O que fazer em Camocim e Barroquinha – Litoral Oeste do Ceará

O que fazer em Camocim e Barroquinha - Litoral Oeste do Ceará

Muita gente acredita que Jericoacoara é o último destino turístico no litoral oeste do Ceará. Mas Camocim e Bitupitá são outros dois lugares turísticos que você precisa conhecer em um roteiro pelas praias do Ceará.

Para quem faz a Rota das Emoções, um roteiro turístico que inclui Jericoacoara, Delta do Parnaíba e Lençóis Maranhenses na mesma viagem, com certeza Camocim e Barroquinha (onde fica Bitupitá e Praia das Curimãs) estarão no seu roteiro. É que essas cidades ficam no meio do caminho entre Jeri e o Piauí.

Entre os principais pontos turísticos de Camocim, estão a Ilha do Amor, a Barra dos Remédios, a Lagoa de Cangalhas, a Lagoa de Tatajuba e a Praia de Mangue Seco (Guriú). Alguns desses lugares você pode conhecer através de passeios de Jeri, mas outros você só conhece ficando hospedado em Camocim.

Confira a seguir todas as dicas de como chegar, onde ficar e o que fazer em Camocim, no extremo oeste do litoral do Ceará.

O que fazer em Camocim e Barroquinha – Litoral Oeste do Ceará

Conheça as praias que ficam além de Jericoacoara: Ilha do Amor, Praia de Maceió, Barra dos Remédios, Praia de Curimãs e Bitupitá

Você curte destinos consagrados ou prefere lugares ainda pouco conhecidos?

Camocim, é um desses lugares ainda não tão famosos, mas que vale a pena incluir no roteiro pelas praias do Ceará. Fica ali bem pertinho de Jericoacoara.

Além dos destinos famosos, a Rota das Emoções inclui lugares menores e ainda não tão conhecidos. Foram esses lugares super receptivos e ainda pouco explorados os que mais adoramos conhecer. Além disso, são ótimas opções para economizar ou para quem procura lugares sem tanta influência de turistas.

Nosso roteiro na Rota das Emoções começou no Maranhão, depois seguimos para o Piauí e finalmente chegamos no Ceará. A porta de entrada no Estado, de quem chega pelo Piauí, é o município de Barroquinha.

Confira aqui o vídeo desse trecho do roteiro
Ceará Muito Além de Jericoacoara – Rota das Emoções

Como Chegar

Rota das Emoções

  • Para quem está fazendo a Rota das Emoções através de agências, os roteiros incluem paradas em Chaval, Barroquinha e Camocim, todos no Estado do Ceará.
  • Como os roteiros são inúmeros, é preciso combinar o tempo de parada e se haverá pernoite ou não em algum desses destinos.
  • Nós sugerimos pelo menos 1 pernoite em Camocim.

De Carro

  • Para quem viaja de carro, a distância de Fortaleza/CE até Camocim/CE é de cerca de 350 km (5h30 de viagem).
  • Do Aeroporto de Jericoacoara, a viagem é bem mais curta, são 90 km ou 1h30 de viagem.
  • Se você está chegando do Piauí, a viagem de Parnaíba/PI ou de Barra Grande/PI até Barroquinha/CE é também de cerca de 90 km (1h20 de viagem). Até Camocim/CE, o percurso total é de 130 km (2h10 de viagem).
O que fazer em Camocim e Barroquinha - Litoral Oeste do Ceará
Alguns pontos turísticos de Camocim somente poder ser acessados com veículos 4×4

De Ônibus (sem carro)

  • Chegar em Camocim de ônibus só é possível a partir de Fortaleza ou Parnaíba.
  • A viagem de ônibus de Fortaleza até Camocim dura entre 6h a 8h, dependendo da companhia e do tipo de ônibus. As empresas que operam esse roteiro são a Expresso Guanabara e a Fretcar.  O preço da passagem varia de R$ 60,00 a R$ 80,00 (ref. set/2019).
  • Para ir de Jericoacoara para Camocim, não há transporte público (em breve a Fretcar deve lançar uma linha de Jijoca para Camocim).
  • É preciso contratar um transfer (a partir de R$ 250,00 para até 4 pessoas) ou ainda fechar um passeio de Jeri para Camocim pela praia (a partir de R$ 450,00 para até 4 pessoas).
  • Caso você contrate um passeio, é importante combinar a extensão do passeio até sua hospedagem em Camocim e também verificar espaço para levar as bagagens.
  • A Experimente Jeri e a Jeri Vip Tur 4×4 são duas empresas que operam passeios até Camocim e podem fazer o seu transfer para lá (ou fazer o caminho inverso).
  • Você também pode pesquisar transportes alternativos. Já fizemos esse percurso entre Camocim e Jeri de pau de arara (em 1995), mas hoje em dia é provável que existam vans e/ou lotações que façam esse trajeto.
  • Vale anotar o telefone de contato do Presidente da Associação de Taxistas de Camocim, o Fabiano Barbosa. O contato é o (88) 9902-9082.
  • Para quem chega do Piauí, a viagem de Parnaíba/PI até Camocim/CE dura 2h15 e custa R$ 28,00 (ref. set/2019).

O que fazer em Camocim e Barroquinha - Litoral Oeste do Ceará


O que fazer em Barroquinha – Ceará

Se você quiser zerar as praias do Estado do Ceará, uma boa dica é incluir as praias de Barroquinha no seu roteiro.

Praia do Pontal das Almas

Em Barroquinha fica a Praia do Pontal das Almas, a última praia do litoral do Ceará. A praia fica na divisa do Ceará com o Estado do Piuaí e o lugar onde desaguam cinco rios: o Rio Timonha, o Rio Ubatuba, o Rio Chapada, o Rio Carapinas e o Rio Camelo.

Uma curiosidade é que o nome da praia envolve um mistério. Conforme nos conta o site Turismo Ceará, o nome seria derivado de uma senhora da região que faleceu e foi sepultada, mas teria aparecido para um local e pedido para que seu corpo fosse levado para o Pontal.

Eu já estive nessa praia em uma viagem que fizemos em 1995. A partir de Bitupitá, fizemos uma longa caminhada para chegar no Pontal e na foz dos cinco rios. Chegar no lugar foi emocionante.

Em nossa última viagem pela Rota das Emoções, acabamos não incluindo nem Bitupitá nem o Pontal das Almas em nosso roteiro.

Bitupitá

Nessa mesma viagem de 1995, passamos a noite em Bitupitá, eu e minha companheira de viagem Alexandra. O lugar não é nada turístico, e passamos a noite conversando com locais e comendo um peixe assado que eu nunca esquecerei.

Esse é o tipo de experiência que você pode vivenciar por lá, já que ainda hoje, o lugar não é muito conhecido por turistas de fora. O resultado é uma praia bem tranquila, que fica bastante agitada no carnaval.

Você pode acompanhar imagens e acontecimentos no perfil do instagram Bitupitá – CE.

Praia de Curimãs

O que fazer em Camocim e Barroquinha - Litoral Oeste do Ceará
A bela estrutura do Restaurante Brilho do Mar, na Praia de Curimãs (município de Barroquinha)

Em nosso roteiro pela Rota das Emoções, visitamos a Praia de Curimãs, também parte do município de Barroquinhas.

A Vila de Curimãs é uma autêntica comunidade de pescadores, quase sem presença turística, exceto por uma pousada e um restaurante recém aberto, o Restaurante Brilho do Mar.

Nós visitamos a Pousada Mandala em Curimãs e conhecemos seu proprietário, um estrangeiro que já viveu em Jeri e mudou-se para Curimãs procurando o estilo de vida da Jeri de antigamente.

Ao lado da pousada fica o Restaurante Brilho do Mar, também um empreendimento de um estrangeiro que se apaixonou pela região, o François. O restaurante foi aberto há pouco tempo mas já está muito charmoso, com amplo espaço com vista privilegiada para a praia e para o mar. Foi ali que contemplamos o pôr do sol e deliciosos pratos como o Camarão no Abacaxi (R$ 78,00 para 2 pessoas).

A praia é extensa e como não poderia deixar de ser, fácil de encontrar barcos e pescadores trabalhando perto do mar. Mas também é possível encontrar outras figuras da região, como o instrutor de kitesurf Dadá, que ia fazer o trajeto de Curimãs até Bitupitá ao sabor dos ventos. Ele nos conta que se sente um pouco como um super herói, percorrendo esses trajetos pelo mar.

O acesso é somente pela praia ou por estrada de terra, então é recomendável ir com veículo 4×4.

O que fazer em Camocim e Barroquinha - Litoral Oeste do Ceará
Pôr do sol na Praia de Curimãs, em Barroquinhas

Camocim – Onde Ficar

De lá, partimos para nosso pernoite em Camocim.

Camocim é uma cidade maior, com mais de 60 mil habitantes, mas ainda dá para circular pela orla e encontrar pescadores chegando dos barcos e transportando os peixes do mar. ⠀⠀⠀

Uma das grandes surpresas em Camocim foi nossa hospedagem, a cinematográfica Pousada Village Sonhos. A pousada é um desses achados de viagem que a gente adora.

Pousada Village Sonhos

O que fazer em Camocim e Barroquinha - Litoral Oeste do Ceará
Com piscina privativa na varanda, a Pousada Village Sonhos é um dos destaques de Camocim

Um dos diferenciais da Pousada Village Sonhos é que alguns de seus quartos possuem piscina privativa, na varanda do próprio quarto. Esse estilo de piscina é o mesmo do famoso Essenza Hotel, em Jericoacoara.

Mas enquanto a diária do Essenza fica bem acima dos R$ 1.000,00 / dia, na Village Sonhos o valor é bem mais acessível. Mesmo para quem não fica em um dos três quartos com piscina privativa, os demais quartos possuem varanda e acesso para a piscina, num ambiente pensado para o lazer.

O café da manhã também é uma delícia, servido na área da piscina. Não deixe de experimentar o cuzcuz com queijo, uma especialidade da pousada.

A Pousada Village Sonhos fica localizada na Praia de Barreiras, a cerca de 3km do Centro de Artesanato e Turismo de Camocim. O lugar fica numa área menos povoada e um pouco distante caso você viaje sem carro, mas de carro ou táxi dá menos de 10 minutos até o centro.

Clique aqui para consultar preços e disponibilidade

O que fazer em Camocim – Ceará

O que fazer em Camocim e Barroquinha - Litoral Oeste do Ceará
Cidade de Camocim vista do alto, do outro lado do rio é possível ver a Ilha do Amor

Barra dos Remédios

No dia seguinte, saímos para conhecer os principais pontos turísticos de Camocim.

O primeiro deles foi a Barra dos Remédios. Para chegar no lugar, somente em veículos 4×4, então é importante contratar um passeio até o local.

Nós fizemos o passeio com a Experimente Jeri e a Jeri Vip Tur 4×4, mas como são empresas de Jeri, pode ser que isso encareça o valor. Por isso, consulte opções locais na sua hospedagem.

A Barra dos Remédios é uma praia totalmente deserta, formada por dunas e lagoas, e ainda pelo Rio dos Remédios encontrando o mar. O cenário é um privilégio, mas somente acessível através de buggy ou veículo 4×4.

Lagoa Encantada de Cangalhas

O que fazer em Camocim e Barroquinha - Litoral Oeste do Ceará
Vista do alto da Lagoa de Cangalhas

Esse foi outro lugar imperdível de nosso roteiro pela Rota das Emoções. Encontramos uma lagoa totalmente deserta, nos mesmos moldes das lagoas de Jericoacoara.

Só quem com a vantagem da lagoa estar totalmente deserta. E ainda mais bonita do que as de Jeri (que se encontravam muito cheias por causa das chuvas).

Todos saímos encantados desse lugar. Há uma estrutura de apoio simples e um lugar para fazer tirolesa (não estava em funcionamento).

O que fazer em Camocim e Barroquinha - Litoral Oeste do Ceará
Curtindo uma rede na Lagoa Encantada de Cangalhas

Praia de Maceió⠀⠀⠀⠀⠀⠀

O nosso almoço em Camocim foi na Praia do Maceió, na Barraca Pôr do Sol.

O restaurante é pé na areia e possui decoração caprichada, cheia de acessórios coloridos e instagramáveis. Dá para tirar muitas fotos legais por lá.

O que fazer em Camocim e Barroquinha - Litoral Oeste do Ceará
Praia de Maceió e a decoração colorida da Barraca Pôr do Sol
O que fazer em Camocim e Barroquinha - Litoral Oeste do Ceará
Camarão da Barraca do Pôr do Sol, na Praia de Maceió em Camocim

Ainda na Praia de Maceió, fizemos uma outra parada na Barraca Bistrô Kite, ponto de apoio para os kitesurfistas. Os drinks da casa são impecáveis.

A praia é bem extensa, mas venta demais no lugar. Ótimo para quem pratica o kitesurf, mas meio incômodo para quem quer relaxar.⠀⠀⠀

Centro de Artesanato e Turismo de Camocim

A Avenida Beira Mar de Camocim é outro ponto imperdível para caminhar e curtir o movimento dos pescadores.

A quantidade de barcos é enorme e não é incomum encontrar os pescadores trazendo os peixes da pesca do dia.

Por ali, vale a pena dar uma paradinha no Centro de Artesanato de Camocim e conferir um pouco da arte local.

Mas nosso objetivo mesmo era cruzar o Rio Coreaú e seguir viagem para Jericoacoara. A travessia pode ser feita em barcos simples ou através de balsas, que transportam veículos também (R$ 25,00).

Ilha do Amor – Cartão Postal de Camocim

O que fazer em Camocim e Barroquinha - Litoral Oeste do Ceará
Letreiro de Camocim com a Ilha do Amor ao fundo

Do outro lado está a Ilha do Amor, que é um lugar super tranquilo e procurado principalmente nos fins de semana. O pessoal de Camocim atravessa o rio e curte a estrutura paradisíaca do lugar.

Apesar do nome do lugar, não se trata de uma ilha. Mas o nome é por causa da travessia de barco para chegar na “ilha”.

Cercado de dunas, que podem ser avistadas do outro lado do rio, a Ilha do Amor é um dos cartões postais de Camocim e nosso último destino dessa matéria.

Tatajuba e Guriú

Praia de Mangue Seco, em Camocim, onde é possível tirar fotos incríveis nos balanços

Ainda em Camocim, é possível visitar a Lagoa de Tatajuba e a Praia de Mangue Seco, em Guriú. Todos esses lugares ficam antes do Rio Guriú, que divide Camocim de Jericoacoara. Para saber mais sobre esses lugares incríveis, leia nossa matéria sobre o passeio de buggy pelo litoral oeste de Jericoacoara.

Quem faz a Rota das Emoções, tem a opção de fazer todo esse trajeto pela praia, um circuito off-road (Experimente Jeri e a Jeri Vip Tur 4×4), e ir fazendo paradas nas inúmeras lagoas, praias e dunas do percurso. Com certeza é uma experiência inesquecível e a conclusão perfeita de nosso dia incrível em Camocim.

Acompanhem mais dicas e fotos de Camocim no perfil do Instagram @camociminesquecivel.

Dica Extra: Restaurante Porto 10

Para almoçar e/ou jantar no centro de Camocim, nós recomendamos o Restaurante Ponto 10. Gastronomia do chef Enio Marcondes e atendimento maravilhosos.

Saiba mais:

O que fazer em Jericoacoara: Dicas e Roteiro de Viagem

Rota das Emoções: Roteiro Completo, Preços e Dicas de Viagem

Nota: O Viagens Cinematográficas recebeu o convite para visitar a Rota das Emoções pelo Sebrae (os três Estados foram envolvidos), em conjunto com a Prisma Consultoria, dentro do programa Investe Turismo do Ministério do Turismo. A hospedagem na Pousada Village Sonhos foi uma cortesia.

Fabio Pastorello

Fabio Pastorello

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

2 comentários

  1. Olá Fabio e Cleber, amo seus vídeos. Me inspiraram a ir ao Ceará ano que vem. Gostaria muito de conhecer Camocim. Quantos dias seria necessário para conhecer os principais pontos turísticos de lá? Pretendo ir em Julho do ano que vem, alugar carro. De fortaleza irei para Jeri e depois Camocim, pretendo ficar 4 noites em Jeri, é suficiente?
    Obrigado pelas dicas valiosas.

    1. Olá Andreia, obrigado pelo carinho, lebre-se que até Jeri é tudo de areia ! Cuidado para não atolar ou se perder! Quatro noites são suficientes para Jeri e duas noites para Camocim! abraços

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.