Xcaret ou Xel-Há – Qual o Melhor Parque em Cancun

69

Xcaret ou Xel-Há? São tantas coisas para fazer em Cancun, que cada dia deve ser muito bem aproveitado.

Por isso, se você tem poucos dias para passar por lá (ou talvez pouco dinheiro, já que os preços são em dólares e não são nada convidativos), talvez precise escolher entre esses dois parques temáticos da região: o Xcaret e o Xel-Há. Qual dos dois é melhor?

Lógico, que a resposta depende do perfil do visitante, por isso, não deixe de ler nosso diário de viagem nessas duas atrações para saber qual lugar você vai escolher.

Muitas fotos, dicas, qual o melhor dia e informações aqui para você. Comentários ou dúvidas são bem recebidos e serão respondidos com prazer. 

Xcaret ou Xel-Há: Qual o Melhor Passeio de Cancun?

Xel-Ha ou Xcaret: Passeios em Cancun
Snorkeling em Xel-Há

Quais são os melhores passeios em Cancun:  O que fazer em Cancun e na Riviera Maia

Xel-Há e Playa del Carmen

Tanto para Xel-Há como Xcaret, dois dos parques temáticos mais conhecidos de Cancun, a localização mais próxima é de Playa del Carmen mesmo. Ou seja, para quem está hospedado em Cancun, além do tempo de Playa até os parques, ainda você encara mais 1 hora de distância.

No mapa abaixo podemos ver as distâncias entre Cancun (acima), Playa del Carmen, Xcaret (colado em Playa) e Xel-Há (já próximo de Tulum).

Ver Xel-Há X-Caret num mapa maior

Prós e Contras

Xel-Há:

  • É mais barato do que o Xcaret
  • All inclusive (inclusive acessórios de mergulho), você pode tomar café da manhã, almoço e jantar, além de bebidas à vontade
  • É ótimo para fazer snorkel e outras atividades de aventura, como saltos e tirolesa
  • O lugar tem menos atrações do que Xcaret
  • Fica mais distante do que o Xcaret
  • Não possui rios subterrâneos, a experiência mais próxima é a Caverna Maya

Xcaret:

  • É mais caro do que o Xel-Há
  • No ingresso mais barato, nada está incluso, nem mesmo os acessórios para mergulho, como snorkel e pé de pato
  • No ingresso mais caro, o Xcaret Plus, apenas uma refeição está inclusa
  • O lugar possui maior diversidade de atrações, principalmente para pessoas que não gostam de entrar no mar, como aquário, shows, praias e museu
  • Grande quantidade de atrações, nem todas valem a pena
  • Fica mais próximo do que o Xel-Há, do lado da saída de Playa del Carmen
  • Possui rios subterrâneos, uma experiência diferente de tudo o que você já fez

Ou seja, cada lugar tem seus prós e contras. Sinceramente, acho difícil escolher entre um e outro (tanto que fomos nos dois), isso sem contar que ainda existe o Xplor para fazer concorrência.

Mas me parece que a decisão está baseada principalmente em se você gosta ou não de fazer snorkel ou atividades na água. Para quem gosta, Xel-Há é melhor. Se você não curte tanto, a experiência no Xcaret será melhor.

Xel-Há – Como Funciona

Xel-Ha ou Xcaret: Passeios em Cancun
Uma enseada natural gigantesca para mergulhar e ver diversos tipos de peixes: isso é Xel-Há

Xel-Há é um parque all-inclusive, ou seja, você pode tomar café da manhã, almoçar em um dos seus diversos restaurantes, jantar e tomar refrigerantes e água à vontade. Nada mais justo pelo preço que se paga.

No nosso caso, não optamos por hotéis all-inclusive, porque não queríamos ficar presos ao hotel. Mas foi ótimo curtir essa estrutura no Xel-Há, poder comer e beber a hora que você quiser, escolher o restaurante onde irá almoçar ou jantar (há várias opções) e poder curtir também toda a estrutura do parque.

O que está incluído?

A estrutura de armários, coletes salva-vidas, snorkel e vestiários também está incluída no preço.

E o que faltava mais? Que tal um lugar maravilhoso, cheio de espreguiçadeiras, trilhas pela natureza, música ao vivo, esportes de aventura e muito, mas muitos lugares para mergulhar e fazer snorkel. O parque foi construído em torno de uma baía, cheia de recifes e regiões repletas de peixes. É impossível entrar no mar e não ver peixes por lá.

Xel-Há ou Xcaret: Passeios em Cancun

Fomos num dia de semana, dizem por aí que o fim de semana é melhor porque não há parada de cruzeiros, mas sinceramente acho que a maior parte do pessoal não vai até o Xel-Há. E se as pessoas vão, vão somente durante um período, pois em geral os passeios são conjugados com Tulum, portanto mesmo que em determinado momento estiver lotado, em outro estará mais tranquilo.

O lugar estava relativamente tranquilo, como você pode ver na foto acima.

Mas na maior parte dos lugares que passamos, estava relativamente tranquilo, em determinados locais estávamos sozinhos.

Pra quem gosta e para quem não gosta de snorkeling

Se você não gosta de snorkel, ainda sim dá para aproveitar todos os espaços que o parque possui, mas talvez a melhor opção seja o Xcaret.

Embora esse texto acima pareça propaganda, prometo que é a minha mais fiel opinião sobre o lugar, e olha que realmente amargamos os 79,00 dólares da entrada, o quando os meus gastos aumentam, minha expectativa também tende a aumentar.

O ingresso custa US$ 79,00 ou o parque também oferece opção com transporte, por US$ 119,00, desde Cancun e passando pela Riviera Maya (Playa del Carmen inclusive). Ingressos antecipados pela internet têm desconto.

Xel-Há ou Xcaret: Passeios em Cancun
Mergulho com os golfinhos, uma das atividades opcionais do Xel-Há, não fizemos

Xel-Há – Como Chegar

  • Pela Carretera Federal 307, em direção de Tulum; de ônibus pela ADO (pronuncia-se A.D.O.) ou de vans, partindo de Playa del Carmen. Em 2012 fizemos a viagem sem carro então essa foi a nossa opção.
  • Outra opção é comprar o ticket já com o transporte incluído, feito pelo próprio pessoal do parque.
  • De carro é bem mais fácil de chegar. A partir de Playa del Carmen são 40 minutos de estrada, ou de Tulum apenas 20 minutos. De Cancun fica mais longe, leva 1h40 para chegar no parque.

Chegada, preços e como funcionam os lockers

Como já disse o ingresso ao Xel-Há dá direito aos equipamentos de mergulho. Você deixa um depósito de 25 dólares (ou 150 pesos), eles te entregam o snorkel (que no final você pode levar com você), a máscara, o pé de pato, a chave de um armário onde você pode deixar suas coisas e uma toalha. No final do dia você pega o dinheiro do depósito de volta.

Até a gente pegar os equipamentos, guardar as coisas nos armários e tomar um belo café da manhã incluído na entrada (o café da manhã, bem servido, vai das 9h30 às 11h30), só depois das 10h é que conseguimos mesmo enfiar o corpo debaixo da água.

Xel-Há ou Xcaret: Passeios em Cancun
Bilheteria do Xel-Há

Os salva-vidas também podem ser usados sem custo adicional e são retirados próximo às áreas de mergulho. Há também a opção de retirar num ponto e devolver em outro, sem problema nenhum. Os coletes estão disponíveis em vários tamanhos e também há coletes infantis.

Xel-Há ou Xcaret: Passeios em Cancun
Indicações para os caminhos do Xel-Há

Xel-Há – Piscinas Naturais

Logo de cara ficamos encantados com a grande enseada, de água verde verde, que tínhamos para mergulhar e explorar via snorkel. No meio da enseada havia uma ilhota, e lá vimos bastante peixes, mas foi numa pequena enseada que nadamos por entre cardumes de peixes, entre eles alguns coloridos lindos, e eu me senti realizado, como no mergulho com cilindro em Fernando de Noronha não havia sentido. Sabe aquela sensação de estar flutuando entre um monte de peixes, eu senti.

Xel-Há ou Xcaret: Passeios em Cancun
Entrada para a principal região de mergulho do parque, dá pra ver os coletes salva-vidas também
Xel-Há ou Xcaret: Passeios em Cancun

Olhando os peixes de cima

Xel-Há ou Xcaret: Passeios em Cancun
Olhando os peixes de baixo

Depois de 1 hora na água, pedi para o Cleber para sairmos, pois estava cansado de nadar, de respirar pelo snorkel e a máscara apertando a cabeça. Saí primeiro, logo depois ele saiu. Voltamos para o armário, onde deixamos os equipamentos de mergulho e trocamos por roupas e pela máquina profissional.

Alimentação no Xel-Há – All Inclusive

Antes de começar a circular pelo parque para fotos, paramos para um leve e rápido almoço, incluído na entrada do parque.

2012-11_Xel-HaCC81_129

Trilhas pelo Parque: Vale a pena conferir

São vários caminhos, desde um farol que dá para o mar aberto, até diversos cenotes.

Em um dos pontos é possível mergulhar por uma caverna, a Caverna Maya, que está cheia de buracos. Outro ponto interessante foi ver o pessoal fazendo flutuação no rio.

Caminhada até o Farol e vista para o mar

Caminhada até o Farol e vista para o mar

Essa ponte flutuante garante a separação da enseada para o mar aberto, formando uma piscina natural

Essa ponte flutuante garante a separação da enseada para o mar aberto, formando uma piscina natural

Xel-Há ou Xcaret: Passeios em Cancun

Cenote Aventura, tem uma corda onde você pode se jogar na água, pendurado

Caverna Maya: Experiência incrível

Depois, sem nada exceto equipamentos de mergulho e câmera subaquática, fizemos o mergulho na Caverna Maya.

Você entra por uma área aberta e vai para debaixo de uma caverna, onde com alguns buracos você pode ver a superfície. Bem legal.

Na Caverna Maya

2012-11_Xel-HaCC81_Sub_095

Flutuação no Rio e Mangue: Para descansar, se você tiver tempo

Na sequência fizemos a flutuação no rio, em bóias transparentes.

A flutuação foi legal (principalmente a parte no mangue), mas um pouco cansativa pois a bóia às vezes pára ou vai para onde você não quer. Foi um pouco aflitiva pois a gente não conseguiu relaxar naquele ritmo do rio, pensando em tudo o que a gente ainda tinha pra fazer no parque. E a bóia flutando lentamente.

A gente ainda tentava remar com os braços para ir mais rápido, mas depois de um tempo logo cansava. Ainda assim, foi divertido.

Xel-Há ou Xcaret: Passeios em Cancun
No início da flutuação

Xel-Há ou Xcaret: Passeios em Cancun

Tirolesa

No final, paramos na área das tirolesas e pulamos duas vezes, para registrar bem com a câmera.

E voltamos rápido para tentar fazer mais um pouco de snorkel, mas a essa altura já eram 4h e o sol estava murchinho, visibilidade ruim. 17h começam a fechar os restaurantes, então terminamos o dia com almoço (quase um jantar).

Xel-Ha ou Xcaret: Passeios em Cancun
E para terminar o dia, uma salpichanga (tirolesa)

 

Entardecer no Xel-Há

Mas o melhor ainda foi no finalzinho, um pôr do sol sensacional. Ficamos deslumbrados com as cores do céu e do reflexo nas águas da enseada. Realmente, fechou com chave de ouro.

Xel-Ha ou Xcaret: Passeios em Cancun Xel-Ha ou Xcaret: Passeios em Cancun

Os mosquitos quase me devoraram, por isso, no final de tarde aconselhamos o uso do repelente.

Como viajamos sem carro em 2012, o caminho de volta do parque até a estrada foi meio esquisito, escuro. Mas chegamos na estrada e a van não demorou muito a passar. Cerca de 40 minutos, chegamos em Playa del Carmen (40 pesos).

FICHA TÉCNICA:

Título: Xel-Há
Direção: Cancun/México
Produção: Fábio Pastorello
Roteiro: Mergulho na Enseada, Farol, Caverna Maya, Cenote Aventura, Playa Escondida, Ponte Flutuante, Flutuação no Rio, Tirolesa
Elenco: Fábio Pastorello e Cleber Alcantara
Fotografia: Fábio Pastorello e Cleber Alcantara
O melhor: o mergulho é realmente fantástico, muitos peixes para ver e nadar por entre eles
O pior: o tempo passou muito rápido, queríamos ter ficado mais tempo mergulhando mas não deu tempo, por isso nem sonhe em conhecer Tulum no mesmo dia
Duração: 8 horas (das 10 às 18h)
Ano: 2012
País: México
Avaliação: ★★★★

Leia a seguir:
Xcaret Vale a Pena? Preços e Principais Atrações

Share.

About Author

Editor do Viagens Cine, fotógrafo e videomaker. Curte cinema e leva a vida e as viagens com toques de romance, drama e aventura. Formado em Letras, ex-bancário e muito mais feliz como blogueiro de viagens.

69 Comentários

  1. Fábio, parabéns pelo blog! Dicas valiosas. Vi que comprar ingressos pelo site é mais barato. Porém, qual moeda é melhor para usar na compra pelo site? Dólar ou pesos mexicanos? Sabe dizer como funciona a cobrança de taxas nas compras com cartão de crédito? Agradeço.

  2. Anônimo on

    Olá fábio adorei as dicas,vão ser muito úteis, eu viajo em junho/16 e queria saber de você se me aconselha algum parque ou lugar para nadar com golfinhos, tartarugas ?

  3. Olá, Enubia. Não se preocupe. Lá é bem tranquilo, mas é que nós queríamos economizar, mas existem translados que fazem o percurso do parque até os hotéis, portanto fica bem mais tranquilo o retorno. Na hora de comprar o ingresso do parque, você já escolhe se quer o transfer ou não. Abraços.

  4. Anônimo on

    Olá!!! Que blog legal Fábio!!! Estou louca para ir ao Mexico e nadar com golfinhos no Xel Ha. Só fico receiosa se é seguro eu ir sozinha , ainda mais que você relatou que na saída do parque até chegar na rodovia para pegar as vans foi sinistro. Pergunto-lhe: É deserto?Sem movimento?perigoso mulher caminhar sozinha por lá?
    Abraços Enubia

  5. Olá Glauber. Não deu para entender para quem vc está direcionando sua pergunta, se for para quem escreveu a matéria, meu nome é Fábio. No meu caso, fiz os passeios todos por conta própria (exceto Chichén Itzá) e achei bem tranquilo. Abraços.

  6. Olá Ricardo, meu nome é Glauber. Suas informações tem me ajudado muito a desenhar meu roteiro. Gostaria de saber se vc fez os passeios por conta própria ou se procurou alguma agencia. Poderia me dizer se ha vantagens no custo/benefício em fazer por conta própria e se é tranquilo?

Leave A Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.