O que fazer em São Francisco Xavier – Pousada A Rosa e o Rei

3

Você já ouviu falar de São Francisco Xavier, na Serra da Mantiqueira? A gente ainda não conhecia, mas voltamos de lá encantados com nossa hospedagem na Pousada A Rosa e o Rei e com o clima do lugar.

A seguir vamos compartilhar algumas dicas do que fazer em São Francisco Xavier. 

Esse distrito de São José dos Campos fica a 150 km de distância de São Paulo, percorridos em cerca de 3h de carro. No caminho, passamos pela cidade de Monteiro Lobato. 

Mas também é possível ir a partir de Campos do Jordão (85 km em 2h de viagem) ou Monte Verde (50 km em 1h30 de viagem). 

Bora entrar no clima de natureza e relaxamento desse lugar incrível a poucos quilômetros de São Paulo. Uma viagem perfeita para curtir um final de semana perto de SP ou mesmo alguns dias durante a semana para desligar da rotina dos centros urbanos.

O que fazer em São Francisco Xavier – Pousada A Rosa e O Rei

Conheça esse destino da Serra da Mantiqueira, a 150 km de distância de São Paulo

Pousada com visual cinematográfico para a Serra da Mantiqueira, em São Francisco Xavier

O título desse artigo acaba sendo um pouco contraditório. A nossa proposta aqui é justamente não fazer nada em São Francisco Xavier. 

Esse lugar está inserido na Serra da Mantiqueira, mas não faz parte da APA da Serra da Mantiqueira – Área de Proteção Ambiental da Serra da Mantiqueira. Ele faz parte da área da APA Bacia do Rio Paraíba do Sul – Área de Proteção Ambiental Mananciais da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul. 

Estamos na região contemplada pelas paisagens da Serra da Mantiqueira, que se estende por três Estados brasileiros (São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro). 

Como vários outros destinos da Serra, quem viaja procura um lugar sossegado e romântico, para curtir a natureza. São Francisco Xavier é o destino perfeito para isso. 

Salve no Pinterest para consultar depois

O que fazer em São Francisco Xavier e a Pousada A Rosa e o Rei

Onde Ficar em São Francisco Xavier

O distrito oferece diversas opções de hospedagem. Algumas ficam localizadas ali no centrinho mesmo, ideal para quem prefere ficar num lugar com maior infraestrutura de serviços. 

Mas nossa dica é se isolar mesmo e procurar uma hospedagem com maior contato com a natureza. 

Nós escolhemos um lugar onde a gente pudesse chegar, largar o carro e esquecer dele. A partir dali, só relaxar mesmo e poder curtir alguns dias de total tranquilidade e contato com a natureza. 

Pousada A Rosa e o Rei

O que fazer em São Francisco Xavier: Pousada A Rosa e O Rei
A Pousada A Rosa e o Rei, em São Francisco Xavier

Para chegar na pousada, após chegarmos no centro de São Francisco Xavier, ainda seguimos mais cerca de 30 minutos por uma estrada de terra. 

A estrada de terra / cascalho está em boas condições, embora seja cheia de curvas e em alguns momentos mais estreita. Mas seguimos numa boa. O pessoal da pousada já tinha nos orientado para seguir as placas de indicação e não confiar muito em trajetos de aplicativos GPS. 

Ao chegar, a pousada tem estacionamento e deixamos o carro lá, para só pegar na hora de ir embora. 

Os funcionários são muito gentis, desde o rapaz que nos recebeu e nos ajudou com as malas, passando pela equipe da recepção e terminando no excelente atendimento do restaurante. 

Uma informação legal é que a pousada é gay friendly e pertence a um casal de mulheres.  A hospedagem já recebeu pessoas famosas do segmento LGBT, como o ator Thammy Miranda e o youtuber Pedro HMC (do canal Põe na Roda), com suas respectivas famílias. 

Estrutura da Pousada: Espaço da Mata e Espaço Horizonte

O que fazer em São Francisco Xavier e a Pousada A Rosa e o Rei
Caminhos de acesso para os chalés do Espaço da Mata, na Pousada A Rosa e o Rei

Toda a pousada está distribuída em alguns espaços, em diferentes níveis. 

Como você deve imaginar, além da mata que cerca a pousada, o espaço também possui um paisagismo incrível. Então conforme circulamos pela imensa área da pousada, vamos nos deliciando com as plantas e flores no caminho. 

Na parte baixa, ficam os chalés do Espaço da Mata e as trilhas para as cachoeiras. 

Diferentes espaços da Pousada A Rosa e o Rei

Na parte intermediária, está a recepção e o restaurante. Há também um delicioso espaço para uma fogueira e um pequeno lago com carpas. 

E finalmente, na parte mais alta da pousada, estão os quartos do Espaço Horizonte, a piscina e o spa. 

Por conta dos seus diferentes desníveis (em alguns casos as subidas são bem íngremes), a pousada não é indicada para pessoas com mobilidade reduzida. 

A pousada também não recebe crianças. 

Comodidades dos Quartos e do Chalé

O que fazer em São Francisco Xavier e a Pousada A Rosa e o Rei
Quarto no Espaço da Mata, em São Francisco Xavier

Os quartos do Espaço da Mata possuem uma área de 25 m².

  • As suítes são equipadas com TV (Sky), DVD player, ar condicionado, aquecimento e frigobar. 
  • A cama é ampla e extremamente confortável, com várias opções de travesseiros e edredom.
  • Há também roupões e pantufas disponíveis, para a gente se sentir ainda mais aconchegado. 
  • O banheiro contém secador e o chuveiro é excelente, com bastante água (embora demore um pouquinho para esquentar). 
  • O kit de amenities é da L’Occitane. 
  • O piso é de madeira, o que aumenta a sensação de conforto dos chalés, especialmente nos dias mais frios. 
  • Todos os quartos contam com deck privativo e ofurô externo. 

Um curiosidade é que a água das torneiras é potável, já que é originária de nascentes da região.

Os quartos do Espaço Horizonte são ainda maiores, com área de 35 m², com as mesmas comodidades. 

  • A diferença para os quartos do Espaço da Mata, é que eles ficam numa parte mais alta da pousada.
  • Todas as suítes possuem banheira de hidromassagem ao invés do ofurô.
  • Os quartos ainda contam com vista para as montanhas. 

Ainda há uma terceira opção, mais privativa. 

Nós ficamos no Chalé número 16, no Espaço da Mata, que é a acomodação mais cara da pousada. Um dos diferenciais é que a estrutura é toda de madeira, inclusive paredes e teto, o que aumenta ainda mais a sensação de conforto e o clima romântico. 

O ofurô desse chalé é interno, mas com um vidro que garante uma vista incrível para a mata. Como o chalé fica numa área sem nenhuma circulação de outros hóspedes, ele é super privativo, então pudemos ficar bastante à vontade no ofurô, com vista para a natureza. 

O chalé ainda com duas varandas, em uma delas há espaço para colocar uma rede (fornecida pela pousada).

O que fazer em São Francisco Xavier e a Pousada A Rosa e o Rei
Ofurô com vista externa do Chalé no Espaço da Mata

Uma das coisas que adoramos é que mesmo com todo esses vidros e contato com a área externa, os quartos possuem cortinas black-out, então o sono está garantido até a hora que você quiser, sem raios de sol indesejados.   

Se você ficar na dúvida na hora de escolher, considere os seguintes prós e contras:

  • O chalé é mais charmoso e aconchegante, por conta da estrutura de madeira.  
  • Os quartos do Espaço da Mata e o Chalé ficam mais próximos das cachoeiras. 
  • Por outro lado, ficam numa área mais baixa da pousada. Para chegar no restaurante e na piscina, é preciso encarar uma subidinha. 
  • Os quartos do espaço horizonte ficam no mesmo nível da piscina, na parte mais alta da pousada. 
  • Possuem vista para as montanhas, ao contrário dos quartos do espaço da mata, que possuem vista somente para a vegetação. 
  • Como ficam numa área com acomodações contíguas, garantem menos privacidade que os chalés. 

Clique aqui para consultar preços e disponibilidade

O que fazer em São Francisco Xavier e a Pousada A Rosa e o Rei

Medidas de Prevenção contra a Coronavírus

A pousada está seguindo várias medidas de prevenção contra o COVID-19. E eles são bem cautelosos e rigorosos em relação a isso. 

Aliás, uma lição que aprendemos durante essa pandemia é dar preferência para hospedagens menores, com recebem poucos hóspedes. Quanto maior a quantidade de quartos e hóspedes, mais difícil fica para os funcionários garantirem que todos os hóspedes estão seguindo os protocolos sanitários. 

Além de todos os procedimentos básicos, como uso de máscara obrigatório e álcool gel por toda parte, um dos diferenciais foi que os funcionários não entram nos quartos durante a hospedagem. 

Se por um lado isso é ruim pois não há arrumação do quarto, por outro lado isso garante toda a proteção do distanciamento social, tanto para os hóspedes como para os funcionários. 

As toalhas sujas são colocadas em sacos de plásticos e deixadas na área externa dos quartos. Um kit novo e limpo será colocado no lugar. 

Como ficamos apenas duas noites, eles já deixaram dois pares de toalhas, então nem precisamos pedir um kit novo. 

A sala de jogos, as salas de práticas, a sauna e os banheiros de uso comum estavam fechados. 

Nós visitamos a pousada durante a semana, então só havia mais dois casais na pousada. Então se puder, prefira viajar em períodos de menor movimento, assim você terá ainda mais facilidade de manter o distanciamento social. 

Sinal de Telefone e Wi-Fi

O acesso ao wi-fi e sinal de celular é um dos problemas (ou solução). O sinal do celular não pega bem (dizem que em alguns pontos o sinal da Vivo pode funcionar). 

A internet é via rádio, e funciona bem para usar o Whatsapp e arquivos menores, mas para carregar vídeos ou arquivos mais pesados, melhor esquecer. 

Então bora desligar realmente do mundo externo e curtir a proposta do lugar. 

A gente que costuma postar tudo durante as viagens, mas por lá desligamos mesmo e deixamos para postar os stories quando voltamos para São Paulo. 

Como o Whatsapp funciona bem, é por ele que podemos nos comunicar com a recepção, para qualquer demanda de serviços. 

Spa, Lazer e Terapias

O que fazer em São Francisco Xavier e a Pousada A Rosa e o Rei
Espaço da jacuzzi localizada no spa, com vista para a Serra da Mantiqueira

Uma das propostas da pousada é realmente uma experiência modificadora. Infelizmente, por conta da pandemia, algumas áreas da pousada estavam fechadas. 

Era o caso, por exemplo, das Cabanas de Silêncio, onde normalmente os hóspedes podem fazer tratamentos de massagem e outros tratamentos terapêuticos, como ioga e meditação.

Todos os chalés também possuem banheiras de hidromassagem ou ofurôs privativos, onde dá para relaxar ainda mais.

No nosso chalé, por exemplo, o ofurô tinha uma vista incrível para a mata, então além de relaxar nas águas mornas, a gente ficava contemplando a natureza. 

Piscina e Spa

Vista panorâmica da piscina e do spa, localizados na parte mais alta da pousada

A piscina, como já falamos, fica na área mais alta da pousada. O visual é de tirar o fôlego. 

O lugar conta com algumas espreguiçadeiras. 

Um dos probleminhas que achamos é que a piscina não é aquecida, então mesmo nos dias mais quentes, é difícil se acostumar com a temperatura da água, bem gelada. 

O que fazer em São Francisco Xavier e a Pousada A Rosa e o Rei
Curtindo o romance na Pousada A Rosa e o Rei

Felizmente, a pousada conta com uma área coberta e climatizada, com uma jacuzzi, também com vista para as montanhas (interditada durante a pandemia).

O espaço também possui espreguiçadeiras e serviço de bar, que na nossa estadia funcionou das 12h às 17h. 

Gastronomia

O que fazer em São Francisco Xavier e a Pousada A Rosa e o Rei
Café da manhã servido à la carte em São Francisco Xavier

Atualmente a pousada trabalha com regime de pensão completa, já incluído na diária. 

Antigamente os pratos eram cobrados à parte, mas como a maioria dos hóspedes acaba não saindo da pousada, essa mudança foi muito bem-vinda. 

O café da manhã é bem caprichado. Como visitamos a pousada durante a pandemia, não há buffet self-service. Alguns hotéis estão trabalhando com self-service durante a pandemia, mas não achamos muito seguro.

Um cardápio de itens é deixado na mesa e assinalamos tudo o que queremos. Bem prático, completo e muito bem servido. Além de itens básicos como pães, frios, iogurte, cereal, sucos e frutas, há também a opção de pedir tapioca, panqueca, omelete e sucos detox. 

Os clientes podem solicitar itens à vontade e repetir sempre que necessário. A equipe é bem atenciosa em garantir isso.

As demais refeições também funcionam da mesma maneira. Um papel é deixado na mesa, onde você seleciona os pratos que deseja. Geralmente, o menu possui uma opção de entrada, duas ou três opções de prato principal e uma ou duas opções de sobremesa. 

Truta com molho de maracujá e legumes, uma das opções de nosso almoço na pousada

Os pratos e opções oferecidas são simples, mas bem saborosos. Nós adoramos particularmente os risotos (sempre uma boa escolha) e a truta com molho de maracujá. As carnes já não apreciamos tanto. 

Bebidas (menos não alcóolicas) não estão incluídas.

As Cachoeiras A Rosa e o Rei

O que fazer em São Francisco Xavier e a Pousada A Rosa e o Rei
A Cachoeira “A Rosa”, localizada dentro da propriedade

Finalmente, um dos maiores diferenciais da pousada são as duas cachoeiras que ficam dentro da propriedade. 

A trilha para chegar nelas é muito curta. Quem está no Espaço Horizonte precisa caminhar um pouco mais, mas a partir do Espaço da Mata, o caminho não dura mais do que 5 minutos. 

É uma trilha, com terreno irregular e raízes no meio do caminho, mas a trilha é bem fácil. A primeira cachoeira é a “A Rosa” a segunda cachoeira é “O Rei” e são elas que justificam o nome da pousada. 

“A Rosa” tem uma queda menor, mas um poço mais tranquilo e de águas cristalinas, perfeito para o banho.

“O Rei” possui uma queda mais imponente, porém as águas são mais escuras e o o poço possui muitas pedras, sendo mais difícil para o banho. 

O que fazer em São Francisco Xavier e a Pousada A Rosa e o Rei
Toda a imponência e beleza da cachoeira “O Rei”

De qualquer forma, ter essas duas cachoeiras a poucos passos do nosso chalé, era realmente um privilégio que adoramos aproveitar durante esses dias nesse paraíso em São Francisco Xavier. 

Clique aqui para consultar preços e disponibilidade

Ficha Técnica

  • Hospedagem: Pousada A Rosa e o Rei
  • Direção: Est. Mun. Ezequiel Alves Graciano, 10.100 – São Francisco Xavier
  • Fotografia: Fabio Pastorello
  • O melhor: a piscina com vista para a Serra da Mantiqueira e as cachoeiras dentro da propriedade são um grande diferencial
  • O pior: como a área da pousada possui um desnível grande, quem fica na parte mais baixa (Espaço da Mata) precisa encarar uma longa subida para chegar no spa e piscina
  • Ano: 2020
  • País: Brasil
  • Preço: a partir de R$ 870,00 (pensão completa)
  • Contato via WhatsApp: +55 12 99746-9003

O que fazer em São Francisco Xavier

O que fazer em São Francisco Xavier e a Pousada A Rosa e o Rei
O simpático centrinho de São Francisco Xavier

O centrinho é bem compacto e pode ser percorrido a pé. Apesar de ser um distrito de São José dos Campos com cerca de 4 mil habitantes, tem um boa oferta gastronômica. 

Tudo gira em torno da Praça Central (Praça Cônego Antônio Manzi, onde fica a Paróquia São Francisco Xavier) e da Rua XV de Novembro, onde ficam vários restaurantes, pousadas, lojas de artesanato, hamburguerias, cafeterias e mercados. 

O que fazer em São Francisco Xavier e a Pousada A Rosa e o Rei
Paróquia São Francisco Xavier

Alguns destaques ali do centro são a loja Amantiquira e a loja Dona Xica, com obras de artesanato incríveis.

Onde Comer

O que fazer em São Francisco Xavier: Villa K2 Restaurante Bar
Espaço amplo e moderno do Villa K2 Restaurante Bar, no centro de São Francisco Xavier

Entre os restaurantes, nós recomendamos o Villa K2 Restaurante e Bar, que possui um ambiente lindo e moderno, com área interna e externa.

Há ainda um bonito espaço para eventos no andar superior (espaço superior fechado por causa da pandemia). 

Nós almoçamos por lá e adoramos os pratos que pedimos, em particular o Rosbife de Filet Mignon ao Molho Mostarda, que estava muito saboroso.

O que fazer em São Francisco Xavier: Villa K2 Restaurante Bar
Rosbife delicioso do Villa K2 Restaurante, em São Francisco Xavier

Uma coisa que adoramos é que os pratos são servidos em diferentes tamanhos: a porção pequena do rosbife tem 120g de carne (R$ 41,60), por exemplo, e a porção individual tem 180g (R$ 52,00). Assim você pode fazer o pedido de acordo com o tamanho da sua fome.

O atendimento também é exemplar. 

Ecoturismo: Trilhas, Picos e Cachoeiras

Quem procura a região já sabe que vai encontrar muitos visuais cinematográficos, com as montanhas da Serra da Mantiqueira como cenário.

Para encontrar esses lugares, basta procurar os picos e mirantes. 

  • O Pico do Selado é o mais famoso, com 2.082 metros de altitude, que fica na divisa com Camanducaia e de onde se pode avistar o distrito de Monte Verde, em Minas Gerais. 
  • O Pico do Focinho d’Anta é outra atração, acessível por uma trilha de 3km de subida íngreme. O acesso é cobrado (R$ 25,00), a partir do Sítio Queixo d’Anta. O acesso do centro até lá é feito por estrada de terra, que pode ser complicado em dias de chuva. 
  • A Trilha Pouso do Rochedo, por sua vez, percorre 8 cachoeiras e alguns mirantes pelo caminho, também com entrada paga (R$ 30,00). 
  • A Cachoeira Pedro David é outra opção, de fácil acesso e gratuita, com boa estrutura de vestiários, banheiro e área para alimentação (fechada durante a pandemia). Pode ficar bem cheia, pela facilidade de acesso. 
  • Existem algumas trilhas mais longas, como a Travessia Monte Verde, que utiliza um percurso histórico utilizado pelos tropeiros, para chegar ao distrito de Monte Verde, em Minas Gerais.  

Mirante Pedra São Francisco (ou Pedra do Porquinho)

O que fazer em São Francisco Xavier: Mirante Pedra São Francisco
Mirante Pedra São Francisco, atração imperdível em São Francisco Xavier

Um passeio gratuito e praticamente obrigatório em São Francisco Xavier é subir até o Mirante Pedra São Francisco. O lugar tem um visual de 180 graus para a Serra da Mantiqueira.

Para chegar, são cerca de 30 minutos a partir do centro, sendo que cerca de 10 km são feitos em estrada de terra. Há várias placas no caminho, indicando o percurso. 

A estrada está em boas condições, mas o percurso é íngreme e tem muitas curvas. Em alguns trechos, só há espaço para um veículo, embora a via seja de mão dupla. 

O acesso também pode ser feito por Monteiro Lobato. Por lá a estrada está em piores condições (bastante esburacada), porém o terreno é mais plano do que o acesso por São Francisco Xavier. 

Ao chegar, a estrutura surpreende. Um grande espaço de madeira, com estrutura circular, abriga cafés, lojas e restaurante (o Polenta na Pedra, aberto de sexta a domingo das 9h às 18h). 

O lugar também possui banheiros e algumas mesas para curtir o visual. O estacionamento também vários veículos.  

O Espaço Turístico

O que fazer em São Francisco Xavier: Mirante Pedra São Francisco
Estrutura do Mirante Pedra de São Francisco, com restaurante, loja e armazém

Os proprietários adquiriram a propriedade em 2003 e desde então sentiram a vontade de compartilhar essa beleza natural. Tanto que abriram o acesso de forma gratuita. 

Com o tempo, o nome Pedra do Porquinho cedeu espaço para o Pedra São Francisco, com a colocação de uma imagem abaixo da pedra. No caminho e no mirante, também existem placas com os passos da Via Crucis (o trajeto percorrido por Jesus Cristo até sua crucifixação). 

Depois ainda criaram o espaço turístico, com as lojas e restaurantes antes do acesso ao mirante. O lugar é realmente muito bem cuidado e impressiona não ser cobrado o acesso. Deixamos aqui os parabéns aos proprietários pela iniciativa e pela manutenção. 

O espaço abre diariamente, das 8h às 18h. 

O Mirante e a Pedra

O que fazer em São Francisco Xavier: Mirante Pedra São Francisco
Mirante Pedra de São Francisco, em São Francisco Xavier

Sem perder o aspecto rural, precisamos atravessar uma cerca para entrar na área do mirante. Fique atento, pois as fezes de animais são comuns pelo gramado. 

O visual é absurdamente impressionante. Duas pedras enormes e bem arrendondadas tornam o visual ainda mais cinematográfico. Os proprietários colocaram duas escadas, que dão acesso ao topo das pedras. 

Subir lá e contemplar o visual é uma experiência inesquecível. O lugar também é muito procurado na hora do pôr do sol. 

Confira outras dicas de viagem

Fontes:

Nota: Nossa hospedagem na Pousada A Rosa e o Rei e o almoço no Villa K2 Restaurante Bar foram uma cortesia.

Share.

About Author

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

3 Comentários

  1. Pingback: 10 Lugares para Viajar perto de SP, MG e RJ - Final de Semana ou Feriados

  2. Pingback: O que fazer em Santo Antônio do Pinhal: 7 Lugares Imperdíveis

  3. Pingback: O QUE FAZER EM MONTE VERDE MG: Dicas e Roteiro de Viagem

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.