Brotas SP: O que Fazer, Recanto das Cachoeiras e Dicas de Viagem

8

Para quem está procurando uma dica de viagem para um fim de semana ou feriado prolongado, Brotas é uma ótima pedida. A cidade fica a menos de 3 horas de São Paulo e possui excelente estrutura de passeios, hotéis e gastronomia. Um programa completo.

Provavelmente em uma só viagem, você não vai conseguir conhecer tudo o que a cidade tem para oferecer. Mas, com certeza, terá tido alguns dias de contato com a natureza e belas experiências.

De cachoeiras a cachaçarias, de restaurantes temáticos a pousadas temáticas, de lugares tranquilos a atividades de adrenalina, Brotas tem várias facetas para encantar diferentes tipos de viajante.

Impossível não pensar em Brotas sem lembrar do turismo de aventura. Mas e pra quem quiser uma viagem mais relax? O Parque Recanto das Cachoeiras é uma das melhores opções de o que fazer em Brotas. O parque possui lindas cachoeiras com fácil acesso, perfeito para quem quer curtir Brotas sem necessariamente fazer algum esporte radical.

Confira a seguir um rápido roteiro de fim de semana para conferir algumas atrações bem legais na capital do turismo de aventura. Mas que também pode ser a capital de um belo roteiro de viagem para esquecer da rotina e dos problemas da cidade grande.

O que fazer em Brotas SP: Recanto das Cachoeiras e Dicas de Viagem

Confira um roteiro de cachoeiras, pousadas e outros passeios imperdíveis na cidade

Nesse artigo, você vai conferir:


1 – Roteiro de Viagem

Rafting, tirolesa, caiaque, rapel. Brotas é a capital do turismo de aventura e dos esportes radicais, certo? Certíssimo.

Mas pra quem está mesmo afim de um fim de semana tranquilo e romântico, não precisa se sentir obrigado a fazer essas atividades. É possível viajar para Brotas e montar um roteiro super relaxante, com atividades de contato com a natureza menos radicais.

Salve esse Pinterest para consultar depois

O que fazer em Brotas SP: Recanto das Cachoeiras e Dicas de Viagem

Nosso roteiro de viagem foi o seguinte:

Dia 1 – Sexta-feira

  • Saída de São Paulo às 16h
  • Chegada em São Pedro às 19h e visita à Cervejaria HZB
  • Pernoite na Pousada das Nascentes

Dia 2 – Sábado

  • Passeio de dia inteiro no Recanto das Cachoeiras, com trilhas, tirolesa, arvorismo, cavalgadas, quadriciclo, piscina e cachoeiras
  • Almoço no Recanto das Cachoeiras
  • Jantar no Brotas Bar

Dia 3 – Domingo

  • Pernoite na Pousada das Nascentes
  • Visita à Adega Casarão
  • Parque dos Saltos: entrada grátis no centro de Brotas
  • Tarde livre

Como você pode ver, nosso roteiro dessa vez foi bem light e não inclui rafting ou outros passeios típicos de aventura.

Essa foi uma opção nessa viagem, de curtir um fim de semana mais relax. Mas com certeza retornaremos para Brotas para curtir um pouco mais de adrenalina.


2 – Onde Ficar em Brotas

O que fazer em Brotas: Dicas, Onde Ficar e Roteiro de Viagem
Piscina e área verde são um dos atrativos da Pousada das Nascentes

Quem viaja para Brotas tem duas opções principais de hospedagem: no centro ou no bairro do Patrimônio.

Quem fica no centro tem acesso mais fácil para restaurantes e agências de passeios, mas distante de boa parte das cachoeiras.

Por outro lado, quem fica hospedado no Patrimônio, está mais próximo de alguns belos complexos, como o Recanto das Cachoeiras e a Cachoeira Cassorova.

O bairro também ganha em tranquilidade e fica em frente a uma represa, mas somente é indicado para quem viaja de carro.

Pousada das Nascentes

  • A Pousada das Nascentes, que fica no bairro de Patrimônio, é perfeita para casais, seja para um viagem de lua de mel ou para um fim de semana romântico.
  • Na chegado no quarto, tudo é decorado para deixar a hospedagem ainda mais romântica. Cada apartamento tem uma banheira de hidromassagem e decoração única. Ou seja, o casal pode retornar mais de uma vez e ficar instalado em uma proposta de acomodação totalmente diferente da anterior.
O que fazer em Brotas: Dicas, Onde Ficar e Roteiro de Viagem
Quartos da Pousada das Nascentes possuem decoração única e temática
  • A proprietária Delma e toda a equipe da pousada são muito gentis e solíticos, e você se sente muito bem acolhido. A decoração também colabora para esse clima aconchegante.
  • Uma das coisas que mais gostamos é que tanto na recepção como nos quartos, objetos trazidos de viagens da proprietária, fazem o hotel perfeito para quem gosta de viajar.
  • A piscina está cercada de flores e cria mais esse ambiente relaxante para os casais.
  • A restaurante conta com o Restaurante Bistrô Casa de La Sierra, onde é servido o café da manhã e os hóspedes também podem jantar, com pratos assinados pelo chef André Ávila. Como o hotel fica um pouco distante do centro, é bom ter essa opção de refeição pertinho do hotel.
  • A Pousada das Nascentes recebe todo tipo de casais e é super gay-friendly.

Clique aqui para consultar valores e disponibilidade

O que fazer em Brotas: Dicas, Onde Ficar e Roteiro de Viagem
Nas áreas comuns, muitos objetos de viagem são um ótimo início para boas conversas sobre viagem

3 – O que fazer em Brotas: Recanto das Cachoeiras

O Recanto das Cachoeiras atrai turistas que procuram um fim de semana tranquilo, romântico ou para curtir com a família. Ainda assim, dá pra ter uma dose extra de adrenalina.

A verdade é que é uma injustiça exaltar apenas a beleza de suas cachoeiras.

O Recanto nos encantou logo de início, com belos gramados, flores lindas por toda a parte, mirantes em decks de madeira caprichados, uma bela piscina com solarium e vista para a natureza da região.

Pode-se dizer que é um pacote completo.

Recanto das Cachoeiras vale a pena?

A grande maioria das cachoeiras de Brotas fica dentro de hotéis ou fazendas, que cobram para você entrar. Alguns desses lugares oferecem estrutura bem simples, que pode não condizer com o preço cobrado.

Por isso, consideramos que vale a pena investir num dos parques de cachoeiras com melhor infraestrutura da região. O Recanto das Cachoeiras tem um conceito que privilegia o contato com a natureza, sem abrir mão do conforto.

Veja toda a estrutura do parque e as cachoeiras para tomar a sua decisão.

O que fazer em Brotas SP: Recanto das Cachoeiras
Conforto e uma bela interação com a natureza são alguns dos conceitos do Recanto das Cachoeiras

Para entrar no Recanto das Cachoeiras, não é preciso fazer reserva ou comprar com antecedência. Os visitantes chegam na recepção onde pagam o day-use de R$ 70,00 R$ 120,00 (ref. jan/2020). Quando visitamos em 2018, o valor era mais acessível, na alta temporada o valor de R$ 120,00 fica bem puxado para uma família inteira visitar.

Preços e Comparação com Outros Passeios em Brotas

Considere algumas outras opções de passeios na região e compare. Mas como você pode notar, os valores são equivalentes.

Então apesar dos valores parecerem puxados, estão na média de preços da região.

  • Nascente Areia que Canta: a visita guiada custa R$ 90,00 na alta temporada e tem duração de 3h. Não inclui a utilização da estrutura e piscinas do local. Considere também o custo do almoço, R$ 90,00 por pessoa, considerando um total de R$ 180,00 por pessoa.
  • Recanto das Cachoeiras: o day-use custa R$ 120,00 (crianças até 10 anos pagam meia) e permite utilização de toda a área do parque, inclusive piscinas. Além disso, você pode passar o dia inteiro no lugar. O valor do almoço custa R$ 59,00, somando R$ 179,00 por pessoa.
  • Cachoeira Cassarova: o day-use custa R$ 100,00 (crianças até 10 anos pagam meia) e permite a utilização de toda a área do parque, inclusive piscinas. O valor do almoço é R$ 60,00 (não aceita cartões), totalizado R$ 160,00 por pessoa.

O ingresso para o Recanto das Cachoeiras permite livre circulação na área do parque mas não inclui as atividades opcionais.

O caminho é bem fácil e todo asfaltado. Mas somente para quem viaja de carro, já que fica no meio da estrada e distante do centro de Brotas.

Ao chegar, estacionamos nosso carro e fomos direto para o vestiário, que conta também com guarda-volumes.

Dá para guardar os itens que você não irá precisar no momento, trocar de roupa e ficar mais à vontade.

O que fazer em Brotas SP: Recanto das Cachoeiras
Contemplar a natureza é uma das melhores coisas para se fazer em Brotas

As Cachoeiras

As cachoeiras eram, obviamente, nosso principal ponto de interesse no Recanto das Cachoeiras. E não decepcionaram.

Logo de início, fizemos a trilha até a Cachoeira da Roseira e Cachoeira Santo Antônio.

A trilha é toda com pedras ou passarelas de madeira, portanto é bem estruturada. Mas como inclui alguns trechos de subida e descida, pode cansar um pouco. Apesar disso, vimos famílias e crianças fazerem a caminhada normalmente. Não é preciso ir de tênis, mas eu também evitaria chinelos que podem escorregar. Melhor usar sandálias ou papetes próprias para trilha.

A trilha é autoguiada, não há necessidade de guia.

Cachoeira da Roseira e a Trilha Mata Adentro

Esse percurso de 1.200 metros é bem tranquilo e pode ser realizada por pessoas de todas as idades.

O caminho é bem agradável, com muitas flores, alguns mirantes e logo chegamos na primeira cachoeira do circuito, a imponente Cachoeira da Roseira. Ela é formada entre os córregos Tijuco Preto e Roseira e possui uma queda de 55 metros de altura.

O que fazer em Brotas SP: Recanto das Cachoeiras
A Cachoeira da Roseira tem 55 metros de altura

Dá para chegar na base da queda (bem rasinha) e ficar lá embaixo curtindo. Fomos no mês de março e pegamos um fim de semana quente, então a água não estava fria.

Ali pertinho, o caminho segue por uma divertida e cinematográfica ponte suspensa (como nos filmes de Indiana Jones). A ponte balança bastante, mas é bem segura.

No meio da ponte, não deixe de dar uma paradinha e contemplar o visual tanto para a Cachoeira da Roseira, como para o Vale do Rio Jacaré Pepira. A mata é nativa e encontra-se preservada.

O que fazer em Brotas SP: Recanto das Cachoeiras
Ponte suspensa cinematográfica, no melhor estilo Indiana Jones

Cachoeira de Santo Antônio e Trilha da Colina

Em mais alguns minutos de caminhada (são 800 metros e subindo uma colina), chegamos na Cachoeira de Santo Antônio.

Essa cachoeira é ainda mais divertida, pois uma passarela de pedra passa debaixo da queda de 20 metros. Todo mundo faz questão de passar embaixo da queda e levar aquela surra de água caindo. Muito gostoso. Uma pena que a piscina natural formada pela água da cachoeira tenha a coloração meio barrenta; não inspira muito o banho.

Dizem que o casal que passa de mãos dadas debaixo de suas quedas, pode dar o casamento como certo. É o poder de Santo Antônio, os românticos fiquem ligados. Se funciona ou não, a gente não sabe, mas que é gostoso, é demais.

O que fazer em Brotas SP: Recanto das Cachoeiras
Casal entra de mãos dadas na Cachoeira de Santo Antônio: simpatia para garantir o casamento

Alimentação no parque

E logo já voltamos para a área central do parque. Um belo gramado, com algumas mesas espalhadas, permite bons momentos de relaxamento, uma das premissas do Recanto.

O visitante pode optar por ficar mais próximo da lanchonete (que serve bebidas, salgados, sanduíches e até chope artesanal por preços honestos) ou do restaurante (onde o almoço é servido em estilo self-service por R$ 50,00 ref. mar/2018  R$ 59,00 ref. jan/2020, com sobremesa incluída, a partir das 12h).

O que fazer em Brotas SP: Recanto das Cachoeiras
Almoço self-service e não está incluso no valor da entrada

Na lanchonete, já é interessante se informar e reservar os passeios da tarde, pois eles não funcionam em todos os horários.

Como todos precisam de acompanhamento de um funcionário do parque, é preciso marcar horário.

Atividades Opcionais

Todos os equipamentos do parque permitem a realização de atividades com conforto e segurança, tanto por crianças como adultos.

Entre as opções, há o passeio de quadriciclo (que leva até uma outra cachoeira do parque), a cavalgada, o Arvomix (um circuito de arvorismo + tirolesa + rapel, que você pode optar por fazer cada atividade avulsa) e uma outra trilha mais longa: a Trilha da Pedra Branca.

Passeio de Quadriciclo

Nós fizemos o passeio de quadriciclo, que é feito com o acompanhamento de um guia.

O trajeto é relativamente tranquilo, inclui um outro momento de mais adrenalina como cruzar um rio. Durante o tempo inteiro, o guia estava de olho em como estávamos indo, passando bastante segurança no trajeto.

O ponto final do percurso é uma cachoeira, mas o passeio vale mais para quem curte andar de quadriciclo (ou quem nunca fez mas tem vontade de andar).

O que fazer em Brotas SP: Recanto das Cachoeiras
Uma das atividades opcionais mais populares é o passeio de quadriciclo, que vai até uma terceira cachoeira do Recanto

A duração do passeio varia, entre 1h30 a 2h. Como nós optamos por não tomar banho na cachoeira, nosso guia ofereceu a opção de estendermos o passeio de quadriciclo por um caminho mais longo.

  • Horários de Partida: 9h00, 11h00, 13h30, 15h30
  • Preço: R$ 260,00 por pessoa (ref. mar/2018)  R$ 320,00 por pessoa (ref. jan/2020, inclui o valor do day-use)

Tirolesa

A tirolesa foi uma outra opção que escolhemos.

A descida é longa, mas não é muito alto e até crianças a partir de 5 anos podem fazer.

No início, a gente até desce tranquilamente, mas o negócio vai ficando cada vez mais rápido.

Lá quase no fim da descida, nosso pau de selfie quebrou e a GoPro voou longe. Fique ligado. Tem gente que desce segurando o celular na mão, mas eles não se responsabilizam por eventuais quedas ou danos (que podem realmente acontecer, cuidado).

  • Horário de Partida: 16h
  • Preço: R$ 85,00 por pessoa (ref. mar/2018, inclui o valor do day-use)

Relax na Piscina

Para os mais preguiçosos ou quem não quiser gastar com extras, o negócio é escolher uma das opções de lazer bem convidativas.

A piscina é uma delícia, de frente para um lindo Vale do Rio Jacaré Pepira.

O que fazer em Brotas SP: Recanto das Cachoeiras
A deliciosa piscina do Recanto das Cachoeiras está inclusa no valor da entrada

O redário possui cerca de 10 redes também excelentes para aquela sonequinha após o almoço. O tempo voa e você nem sente, mas a sensação de relax já é uma ótima forma de recarregar para os próximos dias.

Um dos passeios mais imperdíveis para quem busca o fazer em Brotas, mas não abre mão de conforto, segurança e tranquilidade.

FICHA TÉCNICA:

O que fazer em Brotas: Recanto das Cachoeiras
Direção: Brotas, São Paulo
Preço: R$ 70,00 a entrada (ref. mar/2018)  R$ 120,00 por pessoa (ref. jan/2020, criança de três a dez anos pagam meia) e dá direito ao uso da piscina, salão multiuso, playground, áreas de descanso e contemplação, mirantes, trilhas para as Cachoeiras Santo Antônio e Roseira.
Horário: 9h às 17h
Fotografia: Fabio Pastorello
O melhor: As cachoeiras do parque são lindas e com fácil acesso. Toda a estrutura do parque também é muito caprichada.
O pior: Por ser área de contato com natureza, o lugar fica um pouco isolado e o acesso é viável somente para quem viaja de carro.
Ano: 2017
País: Brasil


4 – Onde Comer: Brotas Bar

Já imaginou um bar onde a mesa é em formato de bote. Ou os lustres são feitos de capacetes de rafting?

Pois é, o Brotas Bar e Restaurante é um espaço temático. As  referências do turismo de aventura de Brotas são encontradas em alguns espaços.

Além do espaço super charmoso que fica em um casarão histórico, o Brotas Bar também é um ótimo espaço para quem gosta de excelente gastronomia, de algumas bebidas inusitadas e de alguns petiscos irresistíveis.

Curiosidades

O restaurante é todo temático de aventura (até na porta do banheiro dá para encontrar referências).

No fundo do restaurante, está o Museu Bozo d’Água. Essa ala é uma homenagem a equipe brasileira de rafting, que possui até títulos mundiais.

Note o teto ondulado, que é uma representação das ondas do rio Jacaré-Pepira, de Brotas. Fotos e artigos contam um pouco da história da equipe.

E no andar superior mais um salão, onde o destaque são os capacetes de aventura transformados em luminárias.

Mas a curiosidade é que o Brotas Bar funciona em um casarão de mais de 100 anos, que originalmente funcionava como uma pensão.

Brotas Bar e Restaurante Temático: confira algumas fotos, curiosidades e preços
Localizado em um casarão centenário, o Brotas Bar preservou a história do lugar

Transformado em bar e restaurante, o projeto procurou manter um pouco da história do lugar, através de portas, paredes e partes do casarão que foram transformados e reutilizados.

A atmosfera é rústica e ao mesmo tempo sofisticada, histórica e ao mesmo tempo moderna. Tudo combina perfeitamente.

O que comer

Além do espaço bem decorado, o atendimento é primoroso. Fomos recebidos pelo Jorge e atendidos pelo Edson, que a todo momento vinham a nossa mesa para verificar se estava tudo bem.

E as opções de pratos e petiscos são incríveis.

As coxinhas artesanais de frango com catupiry e os bolinhos de queijo coalho com mel do engenho já são famosos e estavam na nossa lista de imperdíveis. Não decepcionaram, são deliciosos (R$ 36,80 a porção).

Brotas Bar e Restaurante Temático: confira algumas fotos, curiosidades e preços
Coxinha artesanal e queijo coalho são as estrelas do cardápio do Brotas Bar

Acompanhado de um chope delicioso, esses petiscos podiam fazer a gente até esquecer que veio para jantar.

Os pratos também são caprichados, e o Prime Rib de Angus é o mais pedido (R$ 114,00 individual). Como a gente é fã de peixe. fomos de Pintado ao Molho Iemanjá (R$ 86,90 para 2 pessoas).

Brotas Bar e Restaurante Temático: confira algumas fotos, curiosidades e preços
Para quem prefere peixes, o linguado ao molho iemanjá é servido na chapa de ferro

Para fechar a conta, os destaques são as sobremesas gourmet, que utilizam receitas exclusivas e segredinhos regionais. Nós fomos de queijadinha brullée e petit gateau, ambos deliciosos.

Brotas Bar e Restaurante Temático: confira algumas fotos, curiosidades e preços
A queijadinha brullée é uma das opções de sobremesa gourmet

Então fica a dica. Seja para um chope com aperitivos ou para um jantar em grande estilo, o Brotas Bar é aquele lugar que a gente adorou conhecer. Vamos fazer questão de retornar sempre que estivermos em Brotas.

FICHA TÉCNICA:

Restaurante: Brotas Bar e Restaurante
Direção: Brotas/SP
Produção: Pratos custam em média entre R$ 80,00 a R$ 120,00 (para duas pessoas)
Fotografia: Fabio Pastorello
Horário: Diariamente, de segunda a quinta, das 18h às 22h30. Na sexta e vésperas de feriado, funciona das 18h até 23h30.  Aos sábados e domingos, abre das 12h às 22h30.
Capacidade: 250 pessoas
Endereço: Av. Mário Pinotti, 267, Centro, Brotas. Fone: (14) 3653 9930.


5 – O que Fazer: Outros Passeios

Para quem gosta de gastronomia e bebidas artesanais, Brotas também é um prato cheio e não deixe de conferir também esse lado charmoso e saboroso da cidade.

Parque dos Saltos

O que fazer em Brotas: Dicas, Onde Ficar e Roteiro de Viagem
Um parque municipal gratuito e no centro de Brotas, o Parque dos Saltos vale a visita

Localizado no centro de Brotas, o Parque dos Saltos é a opção para um passeio despretensioso e gratuito. O parque possui algumas quedas e uma estrutura histórica bem interessante, embora não muito bem preservada.

Todo o acesso é pavimentado. Isso torna as áreas mais próximas das quedas bastante acessíveis, mas por outro lado o lugar perde um pouco do encanto natural.

De qualquer forma, é uma opção interessante de passeio grátis na cidade.

O que fazer em Brotas: Dicas, Onde Ficar e Roteiro de Viagem
As violentas quedas do Parque dos Saltos só atraem os mais corajosos

Adega Casarão

O que fazer em Brotas: Dicas, Onde Ficar e Roteiro de Viagem
Adega Casarão ocupa prédio histórico no centro de Brotas

Localizada no centro de Brotas, essa adega se encontra numa construção centenária. Apesar de restaurada, o projeto teve o cuidado de preservar algumas estruturas originais do casarão, deixando o ambiente cheio de história e muito interessante para a visita.

No andar superior, ficam os produtos à venda. O proprietário da Adega Casarão, Fred, chama a atenção para uma área especial da loja, destinada apenas para produtos preparados em Brotas.

Não deixe de visitar o subsolo, onde ficam os tonéis que envelhecem a cachaça. Os tonéis são de diferentes espécies de madeira e um dos destaques é o tonel de pereira, que produz a cachaça chamada “Aventureira”.

O que fazer em Brotas: Dicas, Onde Ficar e Roteiro de Viagem
Cachaças artesanais e os tóneis onde as bebidas envelhecem: processo primoroso da Adega Casarão

Peça a companhia do Fred nessa visita ao subsolo, e ele vai contar o processo de preparo das cachaças. É tudo muito bem pensado e trabalhoso (o processo de envelhecimento dura meses ou até anos), mas o resultado compensa.

É lógico que a visita não pode terminar sem uma degustação e sem uma garrafa de cachaça artesanal na sacola.

Leia mais sobre a Adega Casarão no Marola com Carambola


Cervejaria HZB

O que fazer em Brotas: Dicas, Onde Ficar e Roteiro de Viagem
Cervejaria artesanal HZB é uma dica de passeio em São Pedro, cidade vizinha a Brotas

Essa cervejaria artesanal fica em São Pedro, cidade vizinha a Brotas. É uma boa opção para fazer uma parada, seja na ida para Brotas, ou no retorno para São Paulo. Às sextas, a partir das 20h, rola música ao vivo, quase sempre uma banda de rock.

As cervejas não possuem produtos químicos ou conservantes e ainda mantêm o espírito de uma cervejaria artesanal, com produção em quantidades modestas, mas esmero na produção. Pelo fato de São Pedro oferecer água de qualidade, isso também colabora para o resultado final.

Consulte os garçons para saber quais petiscos ou pratos combinam melhor com cada tipo de chope e faça a sua harmonização.


Outras Referências:

Nota: Nossa hospedagem foi um convite da Pousada das Nascentes, Recanto das Cachoeiras, Brotas Bar, Adega Casarão e Cervejaria HZB mas salientamos que nossas opiniões são sinceras e independentes. Somente compartilhamos experiências verdadeiras.

Salve no Pinterest para consultar depois

O que fazer em Brotas SP: Recanto das Cachoeiras e Dicas de Viagem
Share.

About Author

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

8 Comentários

  1. Esse lugar é caríssimo. Agora tá R$120 a diária ! Tá maluco !! Quase o valor do preço que paguei na passagem de avião RJ-SP.

  2. Adorei as fotos e dicas, Fabio! Ainda não conheço Brotas, quero ir em breve.
    Esse final de semana estive em Pirenópolis – GO, voltei encantado com as cachoeiras e com a cidade que é linda demais. Você já foi pra lá? É um excelente destino.
    Abração.

    • Oi, Felipe. Nossa, estamos com muita vontade de ir para Pirenópolis, já ouvimos falar muito bem de lá. Inclusive quando fomos na Chapada dos Veadeiros o pessoal falava muito de lá também. Abraços e obrigado por compartilhar a dica.

  3. Murilo Pagani on

    Estes complexos com cachoeiras e toda uma estrutura bem pensada são incríveis!!
    Já fui em dois deles, em Brotas mesmo… São ótimos pra passar um dia diferente e em contato com a natureza..

    Abração!

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.