece. A falcoaria é reconhecida pela UNESCO como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
Interação com um gavião é uma experiência única

Para quem não se animar com os gaviões, a interação com as corujas também é possível.

Depois da série Harry Potter, a interação com esses animais ficou ainda mais popular, mas é importante saber que na Escola de Falcoaria elas são cuidadas com respeito e nas melhores condições. As aves não podem ser tocadas nem acariciadas.

Para realizar o passeio orientado de 1 hora, que acontece no Circuito de Aventura Fazenda Radical, é preciso agendar previamente por e-mail ou whatsapp.

O custo para a interação é de R$ 90,00 por pessoa. Para quem estiver somente acompanhando e não desejar interagir, é preciso pagar R$ 30,00.

A atividade pode ser realizada por qualquer pessoa sem experiência e a idade mínima aconselhada é de 7 anos.

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
A simpática coruja é outra das atrações da Escola de Falcoaria

8 – Cervejas, Cachaças e Licores

Outro dos programas bem legais em Monte Verde é degustar cervejas e cachaças artesanais.

A Arsenal da Cerveja, na Galeria Suíça, é um desses lugares onde o arsenal é mesmo o forte do lugar. São mais de 200 rótulos, entre cervejas nacionais e importadas.

A equipe recebe treinamento e entende muito de cervejas. Vale super a pena conversar com eles sobre a história e as características de cada bebida da casa.

Conheça também a Confraria Paulistana, que fica bem em frente é um ótimo lugar para tomar cerveja e comer petiscos.

A Cachaçaria das Gerais fica no Shopping Center Celeiro e oferece degustação e venda de sabores inusitados de cachaças e licores.

Uma das bebidas mais vendidas da casa é a Cachaça de Banana, mas há também as Cachaças de melão, maracujá, gengibre e até de milho (uma das que fizeram mais sucesso no nosso grupo). Vale até Cachaça de Danoninho.  E, a Cachaça de Quentão é perfeita para os dias mais frios.

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
A Cachaçaria das Gerais possui sabores inusitados e muito saborosos

9 – Ice Bar Monte Verde

São apenas 5 bares de gelo no Brasil, e o Ice Bar de Monte Verde é um deles.

A proposta é entrar num ambiente com vários objetos de gelo, desde esculturas de personagens famosos, como a Elsa e o Olaf do filme “Frozen”, até os próprios copos onde você pode beber drinks para tentar esquentar um pouco.

É que o ambiente do Ice Bar tem temperatura que varia entre -10°C e -20°C. É gelado mesmo, então na entrada casacos e luvas são fornecidos gratuitamente.

O ambiente é pequeno e um pouco escuro, o que dificulta um pouco as fotos. No local, existe um fotógrafo que oferece serviços. Mas se você usar o flash, vai conseguir alguns registros legais do lugar. Mas diminua as expectativas, o lugar é bem pequeno e vale mais pela curiosidade.

A entrada custa R$ 60,00 (ref. maio/2021) ou há também o valor de R$ 70,00 que dá direito a um drink no local.


10 – Dicas de restaurantes: entre a comida mineira e o fondue

Todos os restaurantes ficam na Avenida Monte Verde ou em suas transversais, em excelente localização.

Comida italiana

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
O colorido ambiente do restaurante Villa Donna Bistrô

Para quem procura comida italiana e bastante artesanal, vale apostar no Villa Donna Bistrô. A proposta são pratos artesanais, preparados na hora do pedido, com opções como massas e risotos.

O restaurante não abre em todos os dias ou horários, então é importante consultar o calendário no site.

Como a proposta do restaurante é o preparo artesanal, prepare-se para um tempo de espera um pouco maior do que o normal. O sabor e o carinho no preparo dos pratos irá compensar a espera.

Nós adoramos o ambiente, os pratos e o atendimento primoroso de toda a equipe do Villa Donna Bistrô. Para nós foi a melhor experiência gastronômica em Monte Verde.

Procure chegar cedo, já que o lugar é pequeno e nos finais de semana costuma lotar. O restaurante está no topo da lista entre os melhores avaliados do TripAdvisor.

Comida mineira

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
O Villa Amarela é uma das melhores opções para comida mineira, em Monte Verde

Ir até Minas Gerais e não provar as delícias da comida mineira, é praticamente uma heresia. Portanto, uma das principais opções de restaurantes em Monte Verde (e também um dos melhores avaliados no TripAdvisor) é o Villa Amarela.

O restaurante funciona desde 2010 e oferece diversas opções gastronômicas. Nós apostamos na comida mineira e não nos arrependemos. O Leitão a Pururuca (R$ 95,90 para 2 pessoas) estava simplesmente sensacional.

O Filet a Parmegiana (R$ 104,90 para 2 pessoas) possui uma deliciosa cobertura de queijo gratinado. Para quem não come carne, uma boa aposta é a Truta com Siri Gratinada (R$ 59,90 individual). Mas, fique ligado para as promoções, oferecidas logo na entrada da casa.

Trutas

Paulo das Trutas, da criação ao prato

Durante o Insta Tour fotográfico, nós visitamos o trutário do Paulo das Trutas. No lugar, pudemos conhecer os diversos estágios da criação de trutas (elas são separadas em tanques de acordo com o estágio de crescimento) e também provar os deliciosos patês de trutas.

Mas a experiência só é completa mesmo provando as trutas diretamente no prato.

O Paulo das Trutas tem dois endereços na cidade, um deles fica próximo no Bradesco, no centro de Monte Verde.

Não deixe de provar a Truta no Papelote (R$ 66,00), recheada com cebola, pimentão, azeitonas, amêndoas e champignons.

Comida, automóveis e música ao vivo

O Garagem Vemaguet possui decoração temática de automobilismo e música ao vivo (rock). A comida é bem variada e vai desde o Fondue de Carne, Queijo ou Chocolate (R$ 89,90 para 2 pessoas) até a Truta Gratinada à Moda do Chefe (R$ 79,90 para 2 pessoas).

O único senão da casa é que a área externa fica muito gelada no frio e eles possuem apenas um aquecedor externo. Para aumentar o conforto dos clientes, o restaurante teve o cuidado de disponibilizar cobertores, mas melhor optar pela área interna, que é bem ampla.

Rodízio de Fondue

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem
O Mont Vert A Casa do Fondue está sempre lotado, mesmo nos dias de semana

O programa imperdível em Monte Verde é mesmo saborear um rodízio de fondue. Tanto que a cidade oferece inúmeras opções. Mas, recomendamos ir na melhor casa da região, o Mont Vert A Casa do Fondue.

A Mont Vert Casa do Fondue funciona desde 1997 e já é um dos ambientes mais tradicionais para esse tipo de refeição. A partir das 17h, a casa funciona apenas para fondue e, mesmo em dias de semana, fica lotada.

O ambiente é todo fechado (ideal para os dias mais frios) e muito elegante, com luz baixa e ambiente acolhedor. Para aumentar ainda o clima romântico, a casa também conta com música ao vivo de extremo bom gosto.

Um dos carros chefe é o Fondue Mix na Pedra, uma exclusividade do Mont Vert. As carnes (bombom de alcatra, filé de frango, lombo suíno, filé de truta) são servidas cruas e cada um pode grelhar em uma pedra pré aquecida, de acordo com o próprio gosto.

O Rodízio de Fondue com as carnes custa R$ 109,90 por pessoa e inclui fondues salgados e doces (provamos o fondue de chocolate).

Prepare-se. Vai ser difícil você ir embora de Monte Verde sem uns quilos a mais na balança. Lembranças de uma viagem super especial.

Em nossa última visita, em 2021, nós achamos que os acompanhamentos do Fondue deixaram um pouco a desejar. Vale procurar conhecer também as outras opções em Monte Verde, com preços mais competitivos.

É bom tomar cuidado para não se apaixonar pela região e seguir os passos do senhor Verner Grinberg e sua esposa, e acabar comprando uma propriedade por lá.

O que fazer em Monte Verde MG: Dicas e Roteiro de Viagem - Passeios, Hotéis e Melhores Restaurantes

Confira também:
10 Dicas de Viagem de Feriados e Fim de Semana

Vale conhecer:
O que fazer em Santo Antônio do Pinhal / SP – Serra da Mantiqueira

Nota:

Em 2018, o Viagens Cine foi convidado para visitar Monte Verde em uma press trip organizada pela Cia Melhoramentos em parceria com a Comissão de Eventos de Monte Verde e a A4&Holofote Comunicação. A hospedagem, refeições, passeios e demais serviços em Monte Verde foram uma cortesia.

Em 2021, o Viagens Cine visitou Monte Verde e contou com o apoio de nosso amigo Tiago Mentor e também com a parceria do Esquilo Hotel, da Nossa Viagem Turismo, do Ice Bar Monte Verde e do Restaurante Villa Donna Bistrô.

Artigo originalmente escrito em junho de 2018 e atualizado em maio de 2021.

Fontes / Leia mais:

Mapa Turístico de Monte Verde. Fonte: AHPMV
Mapa Turístico de Monte Verde. Fonte: AHPMV – MonteVerde.org.br
Essa página contém links para sites afiliados ao Viagens Cine. Não nos responsabilizamos por empresas, hotéis ou anúncios exibidos nesse site.
Compartilhe.

Sobre o autor

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

96 Comentários

  1. José Roberto Garcia de

    Ótimo blog. Excelente matéria! Parabéns! Conheço Monte Verde, já fui lá várias vezes, realmente é um lugar muito bom para curtir a dois. Um lugar muito romântico.

  2. Bom dia Fábio!

    Essa é a primeira vez que interajo com você(s). Sou um grande admirador de vosso trabalho, a última vez que usufruir (site e YouTube) foi sobre Maceió e região. No próximo dia 25.06.21 vou comemorar meu aniversário junto com minha esposa em Monte Verde, e é lógico, que vou levar essas dicas comigo.

    Quanto a contratar um ou uma revisora de português, sugiro uma excelente profissional chamada de Fabiana Zacarias @binhazac (muito discreta e extremamente competente). caso não consiga falar com ela me disponho e fazer a “ponte”.

    Um efusivo abraço.

Deixei uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.